31.12.02

As derradeiras notícias de 2002:

Bebê clonado vai para casa hoje, diz integrante de seita raeliana

- Pra que planeta ele vai?

Atriz Winona Ryder é internada e estado preocupa médicos

- É abstinência de furto.

FHC diz que deixa o governo feliz após uma administração "dura"

- Será que Dona Ruth pensa o mesmo?

Atriz Julianne Moore diz que prefere beijar mulheres no cinema

- Oscaralho pra ela!

SBT tira do ar dois programas da Disney

- Contanto que não seja o Chaves tá beleza.

Pela primeira vez na história, São Silvestre não terá nenhum campeão

- Mesmo que tivesse, quem se importa?

Fezes explicam comportamento de dinossauros

- Só falta o cocô explicar a extinção dos dinossauros.

Reveillon na Avenida Paulista deve reunir 1 milhão

- Que inveja!


BOAS ENTRADAS...

30.12.02

SENHOR DOS ANÉIS – AS DUAS TORRES



Há um ano escrevi aqui no blog que “o senhor dos anéis” poderia ser considerado o filme gay mais caro da história, pelas baitolagens hobbits e pelos 300 milhões de custo. Graças ao Pablo Peixoto, que jogou o texto numa lista de discussão de fãs do Tolkien, recebi uma saraivada de e-mails invocados, devidamente respondidos.

Mas isso é passado. Esse ano decidi que veria a segunda parte sem a óbvia intenção de sacanear o filme. Até porque gostei das cenas da tal batalha que vi na televisão. Mas...

Deixo as complicações da história, a longa duração e o ritmo arrastado para analisar o filme de acordo com a platéia e suas reações. Deve-se ter piedade de gente que conseguiu ler um livro tão grande quanto chato, muitas vezes só pra não se sentir deslocado dos amiguinhos que já haviam lido e só falam dele.

O ambiente da sala 3 do Cinemark Botafogo na noite de sexta-feira não era dos mais acolhedores. Pelas caras das pessoas via-se que o RPG tinha ficado pra outro dia. Até aí nada de anomal a presença maciça de anormais. A ansiedade daquela gente era piorada com Ivan Lins e Milton Nascimento, que compunham o som ambiente. Algumas pessoas não se contiveram. Quando passou uma ridícula animação pedindo para que os celulares fossem desligados, um marmanjo burro velho berrou: “isso é coisa de Harry Potter!”. Ok, ok, os caras passam o ano todo esperando pelo filme, devem sentir algo mais forte que a primeira vez, se bem que muitos ali não deveriam saber fazer tal comparação.

No começo do filme, Frodo e Sam estão perdidos numa montanha. Frodo vira para seu fiel escudeiro e com um sorriso garoto maroto travesso diz: “Sam, com você não tem tempo fechado”. Parte do cinema mandou aquele “Hummm...”. Mas calma, nada de maldade. Segundo os fãs de Tolkien isso simboliza a amizade pura. Os tremeliques suspeitos de Frodo não querem dizer que ele está louco para queimar o anel e cumprir logo sua missão. Também não dá pra afirmar que Sam tem ciúmes do ser esquisito Gollum.


O chamego de Sam e Frodo. Gollum agacha prum cocô

A cada vez que as pessoas riam das piadas absolutamente graça do anão eu me perguntava o que fazia ali. A criatura consegue a proeza de ser mais sem graça que o Jô Soares. Também fora do tom foram as risadas com o conflito interior do Gollum, que deveria ser uma parte dramática. Vá entender.


O anão Gimli: o Jô Soares da Terra Média

Pior foi quando essa gente carente aplaudiu o tal Legolas. Na primeira vez, quando ele pula num cavalo em movimento, o que Indiana Jones faria de olhos fechados. A segunda ovação veio durante a batalha, quando Legolas desce uma rampa deslizando sobre um arco. Coisa que Vin Diesel – símbolo sexual dos malhadores e dos sujeitos que colocam neon debaixo do carro – faz com uma bandeja em “Tripo X”.


Legolas: seguidor de Indiana Jones e Vin Diesel


Vin Diesel em Triplo X: ele fez primeiro


"Pô aí mermão, tô sabendo que uma bichinha loura tá me imitando. Vô passá o rodo nela".

Enfim, a batalha, depois do meu 25º bocejo, da 14ª olhada no celular pra ver a hora e da oitava espreguiçada. O sujeito do meu lado, que riu várias vezes das piadas do anão, esfregava as mãos de tanta ansiedade. E, talvez pra se “inserir” mais no filme, sentou-se na ponta da cadeira. O diretor Peter Jackson – dos renomados “Trash – Náusea Total” e “Fome Animal” – teria feito um grande favor se colocasse a batalha no começo do filme.


Quando a batalha finalmente chega a guerra é contra o sono

Uma cena um tanto ousada para os padrões da obra não causou nenhuma reação imediata da platéia masculina, mas nesse fim de semana muitos banheiros devem ter sido ocupados por conta dela. É quando o contorno dos peitos da Liv Tyler são mostrados discretamente.


Mulher: artigo raro no senhor dos anéis

A platéia novamente se manifesta quando Frodo dá mais um xilique e aponta a espada para Sam, que entrega o jogo: “Sou eu Frodo, o seu Sam!!!”. E repete, pra deixar bem claro: “O SEU SAM!!!”. É pessoal, não deu pra mudar de opinião. O senhor dos anéis continua sendo o filme gay mais caro da história.

Na saída da sala, aquele mesmo marmanjo burro velho do começo do texto que berrou “Isso é coisa de Harry Potter!”, gritou pro colega que havia sentado algumas cadeiras distante: “Aí Fred, melhor que Harry Potter!”.

Por favor, onde fica a saída de emergência!?

A propósito, não apareceu ninguém fantasiado no cinema. Também não aplaudiram quando apareceu o nome do Tolkien nos créditos finais. Isso é decididamente coisa de paulista.
Olha só como o Beto Santos acha que eu vou virar notícia em 2003.

BLOGUEIRO ADQUIRE DIRETOS DE FILMAGEM

Uma Vila qualquer, RJ. Numa ousada jogada de marketing, o blogueiro Vela surpreende o mercado cinematográfico mundial e adquire, com exclusividade, os direitos autorais para filmagem das continuações de “Harry Porter” e “O Senhor dos Anéis”. Para os papéis principais estão cotados Rogério Skylab e o palhaço Carequinha. Ambas as produções serão ambientadas na Vila Mimoza.


Em retribuição à gentileza, deixei esta singela homenagem nos comentários dele:

Laranjeiras, RJ. O blogueiro pouca telha Beto Santos é chamado pra ser secretário de justiça do governo Rosinha Garotinho. Pressionado pelos colegas de trabalho que não suportam mais suas piadinhas, aceita. Com um salário maior, finalmente leva a filha para a Disney, em vez do Beto Carreiro Wolrd.

Ah, e vocês sabiam que meu humilde e pretensioso blog faz parte do ALMANAQUE DE BLOQUEIROS do Hopinião?

Outro que adora comentar o que acontece de importante (ou não) na mídia e na sociedade, Vela nos deixa por dentro dos fatos de forma rápida e interessante.

Valeu Beto! Valeu Valmir!
Não entendi nada quando vi esse comentário do meu grotesco colega Lesandro.

Porra Vela,
Tá certo que você nunca teve opinião alguma, mas me impressiono com o número de idiotas em que você consegue manipular.
Também acho que os aficcionados pelo senhor dos anéis sõa uns nerds, que na maioria das vezes não pegam ninguém. Mas me diz aí, algum idiota que fica perdendo tempo escrevendo esses comentários que você pede no seu Blog, pega mulher? Me diz aí qual foi a última vez que fizeram sexo sem a mão ou algum objeto inanimado?
Leandro
P.S, Ao meu ver se tivesse 13 anos eu ia achar o Senhor dos Anéis do caralho.


Bom, antes que meus leitores que não pegam mulher se sintam ofendidos, aviso que ao encontrar com esta rude criatura neste fim de semana ela me contou que estava bêbada quando escreveu essas rancorosas palavras. Lesandro é uma criatura um tanto reacionária e radical, que acha blog coisa de desocupado. Em se tratando de desocupação no serviço, Lesandro prefere jogar War no computador.

De qualquer maneira, Lesandro, valeu pelo toque. Não tinha percebido que manipulava tanta gente. Acho que vou fundar uma religião.

Ah, e antes que me manifestasse, o Madruga teceu um comentário sobre o comentário do Lesandro:

Será q o proprio Lendro se enquadra na categoria dos que "deixam comentario mas pegam ninguem"? q cousa...

O babaca do Luiz Henrique, o malandrão que copia vários blogs sem dar crédito, finalmente se manifestou.

