27.12.05

8.12.05

Da série, pautas bizarras que eu não gostaria de cobrir:

Universitários disputam campeonato mundial de aviões de papel
Me causou surpresa a matéria desta semana do Globo Esporte sobre a formatura da molecada que joga futebol no Vasco. É um projeto onde os garotos jogam bola e recebem educação ao mesmo tempo. Sem dúvida uma bela ação. Se eles não emplacarem nos gramados, terão formação suficiente para serem aproveitados nas padarias dos portugas sócios do Vasco.

Pois a matéria teve até entrevista com o Eurico Miranda! Incrível! Parece que a pendenga entre Vasco e as Organizações Globo terminou. Dizem que por trás da briga havia um terreno em Duque de Caxias, ao lado da gráfica do jornal dos Marinho, que o Vasco pretende usar como Centro de Treinamento. Parece que o cachimbo da paz foi fumado...

7.12.05

Na onda da polêmica entre as grifes Daslu e Daspu, um grupo de estilistas gays (desculpem a redundância) vai lançar uma nova marca: a Dascu.

5.12.05

Sobem os créditos do filme do Vinícius de Morais. A platéia começa aos poucos a aplaudir o genial e sensível poeta, que fala como poucos sobre o amor. Vai minha tristeza e diz a ela que sem ela não pode ser, vai meu coração, pede perdão perdão apaixonado.

Mas eis que os créditos são interrompidos abruptamente por uma gravação de Chico Buarque, Toquinho mais uma galera das antigas conversando animadamente sobre Vinícius. Chico acaba contando um segredo: perguntei pro Vinícius se ele queria voltar diferente na próxima reencarnação. Ele respodeu que não, queria voltar como ele era. Mas com um pau um pouco maior. Gargalhadas e os créditos voltam. A platéia, ruborizada, não aplaude mais.


Ontem precisava fugir da realidade futebolística de qualquer maneira. Pessoas usam vários caminhos para escapar, como cinema, drogas, música. Meu escapismo acabou sendo algo próximo da própria realidade, a peça do Marcelo Tas, "Como chegamos aqui? A história do Brasil segundo Ernesto Varela".

Marcelo poderia simplesmente exibir os vídeos do apaixonante repórter Ernesto Varela, a melhor coisa surgida na televisão brasileira antes do Cadeia do Alborghetti. Mas Tas conta um pouco da história do Brasil como pano de fundo para os vídeos de Varela.

De uma sinceridade acachapante as respostas do repórter da Globo Tonico Ferreira durante o comício das Diretas Já em São Paulo. Difícil acreditar que ele manteve o emprego depois dele falar numa boa para o microfone de Varela sobre o passado de comunista e sorrir dizendo que trabalha para a emissora da situação. E também admitir o atraso da cobertura da Globo à campanha das Diretas.

Sensacionais também são as tentativas de conversa com Paulo Maluf. Além da famosa "dizem que o senhor é corrupto. É verdade?", Varela leva um bolo de aniversário ao então candidato à presidência em 1985 e puxa um parabéns pra você diante de um constrangido Maluf.

Há também material fresco, feito este ano pelo já careca Varela em Brasília. O tema na capital federal é sobre os políticos com capacidade notória para se manter no poder. "Você conhece alguém assim?", pergunta na lata para ACM Neto.

O grand finale dos arquivos de Varela é uma entrevista na Copa de 86 com o deputado e vice-presidente da CBF Nabi Abi Chedid, um dos maiores pulhas do futebol brasileiro e que mantém os dois cargos até hoje. Na ocasião, ele proibira os jogadores de falar sobre política (a seleção ainda tinha o politizado Sócrates, ao contrário das bestas de hoje). Tas considera esta a entrevista mais tensa de sua carreira. Confira aqui o motivo.

Na parte interativa, em que responde preguntas da platéia e da internet, Tas se esquiva de uma pergunta sobre o Garotinho - qual marketing ele usa com os cariocas? A peça - ou espetáculo multimídia - tem como um dos patrocinadores o governo do estado. Mas, apesar da esquiva, o casal Garotinho aparece rapidamente no clip final, ao som de "Que país é este?", ao lado da corja política brasileira.

A pergunta mais importante, qual a saída do Brasil?, é dada pelos fisósofos de rua, os taxistas.O próximo final de semana será a despedida de Tas do Rio. Aproveitem. É baratinho - 10 reais. O problema é quando a peça termina e a realidade volta. O futebol, a toalha, a morena...

1.12.05

Com o Dirceu cassado periga o tapa na nuca pedala Robinho dar lugar a bengaladas na cabeça.

Só que, assim como essa tentativa de piada, não tem a menor graça bater com a bengala na cabeça dos outros e gritar bengala Dirceu!
Padre diz que era obrigado por adolescentes a ir para motel no MA

E depois a culpa é dos padres. Poxa vida, desse jeito a igreja católica nunca vai conseguir banir os gays.
Depois que o programa do João Kléber foi suspenso na Rede TV por homofobia, a emissora havia sido obrigada pela justiça a passar programas educativos produzidos por ONG´s de direitos humanos.