“Obrigado pelo link e pelas 200 visitas em média que eu recebo do seu site...”
Acidez Mental e Estomacal


O cara nem assina o nome, vejam só. Deve ser vergonha. É Luiz Henrique, só que as pessoas que visitam o site vindas do meu blog vão lá pra te esculachar e não voltam nunca mais.

Aliás, você mudou seus comentários, não é? Antes a pessoa clicava e comentava numa espécie de livro de visitas (que foi parar no pé da sua página). Agora, os comentários são mandados por e-mail. Assim é fácil, não? Bom, como você parou de copiar os meus posts (será que a qualidade do meu blog caiu?), vou deixar você pra lá. Mas vê se publica pelo menos o que eu fiz pra você aí embaixo, vai. Foi com todo carinho.

E se você ficou feliz com meus leitores indo ao seu blog é porque você realmente se contenta com pouco. Vai copiar outros blogs com mais audiência, o Casseta & Planeta, o Cocadaboa.

Obrigado.

27.12.02

É hoje. Se você por acaso estiver no Cinemark de Botafogo por volta das 9 da noite desta sexta e se deparar com um cara alto fantasiado de mago Gandalf, não se impressione. Poderá ser a minha pessoa!



Quer ver mais fotos como essa da sessão de pré-estreia do "senhor dos anéis - as duas toras" em São Paulo? Aqui.

Afonso Brazza e sua senhora, Claudette Joubert

Na madrugada desta sexta vai rolar no Odeon um filme imperdível, o trash genuíno “Tortura Selvagem, a Grade”. Dirigido e estrelado por um bombeiro de Brasília, Afonso Brazza, o filme conta a história de um catador de papel que acaba perseguido por traficantes de drogas e pela polícia. Na pérola há participações especiais do Zé do Caixão e dos Raimundos Rodolfo e Digão (ok, Rodolfo não é mais dos Raimundos, mas o que é o Rodox?). Quem também dá as caras é a filha do governador do Detrito Federal, Joaquim Roriz, Lilian Roriz, o que pode explicar o apoio da $ecretaria de Cultura (pelo menos foi melhor dar grana pro Brazza do que desviar pros grileiros).


Zé do Caixão, Brazza, Rodolfo, Digão e Lilian Roriz

Por uma bela coincidência estou com a fita desse filme emprestada pelo Madruga (que só será devolvida quando eu rever meus CD’s do Skylab e do Mr. Bungle). Por isso, revi os 70 minutos do filme e fiz essa pequena lista dos 10 melhores momentos.

1 – o filme apresenta um absurdo caso de hemorragia por estrangulamento, quando Maicon tira sangue da boca de Rodolfo ao apertar seu pescoço.

2 – depois de cair esfaqueado na beira da lagoa, um bandido toma o cuidado de tirar a gravata da cara.

3 – depois de tomar uma surra, Maicon se arrasta e surge de um arbusto, dando um susto no galã. Até então eles não se conheciam. Segue-se o diálogo:
Maicon: “Como vai?”
Galã: “Bem”
Maicon: “Confia em mim, certo?”
Galã: “Certo amigo, conta comigo!”

4 – a propaganda dos Supermercados Gontijo, antes do filme começar, é coisa de Momento do Sport

5 – a letra do hard rock da abertura do filme: “Bruce Lee, John Wayne, Stalonne Cobra / Marcas de Coragem Maicon tem de sobra / Da grade não dá pra escapar / Maicon / Ele vai te pegar”.

6 – A missão de Zé do Caixão é entregar um sobretudo ao Maicon. No mais, ele fica zanzando entre pombas e fogaréus.

7 – apesar de ser um catador de papel, a família de Maicon mora numa casa com um jardim cheio de brinquedos. Ao ver a mãe morrendo, Maicon reage lamentando: “Ela me chamou de traficante!”

8 – a trilha de fundo para os encontros broncos entre Maicon e a filha do Roriz é uma versão canhestra do “Cravo brigou com a rosa”.

9 – tudo é muito confuso. Não se sabe quem atira em quem nem quem persegue quem. É um desafio achar alguma cena que tenha continuidade.

10 – o nome da lancha no final define o filme: “Esbórnia”.
Estava pra escrever sobre o Bóris Casoy entrevistando o Carequinha no domingo. Mas eis que na quarta-feira me deparei com a coluna do Artur Xexéu:

Boris Casoy não faz pipi na cama

Finzinho da noite de domingo. O controle remoto dá uma última geral antes de botar o aparelho de TV para descansar e pára na Record, onde Boris Casoy entrevistava o palhaço Carequinha. Foi uma ótima entrevista. Carequinha está em forma — mora, até hoje, na mesma casa, com os filhos, os netos e os bisnetos — deixou seu telefone para contato, exibiu a medalha que acabou de ganhar do presidente Fernando Henrique e contou duas ou três histórias deliciosas. Casoy não escondia a satisfação de estar diante do palhaço mais famoso do país e acabou protagonizando a cena mais inusitada do fim de semana. Ou vocês acham que é todo dia que a gente vê o sisudo Boris Casoy, em rede nacional, emocionado, cantando “O bom menino não faz pipi na cama...”?




Sim, genial! Diante disto, baseado na letra d’ “O Bom Menino” resolvi fazer uma auto-análise própria de mim mesmo.

O Bom Menino (Irany de Oliveira – Altamiro Carrilho)

O bom menino
Não faz bibi na cama
(eu fazia direto)
O bom menino não faz malcriação (tinha que ter saco pra me aturar)
O bom menino
Vai sempre à escola
(bem, eu ia...)
E na escola aprende sempre a lição (... mas só pra comer merenda)
O bom menino
Respeita os mais velhos
(era ruim...)

O bom menino
Não bate na irmãzinha
(caia na porrada com ela)
Papai do céu protege o bom menino
Que obedece sempre, sempre a mamãezinha
(se desobedecesse a mamãezinha o tamanco cantava)

Por isso eu peço a todas as crianças
Muita atenção para o conselho que eu vou dar:

“Olha aqui! Carequinha não é amigo de criança que passe de noite da sua cama pra cama da mamãe
(tinha esse péssimo hábito de empata foda)
E também não é amigo de criança que rói unha e chupa chupeta (durante muito tempo "cortava" unha com os dentes)
Tá certo ou não tá?”

(coral)
Tááááá!!!
Eu obedeço sempre a mamãezinha

Então aceite os parabéns do Carequinha
O bom menino...

“Olha aqui! Carequinha só gosta de criança que respeita
Mamãe, papai, titia e vovó
(se não respeitasse vovó era cintada)
e seja amigo dos seus amiguinhos (o que eu queria era ser "amigo" das minha amiguinhas)
E também que coma da hora certa e durme na hora que mamãe mandar
Tá certo ou não tá?

Tááááá!!!
Eu obeceço sempre a mamãezinha

Então aceite os parabéns do Carequinha

Viva o bom menino
VIVA!!!!


Acho que pela média não fui um bom menino...

CAREQUINHA, ME PERDOA???

Grande notícia de fim de ano da televisão:

SABBÁ BRASIL
Apresentador do “Sabbá show”, Daniel Sabbá fechou contrato com a CNT para entrar no ar em rede nacional aos domingos num programa com uma arena, telão, bandas, entrevistas com artistas etc. Ele também ganhará um programa na Rádio Jovem Pan, o “Sabbá na pista”.




Finalmente o resto do Brasil saberá quem é Daniel Sabbá! E é bom Faustão e Gugu procurarem outro horário...
Tarde do dia 24. Me aproximava do xópim aqui perto de casa para fazer minhas escassas compras de Natal. Ao notar vários papéis no chão, tomei um susto. No meio dele estava escrito bem grande: “X9”.



Pensei, “caramba, será que é um folheto dedurando os X9 da favela? É o X9 dos X9!”. Foi aí que a mulher que distribuia os tais papéis tirou minha dúvida. Era uma propaganda de loja de relógios e jóias vendendo em 6X (seis vezes) sem juros.



Puxa vida, que alívio...

Veio então a noite feliz. Apesar de estar vazia, a birosca no largo em frente à minha casa tocava todo tipo de música. Parecia ano-novo. Ao lado, uma impávida patrulha da PM. Do morro tinha a impressão de que os traficantes estavam tentando dar um teco em Papai Noel. A única explicação que pensei praquela situação foi a seguinte. Pra abafar o barulho da sinfonia das AR-15, os PM's aconselharam o cara da birosca a botar o som nas alturas. Realmente, é uma bela estatégia de segurança. Deve ser por isso que o comandante Braz é surdo. Ele deve ter treinado um bocado essa situação.