E não é que a Rede TV, num raro exemplo de prestação de serviços, fez melhor?

30.11.05

24.11.05

É O QUE PARECE


Force bem a vista para ler a manchete da primeira notícia.
NÃO É O QUE VOCÊ ESTÁ PENSANDO

"(O peru) estava muito seco e a pele estava muito seca" (Sonya Thomas)

"É uma pena, dói bastante, mas, analisando no geral, foi bom" (Bruno Rosa)
Sempre que você estiver assistindo a algum show, peça de teatro ou coisas do gênero, desconfie quando o artista criticar algum político. Exemplo. No último reveillon, na praia de Copacabana, o barão vermelho Roberto Frejat citou o Garotinho quando cantava "Declare guerra". Belo protesto, se a festa não fosse patrocinada pela prefeitura.

O último exemplo presenciado por mim foi na peça Zenas Emprovisadas, no Teatro João Caetano. Não é espetacular, mas tem bons momentos que servem muito bem para desopilar o fígado. Mas em dado momento, um dos atores faz um louco e é chamado de "César Maia" por outro ator. Em dado momento, um deles faz um Lula cachaceiro. Só faltou o Garotinho? Que nada! O João Caetano é um teatro estadual.
ATENÇÃO, ATENÇÃO!

O deus estará entre nós!

1.11.05

A notícia do dia:

Carequinha sai da UTI após 20 dias

Roberto Gomez Bolaños, hoje, na gravação do programa do Maradona.
Deve passar na sexta-feira de noite na outra semana no Sportv.

31.10.05



Pois é, meus caros. Sem querer querendo, estarei eu, na próxima sexta-feira, tocando com um cara que foi minha referência como DJ quando eu tinha meus 15 anos. Época em que o Big Mix era na Manchete FM. Época do Rap das Aranhas, Melô do Bêbado, Melô da Princesinha, Stevie B, Trinere. Época que nem o próprio Marlboro deveria sonhar em fazer o sucesso de hoje e que eu, no máximo, tocava nos hi-fi's do quintal da minha casa.

O nome da festa é Rock Funk 80. O lugar é o Mourisco, na praia de Botafogo. Uma construção feia pra burro, mas que ao que parece tem uma tremenda estrutura e uma vista sensacional da Baía da Guanabara. Tocarei, de fôlego renovado, aquelas músicas odiadas na década perdida e reverenciadas hoje em dia. Depois tem show do Perdidos na Selva e logo em seguida, ele, o homem-cigarro!

Preço: 30 conto, com a filipeta abaixo ou carteira de estudante (tá achando caro? imagina o cachê do Marlboro!). Se forem, cheguem cedo para me ver. Toco de 22h30 até meia-noite.



Ah sim! Ouçam o CD o Arcade Fire, "Funeral". Só não é melhor que o show deles.

20.10.05

NO DOMINGO, VOTE PELA PAZ

VOTE EM BRANCO

18.10.05

Motivo olímpico para votar no NÃO no dia 23:

Se a venda de armas no Brasil fosse proibida, o país não conquistaria sua primeira medalha de ouro em Olimpíadas, em Antuérpia-1920, com Guilherme Paraense (que aliás, era atleta do Fluminense).

17.10.05

Enquete: vo6 acham que o megão cai?
Falta menos de uma semana para o referendo sobre a comercialização das armas e sinto falta da dupla funkeira Cidinho e Doca, intérpretes do educativo Rap das Armas. Engraçado que eles falam do mesmo morro do Dendê do traficante Xaxim, que deu uma absurda entrevista dizendo ser a favor da proibição do comércio das armas.

MC Cidinho E MC Doca - Rap Das Armas
by Junior E Leonardo

Parapapapapapapapapa
Parapapapapapapapapa
Paparapapaparapa kla ki bum
Parapapappapapapa


Morro do Dende eh ruim d invadir
Nos com os alemao vamo se divertir
Porque no Dende eu vou dizer como eh q eh
Aki naum tem mole nem pra DRE
Pra subir aki no morro ate a BOPE treme
Naum tem mole pro exercito, civil nem pra PM
Eu dou o maior conceito para os amigos meus
Mas morro do Dende, tambem eh terra de Deus
Tem um de AR15 e o outro de 12 na mao
Tem mais um de pistola e outro com dois oitao
Um vai d Uru na frente, escoltando o camburao
Tem mais 2 na retaguarda, mas tao d crock na mao
Amigos q eu naum eskeço, nem deixo pra depois
La vem dois irmaozinhos de 762
Dando tiro pro alto soh pra fazer teste
......................................................
Eh que eles sao bandido ruim e ninguem trabalha
De AK47 e na outra mao a metralha
Esse rap eh manero eu digo pra vcs
Kem eh akeles caras d M16 ?
A vizinhança dessa massa ja diz q naum aguenta
Na entrada da favela ja tem ponto 50
E se tu tomar um "pá", sera q vc grita ?
Seja de ponto 50 ou entaum de ponto 30
Mas se for alemao eu naum deixo pra amanha
Acabo com o safado, dou-lhe um tiro de fazan
Porque esses alemao sao tudo safado
Vem de garrucha velha da dois tiro e sai voado
E se naum for de revolver, eu kebro na porrada
E finalizo o rap detonando de granada!

Parapapapapapapapapa
Parapapapapapapapapa
Paparapapaparapa kla ki bum
Parapapappapapapa

29.9.05


UÁÁLÁÁÁÁÁÁ
Prum governo manco, nada melhor do que eleger um presidente de Câmara que criou o Dia do Saci


Enquanto escrevo essas malfadadas palavras, um casal de púdous late quase que sem parar debaixo da minha janela. Deveria surgir algum serial killer de púdous ou então alguma epidemia que fizesse com que essa raça fosse eliminada do mapa, tal como as vacas loucas da Inglaterra.

Percebo que há um certo constrangimento das pessoas ao recolherem a merda de seus totós na rua. Acho louvável que elas não deixem seus fofinhos sujarem as ruas, mas aqui pra nós, a situação não é das mais agradáveis. Tudo bem, melhor do que deixar a merda pra lá. Porém, humilhação das humilhações é passear com um púdou e ainda ter que catar o seu cocô. Para um heterossexual, passear com púdou dá mais na pinta do que ir em boate gay.

A sociedade se preocupa tanto com os pitbuls, tornados violentos por seus donos, de personalidade tão fraca que precisam usar a do cão, mas se esquece do quanto os púdous são maléficos. Apresentam as piores características do ser humano: ciúme, empáfia, falta de humildade, egocentrismo. Pedem atenção a todo tempo e o pior de tudo, têm o latido mais irritante entre todas as raças, usado sem cerimônia. Gostar de púdous é desvio de caráter.

Ia falar um pouco mais sobre os púdous, mas vou lá fora dar uma espancadinha neles.

* A foto acima é de uma loja virtual de camisas, a Cuma. Estampas bem sacadas a preços camaradas. Bem mais em conta que uma loja no Rio Sul, que vende camisa do Chaves a 50 reais.

9.9.05

Rubinho mal assinou contrato com a BAR e já teme a concorrência.

5.9.05

Nova máxima no futebol:

Se homem da mala decidisse jogo, o campeonato do Distrito Federal terminaria empatado.

22.8.05

Amigos do Lula aconselharam o presidente a levar o seu governo para vacinar contar a paralisia, no sábado.

Desde as denúncias contra Palocci que os faxineiros do gabinete da Fazenda negam com veemência que não ganham mais que os seus colegas de Esplanada dos Ministérios para coletar o lixo.

16.8.05

A mídia brasileira - a única exceção que vi foi o caquético e inacreditável Ney Gonçalves Dias no igualmente caquético e inacreditável Repórter Cidadão - em momento algum levantou a hipótese do mané (Jean Charles de Menezes) ser o único culpado pelos sete caroços que levou no meio da testa.

O jornal inglês "The Independent" publicou recentemente uma matéria sobre executivos da Wolkswagen que contratam prostiutas brasileiras para fazer o seu carnaval particular e colocaram uma foto de nossa pobre Luma (de Oliveira) para ilustrar a matéria.Meu Deus! Logo a Luma! Eu jamais poderia ligar Luma à prostituição. Seria como se um jornal brasileiro fizesse uma reportagem sobre manés e colocasse uma foto do Príncipe Charles. Nada mais descabido, com certeza.

o que realmente me impressionou é que testemunhas dizem que ele
(o gay que caiu de uma montanha russa numa festa num parque de divesões) ficou em pé enquanto a montanha russa rodopiava trilho afora. Aí sim, vi a ironia de tudo. Como alguém que aprecia tanto o ato de sentar pode ter se estropiado justamente quando resolveu ficar de pé?

Lhes apresento, Alex Catto, o Bussunda. Figura das mais grotescas e geniais dos tempos da PUC. Co-autor do melhor jornalzinho que os pilotis da referida instituição católica já viram, o Tio Maneco. Autor de colunas sensacionais como Conexão Paulo Francis e baluarte na luta contra os casinhas da Cambralha - os hipongas de boutique da referida instituição católica.

Todos já para o cabeça de camarão

15.8.05

O filme do Zezé di Camargo e Luciano é patrocinado pelo Bradesco. Não teria mais a ver se fosse o Banco do Brasi?

Aliás, não vai ter sessão do filme com o Lula no Palácio do Alvorada?