23.12.02

ESPERO QUE VOCÊS TENHAM UM NATAL DECENTE

Você, leitor e leitora, que está em dúvida sobre o que me dar de presente de Natal, aí vão algumas sugestões de livros:

“Mau Humor - uma antologia definitiva de frases venenosas” – Ruy Castro

“A Cultura da Mídia” – Douglas Kellner

“Kubrick - De Olhos Bem Abertos” – Frederic Raphael

“Futebol, o Brasil em Campo” - Alex Bellos

“Nada mais que a verdade - A extraordinária história do jornal Notícias Populares” – vários autores

“A língua de três pontas - crônicas e citações sobre a arte de falar mal” – Moacyr Scliar

“Império do Grotesco” - Muniz Sodré e Raquel Paiva

Não esqueci dos fãs de Tolkien:

“Papai Noel, um velhinho de muitos nomes” – Tatiana Belinky, JRR Tolkien e outros.
Minguado esse troféu do campeonato estadual de basquete do Rio, não? É do mesmo tamanho dos dois que ganhei como melhor goleiro de um torneio da faculdade.



Também com uma campeonatozinho furreca com 6 times, realmente não dá pra pedir muito.
ASSISTA AO SENHOR DOS ANIS COM O VELA



Sim, já estão em minhas mãos os ingressos para o “senhor dos anéis, as duas toras”, sexta, na sessão de 21h10, na sala 3 do Cinemark Botafogo. Quem quiser ver comigo e analisar depois o filme, compre seu ingresso para essa sessão e me avise. Emoção só!
A Flávia se alembrou de mim quando viu isso. Brigadu Flávia!

Tribo de tolkien faz sua grande festa do “Anel”



Nossa, que cena apocalíptica!!! Será que isso aconteceu aqui no Rio? E eu perdi!?

Alguns trechos pertinentes:

...sessão especial de Os Senhor dos Anéis - As Duas Torres, que a distribuidora Warner promoveu no sábado para fãs da série, no Unibanco Arteplex, do Shopping Frei Caneca. Eles ocuparam as nove salas do conjunto - cerca de 1500 pessoas. Muitos foram vestidos a caráter. Hobbits, arqueiros, elfos e elfas, até um Gandalf. Parecia um bando de malucos. Eles aplaudiram em cena aberta. Quando apareceu o nome de Tolkien na tela, a sala 1 quase veio abaixo.

Martim Carbone, de 20 anos vestiu sua fantasia de Gandalf e se destacava na sala de espera do Unibanco Arteplex. Mas ele não se vestiu daquele jeito só porque tinha o physique du rôle. "Gandalf é, para mim, o personagem central da trilogia.

Os tolkienmaníacos encontram-se a cada duas semanas no Centro Cultutral São Paulo. (...) oito salas também foram lotando de fãs chamados pelo Conselho Branco, o grupo que coordena as atividades de difusão da obra de JRR (John Randolph Reuel) Tolkien no Brasil, com direito a site (www.conselhobranco.com.br).

Fábio Cabral (que veio do Rio só para assistir ao filme) é negro. Levou uma discussão importante no grupo dos tolkienmaníacos. Acha que o filme dirigido por Peter Jackson presta-se a um enfoque racista, porque transforma os inimigos dos hobbits e da terra-média em orientais e negros. Houve réplica e tréplica entre fãs da série, pela internet. Nem por isso Cabral ama menos o filme.

Tem um babaca copiando posts alheios, inclusive os meus. O idiota trasncreveu na cara dura pelo menos 3 posts meus: o da Cássia Eller, o da Jennifer Lopez e o da Mariah Carey. Em homenagem a esse pulha, esse post é exclusivo seu. Pode copiar à vontade, Luiz Henrique.



Vocês, leitores que me adoram, encham os comentários desse filho da puta.

Obrigado.
EI, EI, EI! SEU MADRUGA É REI !!!



Parabéns Madruga pelo primeiro ano de blog! Mas como Seu Madruga você deveria comemorar quando fizesse 14 meses.

Ah, falando nisso, tem alguém querendo falar contigo.


“Parabéns coisíssima nenhuma!!! Me pague os 14 meses de aluguel atrasado!!!”

E por fim, Madruga, faço aqui um apelo público:

DEVOLVA OS MEUS CD'S DO MR. BUNGLE E DO SKYLAB, PORRA!!!!
Olha só o que dá fechar coluna antes do tempo.

Coluna da Márcia Peltier deste domingo:

Rolex náufrago
A Confraria do Garoto vai aderir à caça ao Rolex na Lagoa. Com roupas de mergulho, os gozadores vão tentar resgatar, hoje, o relógio...


Pode parar por aí!!! Soube-se na sexta-feira e no sábado foi publicado nos jornais que o relógio estava o tempo todo na delegacia. Que beleza, hein Dona Márcia! Ficou com pressa pra ir correndo pra casinha em Angra junto com o titio Nuzman! Deu nisso.

Uma pena que o relógio não estava na Lagoa. Seria um presente e tanto pra ser colocado na árvore da Lagoa.

Falando em árvore da Lagoa, leiam a arrasadora coluna do Eugênio Bucci. Quando ficar careca eu quero escrever assim.

ESCÂNDALO!!! ESCÂNDALO!!!

Alguém entendeu a matéria de primeira página do Globo de hoje?



As páginas internas revelam ainda mais a intimidade de FHC.


"Sr. Presidente, está na hora do seu fio-terra matinal"
"Mas Ana Tavares, ontem eu fiz exame de próstata! Estou desgastado!


22.12.02

URGENTE:

CAREQUINHA NA RECORD, AGORA, 15 PRA MEIA-NOITE!!!

21.12.02

De volta! Que bom!
Então tá marcado. Lugar de maluco nesse fim de semana e na segunda é na Cobal Humaitá. Começou nessa sexta o festival de filmes trash Gonzolândia Freak Cine, organizado pela Cavídeo. Não perca “Trash - Náusea Total”, do Peter Jackson autêntico, antes de fazer o pé de meia com o senhor dos anéis. Não perca o seu tempo e dinheiro com o bobinho “Ataque dos Tomates Assassinos”. Aliás, cada sessão custa 3 reais e pro dia inteiro, 6. Dá uma sacada na programação completa aqui.

Além dos filmes vai rolar uma palestra com o pessoal da produtora de filmes de pancadaria BRV. Bem chatinha a fita deles. Só presta o curta dos cachorrinhos torcedores. Bem, melhor não falar mais nada senão o pessoal vai querer baixar a pancada em mim. Também vai rolar venda de produtos trash, como camisas do Cocadaboa. Ótimo presente de inimigo oculto. Quem disser que lê o Blog do Vela paga metade. E eu levo uma de graça pela propaganda.

Sábado à noite vai rolar um som especial na pista 2 da Casa da Matriz. O DJ Eraserhead vai tocar desde música indiana até Carequinha. Putz, fico imaginando “O Bom Menino” tocando e eu indo às lágrimas. Também vai rolar uns vídeos com colagens de cultos evangélicos e comerciais de tevê bizarros. Pena que esse som só vai de 11 da noite à 1 da manhã. Não sei vale pagar 20 paus só por duas horas. Pena que não vai ter promoção da revista Programa, quando eu faturei o livro “Eu não sou cachorro não” na chatinha festa Brazooka (brincadeirinha, DJ Janot).
Mais um e-mail que merece atenção:

E ae Vela,
Estou com uma duvida sobre o ibest.
Um dos concorrentes ao pre6mio de blog e que sempre aparece entre os 5 + votados eh o EU HEIN, que por sua vez foi recentemente incorporado ao site NO MINIMO, que por sua vez faz parte do portal IBEST.
Adianta votar em vc ou eh marmelada?
Abs,
Deh.

André Cerqueira


André, se adianta votar ou não em mim, fica ao seu critério. Se você quiser se sujeitar a dar o seu CPF, se inscrever no ibest, lutar contra os comandos que não funcionam, tudo bem, pode votar em mim. Quanto ao Eu hein, vou encaminhar a sua dúvida ao próprio.
Rolou uma treta entre dois leitores aqui do blog num post de 9 de dezembro sobre o Zumbi do Mato, entre a Tadinha e o darth vader. Tentando resumir, a Tadinha citou uma letra do Zumbi e dv a chamou de nerd por gostar da banda. Ou seja, eu também seria nerd. A Tadinha deu um chega pra lá no dv que se desculpou. OK, eles resolveram o assunto. Mas faltou esclarescer um comentário do malandro pra moça: “Nem sei quem vc é mas não importa”.

Bom, respondendo. Tadinha é a minha mulher. E isso importa muito.

Obrigado.

20.12.02

13.12.02

Semana passada estive no Encontro das Profissionais do Sexo. Faltou falar do jornal da classe, Beijo na Rua, publicado pela Davida – Prostituição, Direitos Civis, Saúde. É um tablóide bimestral colorido, de 16 páginas, distribuído gratuitamente em lugares estratégicos como a Vila Mimosa. Fala da atuação da organização, do debate das leis, de encontros e também entrevista várias delas. Em março do ano que vem o jornal vira çaite. Não acho Beijo na Rua um nome ideal, já que profissionais do sexo não costumam beijar (na boca. Já em outros lugares...). Lembrei dum trabalho da faculdade, quando a professora pediu um projeto pruma revista sobre a classe. Um ser grotesco da minha turma deu um nome genial: Buraco Quente.