Ainda falando de filmes, depois de "Camelos não choram" e Tartarugas podem voar", a tristonha trilogia animalesca será completada este ano, com o filme brasileiro "Lulas não sabiam".
Você percebe que a onda dos anos 80 já passou dos limites quando uma academia de ginástica toca Ilariê às 8h30 da manhã. Sem querer cuspir no prato onde como, mas essa moda deveria se restringir em ambientes onde o estado etílico das pessoas fosse elevado. Mas enfim, não há muito o que dizer de pessoas que freqüentam com prazer academias de ginástica - ou masmorras de tortura contemporâneas.
EU SOU NORRRRMAALLL

Juro que tentei prestar uma última homenagem ao Francisco Milani assistindo o Zorra Total no último sábado.
Todo maconheiro é viado? Ou todo viado é maconheiro?

5.8.05

SOU PUNK DA PERIFEIRA
SOU DA FREGUESIA DO Ó
Ó! Ó! Ó Ó Ó Ó Ó Ó!


AQUI PRA VOCÊS!!!

Verdade seja dita: ganhar só de 1 do Vasco é humilhação.
Enquanto o Beto Santos se recompõe de sua viagem à Bariloche, aí vai uma piadinha do estilo dele:

Sabem porque o Felipe Massa vai se dar bem na Ferrari?

Ora, a Ferrari é italiana. E o Felipe, Massa!
Cientistas clonaram um cachorro. Quero ver criarem uma mulher sem TPM. Isso sim seria um avanço.

29.7.05

Avisei prum colega meu, fã das minhas discotecagens, que vou tocar no Cine Ideal, no próximo dia 6 (detalhes aí do lado). Ele logo retrucou.

"Ah, é lá que rola festa gay, né? Acho que não vou"
"É verdade", respondi. "Mas nesse dia os gays de verdade vão pra festa Bitch, no Terra Encantada. Já você, que é enrustido, vai lá no Ideal"

Enfim, não importa se você é gay enrustido, assumido, hetero, bi ou pansexual. Se quiser curtir uma festa num puta espaço com o melhor da música brasileira é só pintar lá no Ideal. E pra você, leitor do meu blog, gay enrustido, assumido, hetero, bi ou pansexual, aí vai um descontinho. É só mandar até o dia 5 um e-mail pra mim com o seu nome e de quem você quiser levar para pagar só 10 reais.

Abaixo, mais ou menos o que eu pretendo tocar:

pedro luís e a parede - cássia eller - seu jorge - los hermanos - o rappa - acabou la tequila - wander wildner - ultraman - jupter aple - funk como le gusta - monobloco - thayde - marcelo d2 - sandra sá - noriel vilela - tim maia - jorge ben - mutantes - secos e molhados - wilson simonal - raul seixas - rita lee - celly campelo - zé ramalho - fernanda abreu - chico buarque - caetano - gil - roberto carlos - the fevers - roupa nova - vanessa da mata - fernanda porto - chico science - mundo livre sa - mombojó - raimundos - little quail - ney matogrosso - almir guineto - beth carvalho - zeca pagodinho - martinho da vila - bezerra da silva - paulinho da viola - clara nunes - marisa monte - titãs - barão vermelho - kid abelha - paralamas - ultraje - lobão - camisa de vênus - claudinho e buchecha - pirlimpimpim - casseta & planeta - chatuba de mesquita
Só para registrar:

ATLÉTICO-PR 7
Diego; Jancarlos, Danilo, Paulo André e Marcão; Cocito, Alan Bahia (Marcos Vinícius), Fabrício e Evandro; Lima (Finazzi) e AloísioTécnico: Antônio Lopes
VASCO 2
Elinton; Luciano, Éder, Gomes; Wagner Diniz, Felipe Alves, Ygor, Morais (Fernandinho) e Diego; Alex Dias e Anderson (Elbinho)Técnico: Renato Gaúcho

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Árbitro: Márcio Resende de Freitas (Fifa-SC)
Cartões amarelos: Fernandinho, Éder, Felipe Alves (V), Alan Bahia, Paulo André (A)
Gols: Paulo André, aos 9min; Evandro, aos 15min; Lima, aos 19min; Jancarlos, aos 46min do primeiro tempo; Lima, aos 5min; Anderson, aos 9min; Aloísio, aos 37min; Alex Dias, aos 45min; Finazzi, aos 47min do segundo tempo

Agora o que vai acontecer é o seguinte: os times perderão o pouco respeito que tinham pelo Vasco. A disputa agora é para ver quem ganha de mais do Vascuzinho.

O protesto de sete torcedores do Vasco no aeroporto (um para cada gol?) dá a dimensão da imensa massa vascaína.

21.7.05

A gente ganha mal mas se diverte

Arrumei um trabalho árduo e chato no começo do mês: ir à Pernambuco. Mais precisamente nas cidades do Circuito do Frio. É verdade. Em algumas cidades do agreste faz um frio da porra nesse inverno. Ideal prum forró pé-de-serra-bate-coxa, embora uma tábua de passar roupa seja mais malemolente que eu.


Aqui eu, em Nova Jerusalém, no papel de Califás, presido o conselho supremo dos sacerdotes e doutores da lei que decide pela crucificação de Jesus, após Judas entregá-lo


Aqui sou eu, pregado, no papel de Jesus, após uma noite de vinho e forró


Afogando o ganso na oficina de Francisco Brennand, artista plástico que só pensa naquilo. Arte maior que essa só mesmo a camisa do Íbis que eu vi no aeroporto por inacreditáveis 87 reais (embaixo do escudo ainda está gravado "o pior time do mundo")

18.7.05

Hoje o Carequinha comemorou 90 anos com um show na Praça Tiradentes. Lá pelas tantas, o RJ TV entrou ao vivo, no meio do espetáculo, quando o palhaço Topetão parabenizava o Carequinha. Topetão, para quem não sabe, o Topetão tem um programa na Record. Não sei se deu pra reparar pela televisão, mas que ficou esquisito, ficou.

Mas o que importa foi o que Carequinha disse sobre o CD que está sendo lançado pela EMI (R$ 12,90, nas Lojas Americanas):



"Comprem logo porque o Carequinha não vai durar muito. Hoje à noite eu sonhei com o barbudo lá do céu que tava me pegando"
Enéas informa:

Número de mortos no atentado de Londres subiu para

56!!!!!!!!!!
Em 2002, o Fluminense com Romário e Renato Gaúcho como treinador chegou nas semifinais do Campeonato Brasileiro.

Três anos depois, Renato Gaúcho é "contratado" por Romário para treinar o Vasco. E ainda diz que o time é o "Baixinho mais dez", esquecendo do Alex Dias.

Sei não, mas isso tá me cheirando como a piada do ano.

15.7.05

Hoje é o dia internacional do homem.

Quero receber flores.

Minha mangueira está anciosa para regá-las.


COMENTÁRIOS RESGATADOS

É anSiosa sua besta!!!!


Obrigado, besta.

Ouvi dizer que o cego da novela das oito faz coisas incríveis que nem o MrMagoo fazia. Hoje vi na capa da Contigo que ele vai sofrer um acidente de carro. Porra, será que o cara também dirige!?

14.7.05

Lembram do Napoleão Nascimento, que fazia parceria com o Jonas Santana no bizarro Momento do Sport da CNT?

Radialista é preso em flagrante por estelionato



Poxa vida, eu nunca desconfiei de pessoa tão idônea...
Bela crítica do show, ao qual tive o privilégio de ir acompanhado do casal Paulo & Paula (com sua mamãe), sentar do lado da mesa da Ana Carolina com seus "amigos" do mesmo sexo e perto do casal da ilha de Caras Millôr e Cora Ronái. Sem esquecer da Camila Pitanga.

Tangos e Tragédias: voltem logo, mas sem os Paralamas

12.7.05

EU VOU

Hoje, no Canecão, diretamente da Sbórnia:

TANGOS E TRAGÉDIAS
De uma coisa a oposição não pode se queixar. É muito mais digno levar dinheiro na mala do que na cueca.

6.7.05


El escritor y productor mexicano Roberto Gómez Bolaños "Chespirito" y su esposa, la actriz Florinda Mesa, durante la presentación en México hoy, martes 5 de julio, del libro "El Diario del Chavo del Ocho". La edición de bolsillo que se publicó por vez primera en 1995, es el relato de la vida del personaje que es un éxito en los países de habla hispana. EFE/Imelda Medina

5.7.05

Futebol carioca, segunda divisão:

Seguranças agridem profissionais de imprensa em Moça Bonita

Jogador do Nova Iguaçu para o juiz, após ser expulso no empate contra o Bangu:

"Vai se fuder seu ladrão filho da puta!"

Mais impropérios na súmula do jogo

30.6.05

Nos últimos dias o CCBB vem sendo invadido por punks ávidos pelas atrações da mostra sobre os 30 anos do movimento. Vale a pena passar por ali só para ver a incredulidade dos asseados intelectualóides tendo o seu recanto cultural favorito sendo invadido pela galera suja vestida em farrapos. Comentário de um intelectualóide olhando de longe a fila de punks: "O que é isso, Rio Fashion Week?".

Esse post é dedicado ao inominável Madruga, que mudou de provedor faz tempo e só agora eu atualizei.