Na edição de agosto e setembro, Maria Nilce Evaristo dos Santos, 56 anos e 25 de batalha, revela que ainda é fogosa com os clientes. “sou sem vergonha na cama. Eu faço com eles todas aquelas posições”. Quem é figurinha fácil nas páginas do jornal é o deputado Fernando Gabeira, autor da lei que legaliza a prostituição.

Uma pesquisa da Universidade de Brasília feita com 3 mil putas em sete estados revelou que 60% delas nunca fazem anal, 35% sempre pagam boquete e 25% deixam que o cliente dê uma lambidinha. “O primeiro que eles pedem é a chupadinha, depois a bundinha, e a frente fica lá pra trás”, disse uma profissional da Paraíba.

Mas o mais sensacional foi a cobertura do concurso Gatinha Vila Mimosa 2002, realizado em setembro. As 14 concorrentes dispensaram o uso de máscaras e desfilaram sem vergonha de mostrar a cara (já que outras coisas elas mostram sem o menor pudor). A vencedora, Rafaela, ficou surpresa com a vitória. “Achei que as favoritas eram as colegas com bundão. Eu sou magrelinha”, disse a carioca de 23 anos, 1,68m, 50 quilos, manequim 38 e vascaína. Que nada. Rafaela passaria tranqüilamente como estudante de comunicação da PUC. A diferença estaria no profissionalismo.


Rafaela, a Gatinha Vila Mimosa 2002

Amanhã vou reclamar na associação que essa magrela ganhou”, protestava uma das meninas. “Tá muito legal. Desse jeito eu vou ser puta pra sempre”, se orgulhava outra. Até freiras deram as cara por lá. Explico: as irmãs fazem trabalho voluntário num ambulatório da Mima. Pensaram que elas também eram putas?

Agora, surpreso fiquei eu ao ler a entrevista da Rafaela. Até escaneei pra não acharem que eu tô de sacanagem.



Caralho!!! Puta lendo senhor dos anéis!!! Aonde o mundo vai parar!?
SEMANA ZUMBI DO MATO

Como nesse fim-de-semana tem show do Zumbi em Jacarepaguá e Volta Redonda, vou relembrar os “memoráveis” shows da banda.

O primeiro que vi foi no Garage. A cortina do palco não foi aberta e os caras ficaram de sacanagem. Zumbi total. Em outro show no Garage, durante a execução de Mongo (“Sua casa é a Mongolândia / sua infância é uma Disneylândia”), baixou o santo de Huck em Löis Alencastro. O cara começou a se contorcer e tirou a camisa, revelando seu parentesco com Tony Ramos. Como diz outro trecho da música, “Não quero ver nem seu retrato, senão vou me assustar”. Muita gente deve ter ficado traumatizada.

Agora o show é na Casa Rosa, em Laranjeiras. Quando tocavam Peidão (a dança da bucetinha arreganhada), na parte em que Löis canta “vai para o motel e me traz uma lembrancinha. Pode ser uma toalha, pode ser um sabonete ou coisa que o valha”, um certo alguém tacou um sabonete de motel no palco, só percebido pela figura no final do show.

Na apresentação mais recente que fui, no Armazém 5, os caras devem ter feito a passagem de som na hora. Rolou uma zoeira tremenda. Dance music da caixa de som do evento, instrumentos sendo testados e Löis falando que iria comer mulheres com aids e alastrar a doença. No final apareceu perto do palco um casal caído de pára-quedas, dançando e se apoiando um no outro pra não cair. Não sabiam o quem estava tocando nem aonde estavam. No final, o filho bastardo do Tony Ramos arrematou: “Eu sou um Tolkien Head!”.

12.12.02

Lula surpreendeu ao indicar Antonio Palocci, um médico, pro Ministério da Fazenda: “Como a economia está na UTI, nada melhor que um médico”. Tava todo mundo achando que o dono da vaga seria um fazendeiro, pra ver se tira a vaca do brejo.

* Piada pronta: o Flamengo vai lançar ações na bolsa de valores.

* Quer deixar um vascaíno puto? É só dar os parabéns pelo título da Libertadores sobre o poderosíssimo Barcelona do Equador. E olha que eu nem falei do Raul, viu Persegonha?

* Pra quem não entendeu o sensacional trocadinho “Luciana Gimmeneshelter”, como a Spacey, que mora no Império do Mal, aí vai a explicação. Luciana Guimenez, apresentadora do programa Super Pop, só ficou famosa porque teve um filho do Rola Stones Mick Jagger. E Gimme Shelter é uma música dos Stones. Só isso.
No jornal Agora S. Paulo é assim. Todo repórter que comete um erro de português ou hortografia é demitido. Um repórter do jornal – responsável pelo golpe de mizericórdia no Notícias Populares e cujo formato é uma cópia descarada do carioca Extra – disse que o pessoal demitido não é reposto. “Todo mundo aqui está sobrecarregado e agora ainda mais precionado", revelou. A maluquice foi motivada depois que um leitor mandou pra diressão do jornal um recorte repleto de erros do diário do grupo Folha. Se a moda pega as redações do Brasil ficariam vazias. Na verdade é uma bela desculpa pra demitir por causa de "corte nos gastos".

Agora, erro de português não pode, mas informação deturpada pode. Não é?

Falando em coleguinhas, você vê que o jornalismo definitivamente virou prostituição intelectual (às vezes nem tão intelectual assim) quando aparece nas bancas uma revista especial sobre o crime da Suzane que matou os pais.



É claro que não é essa revista. Essa aqui foi achada no Sevencômicos, que por sua vez foi feita no Diarréia Mental.
Nova série aqui no blog.

COISAS QUE ME DÃO MOTIVO PARA ODIAR O NATAL

* CD de músicas natalinas cantadas pelo Ivan Lins, promoção do jornal O Dia. Presente perfeito pro inimigo oculto.

* Comercial do supermercado Mundial. Um coral de anjinhos miseráveis com um ventilador na cara. Depois os anjinhos “voam” paralisados anunciando os preços das ofertas. O neguinho que vem por último tem uma barriga de lombriga.

* Xópim lotado. Famílias inteiras indo às compras. Crianças se perdendo dos pais. Ótimo época do ano pros traficantes de órgãos agirem.

* Piadas de duplo sentido com peru, rabanada e renas (viadinhos) do Papai Noel.

* A promoção de Natal de um site do Flamengo, dica do leitor Bola:

“Acredite se quiser”
A Promoção de Natal do site oficial do Mengo está recheada de prêmios pra você!!!
Para concorrer é fácil, basta preencher o formulário e responder a pergunta:
"Numa noite, Papai Noel aparece em sua casa e lhe pede ajuda com a lista de presentes dos nossos atletas, e claro, ninguém melhor do que você para escolher quem realmente se comportou bem o ano inteiro. Assim, usando toda a sua criatividade, escolha um atleta e nos diga o que você sugeriria de presente para ele e por quê."

Os autores das cinco melhores frases ganharão Kit de produtos do Flamengo contendo: Chinelo, gel, extrato de tomate, vela de aniversário
(nããããão!!!), caderno, lençol de solteiro, bola de futebol e jogo de botão.

Boa Sorte!


Liberem seus espíritos natalinos e mandem sugestões aí no pois sim mesmo
BATE, BABY, BABY BATE!



Mais Kelly Key na playboy você vê aqui, em mais uma bela prestação de serviços do pessoal do Picolinos.
Está no contrato. Jennifer Lopez só casa com o ator Ben “Afta” se ele afogar o ganso quarto vezes por semana. QUATRO!? Porra, se fosse eu exigia quatro FODAS POR DIA COM ESSA MULHER. (tá bom agora Chico Barney?)


10.12.02

HOJE É DIA DO PALHAÇO
* Botaram o Carandiru abaixo sem nenhum preso dentro. Que dEsperdício.

* Amigos de Cássia Eller abrem baú da cantora.

Não quero nem imaginar o cheiro de maconha velha e cueca usada que vai sair de lá.

* Num canto do sebo de livros e LP’s do Estação Unibanco colocaram uma cesta com livros a 1 real. Soterrado entre livros infantis e coisas sem importância estava um CD do Só Prá Contráriar, com Alexandre Pires ainda com visual traficante. Eles devem ter achado o máximo sacanear o SPC. Puxa vida, como esse pessoal intelecutalóide é espirituoso, minha nossa.



* Nelsinho Piquet, já com o título da Fórmula 3 Sul-Americana no bolso, disputava o terceiro lugar da última corrida, em Brasília. Tocou por trás o carro do piloto Daniel Scandian e ao invés de frear, acelerou, jogando o carro pra fora da pista. Por causa da manobra, foi desclassificado da prova. "O cabo do acelerador travou na volta de apresentação", disse Nelsinho, cínico que nem o pai. Depois da corrida, Scandian ia partir pra cima de Nelsinho, mas acabou trocando socos com o marketeiro Rodrigo Piquet. "Ele é um marginal", protestou Scadian.

É por essa e por outras, que eu só volto a assistir uma corrida de Fórmula 1 no dia em que Nelsinho Piquet estrear na categoria.

* Um coleguinha meu, crítico de televisão especializado em novelas mexicanas, me chamou pruma sessão fechada pra imprensa do filme “Xuxa e os Duendes 2”. Infelizmente tive um compromisso e não pude ir. Acho que o que ele queria era alguém pra dividir seu sofrimento. Deixa pra próxima. Quem sabe a sessão do “senhor dos anéis II – a missão”?

Aliás, a revista Time da semana passada disse que a continuação do filme gay mais caro da história tem muito mais ação que o primeiro episódio. Será que a ação é no estilo Madame Satã?
TV, A MÍDIA MAIS TRASH

* Caramba, eu não acreditei quando vi isso! Os The Rush no comercial das Lojas Americanas vendendo o seu último CD a 19,99!!! Aí o vendedor pergunta pro guitarrista e pro baixista qual o melhor lugar pra comprar o CD do The Rush. "Loxas Ameurricanax!!!". Que horror, que horror!!!

* De vez em quando é bom dar uma sacada no Ratinho. Por mais que a porradaria nos exames de DNA sejam armadas, sempre acontece alguma coisa absurda. Hoje uma mulher horrível tirou a roupa e distribuiu sopapos na trupe do Ratinho. Tudo ao som do funk “elas estão descontroladas”. Depois veio uma matéria sobre irmãs maranhenses que receberam o coisa ruim. Nem padre, nem pastor e nem pai de santo deram jeito. Acho que consegui desvendar o mistério. Uma das irmãs que se contorcia na cama de um hospital usava uma camisa preta escrita “Halloween”.

* Tem tudo pra ganhar um prêmio em Cannes o comercial de um curso de inglês que passa nos intervalos da Mesa Redonda da CNT. Camelôs vendem suas quinquilharias na frente do curso. “PAR DE PILHA UM REAL! PAR DE PILHA UM REAL!”. Quando a polícia chega um deles grita: “LETIS GOU, LETIS GOU!!!”. Daí eles voltam e o locutor fala: “Ace, só de ficar perto você aprende”.

* Ruby Wax, entrevistando a mulher do jogador Emmanuel Petit (que se não fossem os cabelos passaria despercebido), ao saber que o time do marido estava na Euro Disney: “O que eles foram fazer lá? Jogar contra o Mickey?”.

* Será que o velório do tal “ator” que morreu durante uma pegadinha da Rede TV foi fimado? Não duvido que na hora de tampar o caixão o cara acorde dando um tremendo susto em todo mundo. “Era pegadinha gente, hahahahaha!!!”. Outro dia vi uma dessas pegadinhas do programa da Luciana Gimmeneshelter. Um cara jogava uma bola pro cidadão e vinham outros dois por trás como se fosse futebol americano. Não duvido que qualquer dia desses quem vai morrer de infarto será a vítima da pegadinha.
NÃO PERCA A CABEÇA DO...

Vi uns curtas bem bacanas nessa mostra que acabou domingo. Também não faltaram alguns muito merdas. Bons ou não, ao final da maioria deles a platéia aplaudia ou dava aqueles gritinhos escrotos de “uh, uh”. Não sou chegado a esse tipo de manifestação, mas tudo bem, deixa pra lá. Sexta-feira, no programa Midnight Shorts, no Odeon, o último curta era “Não perca a cabeça”, de André Luiz de Luiz (isso mesmo, não digitei o nome duas vezes). Uma garota “interpretada” por Bárbara Paz (a da Casa dos Artistas, lembra?) faz uma gostosa – palavra estampada em sua camiseta – andando pela rua. Um sujeito armado a leva pro mato.

“Ou você me chupa ou eu me mato”

Depois de uma rápida e tensa negociação, Bárbara propõe uma punheta. O sujeito aceita. A câmera mantém o plano americano, sem mostrar a punheta. Empolgado, o sujeito dispara a arma sem perceber. Do cano saem flores. Bárbara vê e pergunta:

“Posso dar uma chupadinha?”

“É claro”, responde o cara, surpreso.

Plano no rosto do sujeito, cheio de tesão, mas que num instante dá lugar a uma expressão de horror. Corta pra Bárbara cuspindo a ensangüentada cabeça do pau do cara. Plano aberto com o cara caindo no chão com a cintura vermelha de sangue e Bárbara indo embora.

Fui o único a aplaudir no final...
SEMANA ZUMBI DO MATO

E olha eu aqui falando bem do Zumbi do Mato enquanto a revista Rock Press desse mês sai com uma entrevista com meu querido The Rush feita pelo vocalista deles, o Löis Lancaster. Eu comprei a revista, mas não por causa do The Rush e sim pelas palavras mágicas que li na chamada da capa: “FAITH NO MORE, FANTÔMAS, MR. BUNGLE E CIA: MIKE PATTON”. SIM! Matéria de 6 páginas sobre o maior vocalista da história do rock, compulsivo criador de bandas, que li com a maior devoção. Mas Patton fica pra depois. Antes, anelisemos as letras profundas do Zumbi do Mato.

Quem é + idiota do que eu
Sou retardado lesma podre sem cabeça
Zumbi do Mato morde a mente do praneta
Eu sou a ostra intelectual
QI de samambaia de plástico


É mais ou menos assim que a banda se apresenta em “Zumbi do Mato”.

Depois de ligações telefônicas editadas da internet em que uma mulher pergunta quando fulano vai levá-la pra trepar e se desespera porque tá com vontade de cagar, entra o “clássico da MPB brasileira”, “Tiroteio do esqueleto s/ cabeça”.

Se não lavar essa buceta eu não vou chupar
Vou cuspir meleca, sua caixa-cêra!
Nosso amor é k-choeira
Tua cachorra tá fedendo
meu pau ñ é roto-rooter pra desentupir esse jacú!
Ninguém come mais esse teu cú
Já que o teu cú virou um “abbat-jour”
Pobre tem que morrer de phomy
Pobre sêco, verde, com aids e doenças transmissíveis
vive te fudendo sua infeliiiiz
quantos sonhos nessa cabecinha de aleijada mental
todo mundo comendo a aleijada mentAAL.

8.12.02

Por que fazer campanha contra a fome só no Natal? Pensando nisso, eu lanço a verdadeira campanha.



E ainda tem gente que reclama do Natal. É porque não recebeu esse singelo cartão do lixeiro. O último verso é de um lirismo...


SEMANA ZUMBI DO MATO

Está no ar o blog do Zumbi do Mato. Pra quem não sabe, o Zumbi do Mato é a banda mais bizarra e cultuada do undergraund carioca (o çaite deles sempre esteve linkado na barra aí do lado). Tem uns 10 anos de vida e dois CD’s, fora participações em coletâneas. A guitarra é banida da formação. O teclado é o mais chinfrim possível. A voz de Löis Lancaster, ou Luís Alencastro, é bem peculiar, lembra às vezes a do vocal do Primus. Como eu teria muito o que falar dos shows e das letras, vou dividir o que seria um post gigante durante a semana, que a partir de agora é batizada como SEMANA ZUMBI DO MATO NO BLOG DO VELA.

O blog ainda tá no começo. Nos primeiros posts os integrantes trocam mensagens como se estivessem no ICQ. Também tem uma gigantesca entrevista com o The Rush. O que interessa mesmo, notícias sobre a banda, está num post do baixista Zé Felipe.

hoje teve ensaio e o lois nao foi. essa desculpa de chuva é furada luizinho, fui andando debaixo dela da cobal até o fórum, e na volta, cheguei no méier antes de 1h. vc sabe nadar.
pra quem não sabe (nadar), estamos compondo(?) o novo disco q deve se chamar "imagina essa boca chupando minha rola agora", toda segunda, uma música nova. e hoje fizemos uma muito da farofa em homenagem ao disco do whitesnake q comprei antes do ensaio.
segue aí uma geral no q fizemos até agora:
-"meu filho diferente': juju music esperta, uma das muitas músicas do disco q fala do diabo (de uma forma não muito elogiosa, seus black metal!)
-"puxo o gatilho": meio the cure do início, a letra é sobre suicício.
-"primo pobre do cassim":estilo zumbi mesmo, um pra cada lado. a letra é um recalque só.
-"o rui não entende nada de cinema": o título já diz tudo
-"campanha pela moralização das faculdades de direito": aquela q tocamos na loud
-"nesse disco nao vai ter o espírito do rato":não mesmo! quem querer q compre a coletânea
- "rabu nao tem dentes no país dos estados unidos": essa é pra semana q vem e sem dúvida o título não será esse.
-"deficiente emocional": mó plágio do joe jackson, mas ninguém acredita em mim, acho que vou mover um processo contra minha própia banda.