Falando em Madruga, nesse sábado vai rolar na Uerj o 3º encontro de Chavesmaníacos. Saiba o que lhe aguarda aqui.
Discurso do Lula na cerimônia de posse do novo Procurador-Geral da República

Quanto mais poder nós temos, mais responsáveis nós temos que ser

Parece o conselho que o Peter Parker recebe do tio, no primeiro filme do Homem Aranha.
Bela referência, hein Lula.
Se eu tivesse a falta de sorte de nascer argentino, certamente trabalharia no jornal Olé



Capa do dia seguinte após Brasil 4 x 1 Argentina.
Essa semana joguei na megasena acumulada. Não sou adepto dos jogos de azar, mas desta vez não resisti aos apelos quando um sujeito comentou com outro no ônibus que o prêmio estava acumulado em 38 milhões. Saltei no ponto e fui na loteria. Peguei o cartão e vi que a aposta tinha aumentado de 1 para 1,50. Não desisti. Marquei a cartela, me virei pra fazer o jogo, mas recuei quando vi a atendente rabujenta. Pensei: não vou fazer o jogo com uma atendente que além de rabujenta é feia. Vai cortar as boas vibrações. Dei meia volta e marquei outro jogo na mesma cartela (onde podem ser feitos 3 jogos). O problema era que só tinha a atendente rabujenta. Avisei que só queria o jogo do meio. Feito. Hoje de manhã soube que a megasena acumulou de novo. Não precisei conferir o jogo que eu apostei. Quanto ao que marquei, mas não apostei... Melhor tacar fogo na cartela.

28.6.05

É impressão minha ou 90% dos idiotas que usam essa pulseira amarela não sabem quem é Lance Armstrong e acham que comprando em camelô estão disbribuindo solidariedade?

P.S. - pra quem não sabe, o ciclista americano Lance Armstrong teve câncer no saco. Desenganado pelos médicos, se recuperou e ganhou seis vezes a Volta da França, a competição mais importante do ciclismo mundial. Dizem as más líguas, com a ajuda do doping.

23.6.05

O jogo foi no estádio do eterno vice (que aliás, se orgulha de ter um estádio escroto que fica num lugar ainda mais escroto). O treinador foi vice na mesma competição no ano passado com aquele outro timeco. Não podia dar outra... E a todos que vierem a me sacanear nos comentários, o meu mais sonoro VAI TOMAR NO CU!

21.6.05

Depois de tocar num open house em Copacabana, quando a polícia foi chamada e devidamente homenageada com o clássico dos Titãs; de dar a canja do dia dos namorados na Casa da Matriz com o coração partido; e de botar a galera de um casamento de frente pra Ilha Fiscal dançar quadrilha ao som de Luiz Gonzaga, fecharei com estilo um mês direto tocando todo final de semana.

Gil Carlos Chapper. Anotem esse nome. Ele pode ser o futuro presidente do Brasil.

(pelo menos, o começo da biografia é parecido com a do Lula)

16.6.05

O FLUMINENSE NÃO É O GOVERNO DO RIO, MAS VAI DAR A VOLTA PARA CIMA

EU ACREDITO!!!

10.6.05

O PFL pediu proteção policial para Roberto Jefferson. Deveriam mesmo é colocar um isolamento acústico no apartamento dele.

9.6.05

De coração partido, tocarei amanhã na Brazooka uma hora de música romântica brega. Abaixo, duas pérolas com presença confirmada:

Evaldo Braga - Eu não sou lixo

Eu não sou lixo
Para você querer me enrrolar
Eu não sou lixo
Pra você fora jogar meu bem

Você fez coisas
Que eu nunca hei de fazer
Só peço a Deus, amor
Que me faça te esquecer

Tentei um dia
Lhe dar todo o meu coração
Mas eu não tive
Nem sequer a sua compreensão

Mas eu não ligo
Pois seu desprezo não vai me acabar
Eu já tenho a certeza
Que um dia você vai pagar

Nem tudo se joga fora
Pois nem tudo é lixo, meu amor
Eu lhe peço agora
Vá em busca de outro amor

Tudo que aconteceu
Faça de conta que não houve nada
De hoje em diante, querida
Entre nós dois não existe mais nada

Wander Wildner - Eu Tenho Uma Camiseta Escrita Eu Te Amo

Eu tenho uma camiseta escrita eu te amo
Parece uma grande bobagem mas é o que eu sinto quando estou voando
Eu fico pelado no quarto vendo a sua foto
Parece uma grande bobagem mas é o que eu faço quando tô de porre, e eu tô de porre

Se eu pudesse eu estaria agora perto de você
Se eu pudesse eu ficaria sempre junto de você
Se eu pudesse eu estaria ouvindo o seu coração
Se eu pudesse eu não faria nada, nem esta canção

Eu tenho uma camiseta escrita eu te amo (eu te amo, baby)
Parece uma grande bobagem mas é o que eu sinto quando estou voando, e eu tô voando
Eu fico pelado no quarto vendo a sua foto
Parece uma grande bobagem mas é o que eu faço quando estou de porre, e eu tô de porre

Mas se eu pudesse eu estaria agora perto de você
Se eu pudesse eu ficaria sempre junto de você
Se eu pudesse eu estaria ouvindo o seu coração
Se eu pudesse eu não faria nada, nem esta canção

E se eu pudesse eu estaria agora perto de você
Se eu pudesse eu ficaria sempre junto de você
Se eu pudesse eu ficaria ouvindo o seu coração
Se eu pudesse eu não faria nada, nem esta canção
Nem tem muito a ver com o Pânico, que eu não tenho visto ultimamente (mas que dizem andar meio repetitivo). Mas voltando a assistir o Casseta & Planeta, tenho a impressão de que se reduzissem drasticamente a verba do programa, ele voltaria a ficar engraçado como nos bons tempos. A produção acaba ficando maior do que a piada.