Agora falta o blog do Skylab.
Vi na vitrine duma loja que entre aqueles manjadíssimos bonecos de profissão chegou um novo: o do desempregado. Também tem a desempregada. Os dois com classificados na mão, na fila de baixo. Perguntei pra vendedora se os desempregados eram mais baratos. Para minha decepção não eram. Também perguntei se eles eram os mais vendidos. “Não, os que saem mais são médico, advogado, engenheiro”, respondeu a prestativa vendedora. Poxa vida, isso quer dizer que há poucos desempregados no Brasil. Que alívio!

É, tem pouco desemprego, mas a inflação definitivamente voltou. Casquinha do mc donalds passou de 1 real pra 1,10. Em alguns lugares chega à 1,20. Absurdo! Biscoito passatempo recheado tá pra lá de 1,30. Hoje vi numa lojazamericanas 5 pacotes da deliciosa iguaria a 99 centavos. Só levei 2. Dei mole. Não se encontra mais promoção de salgado + refresco a 1 real. É 1,20 pra cima. Abre o olho Lula!

Falando em Lula, abri o globo desse domingo e vi que o provável ministro dos esportes será o Juarez Soares, o China. O esporte brasileiro vai ter que engolir.
Serviço de utilidade pública do Beto Santos:

Na esquina das ruas do Ouvidor e Sete de Setembro, no centro do Rio, há uma loja de roupas femininas chamada “Sacada”. Se você, amiga, resolver dar uma passadinha por lá, vá de calças compridas. Qual é Beto? Parece que não é chegado...
Ontem, um colega de trabalho resolveu entrar na loja pra comprar a lembrança de Natal da noiva. Lá dentro, reparamos que uma boa parte do chão era de vidro transparente. Observando melhor, vimos que no andar de baixo funcionava uma outra parte da loja.
A atendente nos levou até lá embaixo pra que ele pudesse escolher o presente e lá constatamos o inacreditável. Dali, sem muito esforço, dava pra ver todo mundo que passava pisando no vidro. Ou seja, podia se observar a garganta da mulherada a partir da sola do pé. O arquiteto responsável pela decoração ainda colocou um confortável sofá bem embaixo do tal vidro. Basta se esticar e deixar o tempo passar...
Como o preço das roupas de lá são caréééééésimos, acho que o ingresso do cineminha já tava incluído...
Deve ser por isso que o nome da loja é Sacada. Tudo a ver.


* O bom vivã Erich Monteiro, que de vez enquando corrige algumas informações musicais aqui no Blog, foi num lugar onde muitos de meus leitores enrustidos aqui do Rio gostariam de ir: a boate gay Le Boy. E o cara, que não é chegado numa cagada ao contrário, até que se divertiu.

* URGENTE!!!!! Alguém aí lembra o nome dum seriado que passava no SBT (ou no canal 9, não lembro direito) dum garoto louro e dum bicho que parecia o Chebacca? Sempre quando acontecia alguma merda o moleque colocava uma roupa tipo menino da selva e chamava o bicho gritando “BAIAAAAABAAAAA!!!”. Alguém lembra? Ein, ein?

* Perdi os Simpsons no Rio. Até tenho em CD, mas queria ver a mensagem da Fox cheia de dedos. De qualquer maneira, essa dublagem de agora dos Simpsons é uma merda. Parei de ver o desenho por causa disso. O que aconteceu com os dubladores antigos? Morreram num desastre de avião?

6.12.02

Cobal do Humaitá multada por falta de higiene

A Cobal do Humaitá foi multada hoje em R$ 400 por falta de higiene. Em uma vistoria da Vigilância Sanitária Municipal, com apoio da Comlurb e do Corpo de Bombeiros, foram descobertos fezes de ratos nos corredores, asas de baratas e focos de larva do mosquito da dengue dentro de caixas d'água. Os fiscais também encontraram restos de comida espalhados na área de descarga de produtos e constataram a falta de conservação no banheiro dos funcionários.


Inspirado nessa notícia fresquinha, faço a última chamada para o fedorento encontro.



Não esqueçam o PODrigo, o presente de amigo oculto podre de R$ 1,99 que será sorteado na hora!
Maria Carey está no Brasil. Coincidência ou não, na semana do Encontro das Profissionais do Sexo. Com a carreira em franca decadência nos Estados Unidos ela veio para cá disposta a dar uma virada. Então vira aí Maria!



hummm... bundinha boazinha, mas nada excepcional. Vai depender do teu boquete. Vai treinando com o pirulito, filha.
Parece que sempre que eu falo mal de alguma coisa ela me persegue. Ontem eu descia as escadas do metrô da Cinelândia quando um sujeito trajando uma camisa do The Rush me parou com papel e caneta. Num instante pensei que se tratava de um abaixo-assinado pra trazer o The Rush de volta ao Brasil. Não. O cara era um mata-mosquito que vai ser despedido e precisava de assinaturas pra entrar na justiça. Assinei porque acho que o cara tem que manter o emprego pra começar a juntar dinheiro pro próximo show do The Rush no Brasil, daqui a uns 30 anos. Mas deixei o número do meu telefone errado.

De madrugada, no programa Top Mix, na Bandeirante, o apresentador, um gordinho desajeitado, entrevista os “vips” do show do The Rush em São Paulo, Cláudio Zoli, Jota Quest... Dava pra ver que a única coisa que ele sabia do show era a duração de 3 horas, o que o deixava impressionado. Corta pruma entrevista com Sheila Mello em sua clínica de estética. O apresentador chama de volta a matéria do The Rush. A mulher-bunda se empolga: “o próximo show do The Rush eu vou!”. Menos Sheila, menos.

Chega o Mário Veloso (o da Casa dos Artistas, lembra? Faz um esforço!) e o gordinho manda:

Vai se inspirar no The Rush pro próximo disco?
Com certeza!


Pro Kiko Zambianchi a pergunta foi a seguinte:

Pro The Rush não teve primeiros erros, não é?

Quem salvou a pátria foi Thunderbird, com uma tirada sensacional:

Vim conferir a esclerose deles.
A Jackie me avisou e eu fui conferir lá no Mac.

O Senhor dos Anéis: As Duas Torres tem estréia antecipada

Uma excelente notícia para os fãs de Tolkien (EU!): O Senhor dos Anéis: As Duas Torres terá sua estréia antecipada no Brasil. Anteriormente marcado para o dia 1º de janeiro, o filme chegará aos cinemas daqui no dia 27 de dezembro, cinco dias antes do esperado. Serão cerca de 350 salas exibindo o novo capítulo da saga dirigida por Peter Jackson (ex-rei do cinema trash), e que deve arrastar multidões (de lesados) aos cinemas do país.


Ótimo. Assim eu passo o reveión sem me preocupar com a contagem regressiva pro filme. Agora eu preciso saber quando os ingressos antecipados vão começar a vender e também em qual cinema a Sociedade Tolkien do Rio vai ver o filme.
PAU NO CÚ DO NANDO REIS

Neste sábado os Titãs tocarão pela primeira vez no Rio como um quinteto, depois da saída do Nando Reis. Já falei aqui no blog das burocráticas apresentações da banda nos últimos tempos. Não era difícil perceber que grande parte dessa burocracia vinha do Nando Reis. Então, nada melhor pra banda que o cara saia. Se ele quer cuidar da carreira solo, que vá. Se ele tá com saudades da Cassia Eller e do Marcelo Fromer, que vá se juntar a eles no além. Talvez eu vá ao ATL Hall só pra gritar “Ei, Nando Reis, vai tomar no cú!!!”. Ou seria melhor que eu fizesse isso num show do Nando Reis? Sei lá, nunca iria num show dele.

E não poderia ser mais atual o segundo livro sobre os Titãs, “A vida até parece uma festa”. A primeira biografia foi “Titânicos Caminhos”, lançada há uns 10 anos por Felipe Trotta, fã da banda que hoje é um ativo participante do Jedicom, Congresso Jedi do Rio de Janeiro. O livro estava indo pro prelo quando Nando Reis saiu. Tanto que na capa aparecem apenas os cinco (até quando?) remanescentes. Fiquei meio desconfiado pelo fato do livro ter sido escrito por dois jornalistas do diário popular Extra. Seria mais coerente que eles fizessem a biografia do Zeca Pagodinho, por exemplo.