Ah sim, paradoxalmente, o melhor momento do programa acabou dependendo de verba: Bussunda/Lula pedindo para um guarda deixá-lo entrar na Casa Rosada, em Buenos Aires, e depois cantando o hino da Argentina (Salve o Corinthians...).
Depois do Maradona e do Roberto Jefferson, eu me pergunto: dá pra confiar em gordo que fez cirurgia no estômago?

4.6.05

Corre à boca pequena que na última quarta-feira policiais prenderam um dos chefes do tráfico de drogas do Morro dos Macacos, em Vila Isabel. As incursões no morro aumentaram desde a semana passada, quando uma policial foi morta na saída do Túnel Noel Rosa. Com o criminoso detido, os homens que deveria zelar pela nossa segurança cobraram 20 mil reais para soltá-lo. Após negociações que duraram cerca de 6 horas, das 8 às 14, a ''fiança'' foi baixada pela metade e o traficante foi solto.

Quero ver agora a Glória Perez adaptando esse episódio na Vila Isabel da novela América.
O programa Pânico não vem dando crédito às montagens do site Kibe Loko.

Poxa vida, esses caras me decepcionaram...

30.5.05

Além do governo dos EUA, estudo também relaciona cegueira com uso de Viagra

Mais uma sugestão para os hilariantes sites de montagem: Stevie Wonder como garoto-propaganda do remédio de broxas. Outra opção não tão famosa: o comediante Geraldo Magela. As idéias estão no ar.

22.5.05

Se não se candidatar a algum cargo político, como fez a Denise Frossard, a juíza Denise Appolinária, que deixou o casal Garotinho inelegível por três anos, bem que deveria tentar a carreira de cantora. O primeiro hit poderia ser emprestado pela Sandra de Sá, que faz propaganda pro governo do estado: Joga fora no lixo.
Fila no laboratório de análises clínicas. No balcão, a atendente explica pro velhinho os procedimentos para fazer exame de sangue.

O material deve ser recolhido até as 13 horas. Tem que ficar em jejum absoluto durante 12 horas e estar em abstinência sexual por 48 horas.

O velhinho olha pra trás e solta um sorriso desdentado pra mulher, deixando claro que não precisaria mencionar o último procedimento.

Na fila ao lado, uma mulher tira de uma sacola duas garrafas de refrigetante cheias de mijo e coloca sobre o balcão.

A senhora esterelizou as garrafas? - pertuntou a atendente.

Um molequinho berra ao ser espetado na veia pela primeira vez. Alguém inventou que dar uma bexiga azul escrito coragem faria o moleque parar de chorar.

Mais escroto que receber catarro, mijo, bosta deve ser analisar o material. Fico imaginando a hierarquia da profissão. O sujeito começa pela merda, passa pelo mijo, depois catarro, sangue... O ponto máximo deve ser análise de DNA ou célula tronco.

20.5.05

Tava muito cansado pra ir na pré-estréia da Guerra nas Estrelas para os mongolóides. Sorte que uma coleguinha minha foi (acredita agora, mitcha?)
Saddam humilhado, de cuecas, em sua cela


O tablóide britânico The Sun publicou hoje essa foto do Saddam Hussein de cuecas na prisão nos EUA.

Antecipando as gracinhas dos sites de montagens (e como eu não sei mexer no photoshop), aí vão algumas piadas sobre o assunto:

A G Magazine vai bombar com Saddam e seu míssel scud

Exclusivo! A imagens da queda da ditadura de Saddam Hussein

Vamos lá, as idéias estão no ar. Quem fizer primeiro, ganha!

17.5.05

Ana Paula Padrão trocou a Globo pelo SBT. As dúvida são: será que a bancada vai continuar transparente? Será que Ana Paula vai apresentar o jornal de sainha? Protesto! As apresentadores do Notícias Breves do SBT são muito mais talentosas.
É amanhã!

A partir das 10 da noite, fãs mongolóides de Guerra nas Estrelas estarão concentrados no cinema Unibanco Arteplex, na Praia de Botafogo, 316, para a estréia do Episódio III da saga, à meia-noite e meia.



Promessa de muitas risadas.

13.5.05

Zagallo morreu tem 13 letras.