Que nada. O livro começa com o memorável show do Teatro Carlos Gomes, em 1987. Os fãs, na ânsia de um espaço para extravasarem sua empolgação, arrancaram as cadeiras da recém reformada casa. Lindo! Certa vez um amigo meu disse que daria a alma pro coisa ruim pra estar num show histórico do Nirvana, em Seattle. Não faria isso, mas se tivesse uma máquina do tempo um dos primeiros destinos seria a Praça Tiradentes daquele dia. Quanto ao livro, vou comprá-lo. Os coleguinhas que o escreveram são realmente fãs, e o fato de estaram num jornal popularesco prova mais uma vez que nesses tempos bicudos a gente tem que dançar conforme a música.

Outra estréia sem Nando Reis foi a do clip da balada “Isso”. Os cinco, tocando ainda meio macambuzios, e Paulo Miklos contracenando com um elefante. Por várias vezes, o animal empaca. Estaria o elefante representando Nando Reis?

5.12.02

SE QUISER FAZER COMENTÁRIOS A RESPEITO DO JOGO, PRÓS OU CONTRAS, FAVOR DEIXÁ-LOS APENAS NOS ÚLTIMOS POSTS DE ONTEM, FEITOS ESPECIALMENTE PARA ESSE INTUITO.

COMENTÁRIOS FORA DO LUGAR SERÃO APAGADOS.

E COMENTEM NO POST CERTO. É UM POST PRA GALERA GENTE BOA E OUTRO PROS FDP'S. JÁ TIVE QUE APAGAR COMENTÁRIOS ESCRITOS NO LUGAR ERRADO. GENTE ANALFABETA!

OBRIGADO E VOLTE SEMPRE. OU NUNCA MAIS.
ESCLUSIVO

VELA SE REVELA


Ainda não está acertada a minha participação no encontro dos blogueiros nerds, que será realizado na Pizza Park da Cobal do Humaitá, neste sábado, a partir das 3 da tarde. Falei com a L@ra, que é quem está organizando essa joça, que eu só iria se rolasse uma armação no sorteio pra eu ganhar o boné do Motel Pop’s. “Tá pensando que isso aqui é prêmio ibest?”, L@ra me respondeu. E ainda lembrou pra eu avisar pra todo mundo pra levar um PODigo, um presente podre de amigo oculto, de 1,99, que será realizado na hora.

Bom, mesmo que eu não vá, vou revelar com exclusividade e pela primeira vez a minha face.

Minha foto 3x4



Pronto pra queimar a bandeira do império do mal



Apoiando o Sendero Luminoso



Relaxando na hidro, com duas meninas bissexuais



E finalmente, com a Madonna, em clima “spanish eyes”


I like this candle...

Como foi boa essa espanhola...
A deputada estadual Cida Diogo tinha acabado de dar o seu recado no Encontro das Profissionais do Sexo. Incentivou as prostitutas a lançarem uma candidata nas próximas eleições, senão pra ganhar, pelo menos pra debater a situação delas e falou do preconceito que as meninas sofrem nos postos de saúde.

Como é de praxe, foi aberto um tempo pra que a platéia, composta por cerca de 50 pessoas, a maioria de putas coroas, fizessem perguntas. Um neguinho miúdo, peito estufado, roupa colorida e cabelo amarelo – espécie de Madame Satã dos dias de hoje – fez uma denúncia: policiais militares extorquem dinheiro de putas da Quinta da Boa Vista e de Bonsucesso. A deputada se esforçou pra dizer que a solução não cai do céu, que isso passa por várias coisas, etc, etc.

Logo em seguida um sujeito da platéia se levantou. Grisalho, pele de índio, camisa e calça social compradas numa loja de segunda, ele se apresentou como “sargento da PM há 35 anos”. O Madame Satã, sentado duas fileiras à frente, virou pra trás e suspirou bem baixinho: “que maravilha”. Em tom de discurso e com aquela voz rasgada típica de carioca suburbano das antigas, o sargento contou que sempre defendeu as putas e travestis da Praça Tiradentes. “Cansei de carregar nas costas meninas enfraquecidas pela aids até o hospital e de lá pro cemitério do Caju”. Falou emocionado por uns 10 minutos, sendo aplaudido no final.

Fascinante.

Depois eu falo do jornal Beijo da Rua, que se diz o único dirigido às profissionais do sexo. Ah, leiam a coluna do Eugênio Bucci de hoje. Também é sobre o tema. Um trecho: “todos olhamos para as prostitutas com nojo, indignação, medo, ódio. E também as desejamos feito lobisomens da noite”.

Ontem, no encontro, eu ouvi pelo menos umas 3 vezes falarem “quem nunca pecou que atire a primeira pedra”.

Maria Madalena deveria ser canonizada como santa protetora das putas.
Falando em encontro de prostitutas, hoje vai rolar na 12ª mostra curtra cinema o curta metragem Vila Mimoza, que passou há algumas semanas na TVE. Eu recomendo. Será no CCBB, às 7 da noite, numa sessão que também terá “Feira Livre”, “Senhoras”, “Na Mãe” e “2700Km”. Quem não puder ver hoje, pode conferir no dia 7, às 16h30, também no CCBB. Quem for ao encontro de blogueiros prostitutos pode passar lá antes.

Fiquem de olho também em outros curtas: “Tudo Dominado”, sobre camelôs (dia 6, às 7 da noite no CCBB e dia 8, meio-dia e meia no Odeon), o programa Mundo Bizarro (dia 8, às 6 da tarde, no Odeon), “Esperma de Chocolate” (dia 6, meia-noite, no Odeon) e “Canudos Não Morreu” (dia 6, às 2 da tarde no Instituto Moreira Sallesman).

Preços: de grátis em todos os lugares, menos no Odeon que é 2 real.
ARRANCADA FINAL DO PRÊMIO IBEST

Amigas e amigos, faltam poucos dias para o término da votação do prêmio ibest. Por isso, venho aqui suplicar pelo seu voto.

Se você não se importa em se cadastrar no provedor ibest, dando inclusive o número do seu CPF para que eles façam o que bem entender com ele, se você não se importa em se sujeitar a isso, por favor, faça esse ato de caridade.

Vote no meu blog pra colocá-lo entre os top 5 e pra provar de uma vez por todas que o resultado do prêmio ibest não é manipulado para favorecer os anunciantes do portal. Nada disso!

O ibest é digno. Começou dando acesso grátis à internet. Criou o prêmio e depois virou portal, cujos sites também concorrem ao prêmio. Dizem que é a mesma coisa se a academia de cinema dos Estados Unidos resolvesse produzir filmes e concorrer ao Oscar. Que absurdo!

Votem em mim. É o mínimo que vocês podem fazer. Me ajudem a ganhar o prêmio de 10 mil reais em barras de ouro. Preciso dele pra juntar dinheiro pra comprar o exemplar raro do Senhor dos Aneís, que custa 35 mil dólares. Com o livro na mão, vou organizar um ritual élfico pra queimá-lo. Vou vender o evento para patrocinadores, cobrar ingresso e vou encerrar o show indo até a Inglaterra mijar no túmulo do Tolkien.

RUMO À VITÓRIA!!!

Vamo corrê que é liquidação das portas fechadas

As confusões no centro da cidade entre camelôs e polícia já viraram rotina. Daqui a pouco o carioca vai passar no meio de pedradas e bombas com aquele ar blasé. Ontem, um guarda municipal usou um revólver, o que é proibido. Um PM interveio e saiu porrada entre Guarda Municipal e Polícia Militar, que é estadual. Brilhante! Deviam chamar a Polícia Civil pra acabar com aquilo. E os camelôs só rindo...


Preste atenção no sujeito do fundo... Não era eu!

Ontem havia dois grupos de Guarda Municipal, um em cada extremidade da rua Uruguaiana. Uma equipe da Globo perambulava ao lado dos guardas, talvez esperando que os diretores do Cidade de Deus aparecessem pra gritar “AÇÃO!”.

Os guardas municipais não devem ficar atentos somente aos camelôs. Dia desses, insuportáveis ciganas batiam ponto na Rio Branco, quase esquina com Presidente Vargas. Essa raça é foda. Você passa na rua e eles te cercam, puxam a sua mão pra ler e pra falar um monte de asneira. Depois, dizem pra você comprar uma pedrinha de proteção a 1 real. Um conhecido meu, malandro velho da Penha, contou que quando era moço uma cigana o parou na rua. Entre outras coisas, revelou que ele morreria esfaqueado. Com a maior cara-de-pau, ele disse: “você só não adivinhou uma coisa... Que eu tô duro!”. A cigana ficou furiosa.

Pois bem, os guardinhas deveriam passar por lá e baixar o cacete nas mãos delas. Vamos ver se elas conseguem ler mão inchada umas das outras.

4.12.02

Vamos organizar essa buceta! Quem quiser aliviar meu padecimento neste momento tão triste da minha existência futebolística, deixe suas tenras palavras na caixa de comentários abaixo.
Agora, pros urubus filhos da puta, vascaínos de merda, curintianos fodidos e outras escórias, enfim, os otários de merda, soltem a franga na caixa de comentários abaixo. Comentários deixados em local errado serão devidamente apagados.
* Nariz de Michael Jackson é um dos assuntos mais procurados na internet.

Entre os resultados da busca, há também gracinhas, como uma lista imaginária de novas canções, do tipo ''My nose is but a memory now'' (''Meu nariz agora não passa de uma lembrança'') ou a hilária história do nariz que se divorciou do rosto. Uma das mais divertidas é o editorial escrito em primeira pessoa, publicado num jornal de Seattle, EUA
.



Michael Jackson não gostava do Bozo quando era criança. Sabem por que!? Porque criança que gosta do Bozo sabe onde tem o nariz!

* O próximo fim de semana tá repleto de atrações. Deve estar difícil pros cadernos de fim de semana decidirem qual será a capa (isso se não for matéria comprada). Show dos Titãs, encontro de blogueiros e o show dos Doces Bárbaros, no Rio e em SP. Na verdade, pra mim doces bárbaros são torta alemã, brigadeiro, balas juquinha, a rosquinha da minha tia avó... Se bem que eu nem usaria essa expressão “bárbaro”. Quem usa “bárbaro” é perua e boiola. É ou não é?


Quem vai comer o Caetano?
Adivinhe quem é o Gil!


* Saiu no caderno de informática do Globo um site de livros raros, o Heritagebook. Um exemplar da primeira edição de “Moby Dick”, de 1851, custa 65 mil dólares. Fui lá e procurei, adivinhem o que? Meu querido “Lord of the rings”, Senhor dos Anéis! Sim! A busca achou três livros da primeira edição, de 1954-1955. Vêm com três dos quarto mapas originais. Ainda preserva resíduos de poeira (a pessoa cheira e é transportada pra Terra Média)! O precinho: 35 mil dólares! Se eu fosse milionário comprava essa porcaria e queimava numa convenção de adoradores de Tolkien.

* Começou ontem e vai até hoje, quarta-feira, o Encontro das Profissionais do Sexo. Será no Rio’s Presidente Hotel, na Rua Dom Pedro I, 19. Pra quem vem da Rua da Carioca, o hotel fica na segunda rua à esquerda da praça Tiradentes. É a rua do Teatro Carlos Gomes. Está claro que eu quero que vocês passem lá, não é? Nos debates, que vão das 8h à 18h, serão discutidas questões sobre saúde e legislação. Participarão do encontro o deputado Fernando Gabeira e técnicos do governo. Quanto ao restante da programação, só aparecendo por lá pra conferir...

* Quem está promovendo o encontro de blogueiros imundos é a L@ra. Por isso, se a parada for uma porcaria a culpa será dela. Lara é uma garota estranha. Freqüenta shows do Fagner e da Rosana e usa piercing (tudo bem que eu não posso falar nada quanto aos meus gosto trash). Pois bem. Quase 10 anos depois que os Red Hot Chilli Peppers ensinaram a platéia a girar camisetas acima das cabeças, no Hollywood Rock de 1993 – numa mania que invadiu os estádios de futebol –, Lara inovou com seu celular.

Sexta , fui ao ATLhall no show do Fagner... Oh, quem apostou que hoje eu estaria falando mal do cearence de Sobral ...
Errou feio , showzaço com detalhes ímpares:
Nada como inovar e chamar a atenção:
Porque balançar o isqueiro na escuridão ao som "daquela música" se você pode acender seu celular Luminix com visor mega-azul-turquesa e chamar muita mas muita atenção?
(Atenção, isso deve ser feito com a devida empolgação, sabendo a letra da música e com uma certa coordenação!)


E ela ainda se supreendeu ao encontrar o Ciro Gomes lá. Mais sorte teria se esbarrasse com o Falcão.

* Já que o must do momento entre os blogs é ser processado acho que o Beto Santos merecia tomar pelo menos uma intimação por causa disso.



Só faltou o slogan: "Tira até cheiro de Bené"

* Teve gente que não entendeu o lance do Guilherme ser chamado de ASSASSINO. Faz mais ou menos um mês que o jogador do curintia bateu com o carro e matou umas 3 ou 4 pessoas. As putas que estavam com ele no carro disseram que Guilherme estava mamado de uísque. Ficou claro que ele ficou bolado com a torcida tricolor gritando ASSASSINO quando no domingo ele cobrou e perdeu o pênalti. Guilherme é o Edmundo 2. Só que numa versão piorada dentro de campo e ao volante, já que enquanto Guilherme matou 3 ou 4, Edmundo matou 1 (foi isso?).

Ah tá, Edmundo matou 3 e Guilherme 2.

Já comprei o isordil...

1.12.02

Puta merda, se não fosse difícil chegar na caixa d’água aqui de casa eu comprava aqueles blocos gigantes de gelo pra tacar nela e tomar banho gelado. Tá foda. E os egoístas de São Paulo ficam com a chuva toda e não mandam uma garoa pra gente!

* Chico Barney, do Vai Trabalhar Vagabundo, recebeu uma ameaça de processo do site mensagemsubliminar.com.br depois de sacanea-lo. Parabéns, manezinho! Agora só falta o seu blog ser bloqueado!

* Desconfio que esse disque tortas nunca será contratado pra festa de aniversário do Rafael, filho do Adaílton Persegonha.



* AGEnda da blogaiada:

POPSCENE!
indie / rock / brit / pop / black / beats
a melhor festa pop rock da baixada santista
Discotecagem: Flávia Durante, Hector Lima, Thiago Baraldi, Bruno Sosa
7 de dezembro de 2002, sábado, a partir das 22 horas
Retrô - Rua XV de Novembro, 47 - Centro de Santos/SP
Ingresso: R$ 5 de entrada (sem consumação).


E...



Lá pelos 10, 15 minutos do primeiro tempo, o curintia atacava. A bola cruzada da direita passou por cima da área e foi em direção à lateral esquerda. O atacante Guilherme deu um pique atrás da bola, sem sucesso, e parou quase na frente aonde eu estava nas cadeiras comuns. Quando ele começou a reclamar com os jogadores, não resisti e soltei o grito: “ASSASSINO!!!”. Numa fração de segundos as centenas de pessoas que estavam naquela parte das cadeiras gritaram em uníssuo: “ASSASSINO!!! ASSASSINO!!!”. Caramba, que emoção!!! Pela primeira vez eu comecei um coro no Maracanã!!!

Nunca tinha visto isso em 22 anos de Maracanã. Cambistas tentavam vender ingressos já na Uerj. Passei por um deles, que tinha um bolo de uns 50 ingressos na mão, e perguntei o preço da arquibancada. “15 reais”. “Vai ter que vender a 1 real!”, respondi de sacanagem. Mais perto do Maracanã, a mesma coisa. 77 mil ingressos foram postos à venda. O público pagante foi de 56 mil contra os 61 mil da semana passada, nos 3 a 0 em cima do São Caetano Veloso. Isso quer dizer que quase 20 mil ingressos viraram mico na mão dos cambistas filhos da puta, que têm a Ferj, a Suderj, a PM e os próprios clubes como cúmplices. Faltou um corinho da torcida: “Ei, cambista! Vai tomar no cú!”.

Calor dos infernos. Antes da bola rolar, o placar eletrônico indicava a tempertura no campo: 47 graus. Comentaristas do futebol dizem que é um absurdo jogar num horário desses. Ué, mas os caras não jogam futevôlei na praia ao meio-dia?

Dessa vez a invasão curintiana foi meia-boca. Se em 76 eles dividiram as arquibancadas com os tricolores, nesse domingo ocuparam metade das cadeiras comuns. Não sei porque mas toda hora que olhava pra Fiel lembrava do Carandiru. Parreira é quem deve ter ficado mole, não só pelo calor, mas com o grito “Ê ô ê ô, o Parreira é tricolor”.

Faltando umas cinco rodadas pra acabar a primeira fase, os comentaristas da ESPN Brasil, Soninha e Paulo Vinícius Coelho, vaticinaram: “o Fluminense tem até chances matemáticas de se classificar, mas pelo o que está jogando não merece”. Desde que o Flu se classificou percebo uma certa cara de bunda quando eles têm que achar uma justificativa pro sucesso do Flu. Aí PVC, enfia um cano no rabo!!! Soninha, sua sapatona, pára de fumar maconha!!!

Acho que quarta-feira vai ter que rolar pelo menos uma Maracujina...

30.11.02

Sobre o jogo deste domingo...

Torcida do curintia vai ao Maracanã em clima de paz.


E amor!

"Ah não, Marciel não!!! Flávio nem pensar!!! Não quero nem ver!!!"


Calma moleque!

Fotos excrusivas do blog do tricolor Vinicius Valentim, que ao contrário de mim, gostou muito da comparação do Romário com o "Índio" do São Caetano Veloso.