Hoje seria o dia perfeito pra ele morrer, não acham?
Outro dia li no jornal que bebês abastados têm direito a trilha sonora em uma clínica fresca. Os pais escolhem a primeira música que o pimpolho vai ouvir, sem que ele tenha o direito de escolha. Dentre os mais escolhidos estão os "sofisticadíssimos" Kenny G e Enya.

Pensando em dar um toque de originalidade, aqui vai algumas músicas que teriam a ver com os pais.

Motoqueiros - "Born to be wild", Stephenwolf
Bichos-grilos - "Eu nasci há 10 mil anos atrás", Raul Seixas
Moradores da Barra da Tijuca - "Born in the USA", Bruce Springsteing
Flamenguistas - "Rap da felicidade" ("Eu só quero ser feliz / Andar tranqüilamente na favela onde eu nasci")
Pais incestuosos - "Born to be my baby", Bon Jovi
Bebês com problema cardíaco - "Chora coração", Wando
Carnavalescos - ''Pierrô apaixonado''
Pais do Bebeto e do Oscar - "Nasci para chorar", Roberto Carlos

12.5.05

Um contrato estabelece que Ronaldo vai ter que pagar R$ 15 milhões por ter se separado de Cicarelli. Eles se conheceram há pouco menos de um ano. Por causa de suas vidas atribuladas, repletas de compromissos, locais de trabalho distantes, devem ter se visto pouquíssimas vezes. Dá para contar nas mãos do Lula as vezes em que apareceram publicamente. Onde eu quero chegar? Quanto valeu cada bimbada do Ronaldo?

11.5.05

Tudo bem que eu me amarro em Chaves, mas isso aqui foge da normalidade:


Encontro dos chavesmaníacos reúne 700 retardados

9.5.05

É sexta-feira 13, no Scala!

Mais bizarro que os bailes Gala Gay e Vermelho e Preto juntos (no fundo, no fundo, dá no mesmo)



Com discotecagem deste que vos escreve. Para os indies malditos, prometo não tocar Belle and Sebastian, Placebo, Weezer, Los Hermanos e similares.

Aproveite enquanto a febre dos anos 80 não vira pneumonia e morre.

Menos informações aqui.
Assistindo no noticiário de esportes o abraço reconciliador entre as ginastas Daiane dos Santos e Daniele Hypólito, fiquei pensando. Já pensou se a primeira aceitasse posar nua pra Playboy? Certamente, a Sexy ia contra-atacar com...


Daniele Hypólito!

E não ia parar por aí: Diego Hypólito na GMagazine!
Muito interessante os comentários irados de um indie maldito no texto anterior. O cara pegou pesado me chamando de playboy. Poxa, se ele visse o perfil do meu orkut saberia que sou irrotulável, não preciso ficar me fantasiando ou seguindo regras de conduta pra ser aceito em algum grupo social (ui, falei bonito).

Encerrando o assunto, não posso esquecer, dentre várias visões broxantes de alternativóides no show do Placebo, a de uma indiezinha enfiada numa camisa com a estampa da Amelie Poulain.

Pau nenhum sobe com essa cara

2.5.05

Show do Placebo lotado de indies malditos. Nada que não fosse esperado. Menininhas de terninho e sainha de mãos dadas com menininhas de terninho e sainha. Baitolas de olho pintado de preto imitando o visual do vocalista da banda. Todos felizes por exaltarem a depressão. Estranho mesmo era a presença de patricinhas de salto de bico fino e playboys dançando como se estivessem bailando ao som de música baiana. Mais bizarro que o baixista da banda rebolando que nem uma minhoca epilética. Resumo feito na saída do Via Parque por um playboy: "QUE MERDA DE SHOW! SÓ TINHA VIADO E SAPATÃO!!!"
Dupla da Ferrari em campanha de trânsito

MADRI - O brasileiro Rubens Barrichello e o alemão Michael Schumacher, pilotos da Ferrari, participarão no próximo dia 5 em Barcelona da apresentação de uma campanha internacional de segurança ao volante por ocasião do GP da Espanha de Fórmula 1.

O lema é 'pense antes de dirigir'. A campanha terá duração de três anos e conta com o apoio da Fundação da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e da fábrica de pneus Bridgestone. O projeto se desenvolverá por diversos países da América Latina, Europa e África.


Estou entusiasmado para ouvir as incríveis piadas sobre o Rubinho envolvendo a notícia. Alguém se habilita?
GRAFITE PONTA 2B

Assistia a um jogo no Maraca, quando um jogador adversário fez falta feia num craque do Flu. Perto de mim, um negão enfurecido berrou: "EXPULSA ESSE MACACO!!!"

Deu pra entender?

26.4.05

A CASA CAIU

Eu plagiei o Eu Hein. Não importa se foi consciente ou inconsciente...

Eu plagiei.

Não tem perdão.

Este blog está fechado para balanço. Talvez ele reabra falando de filosofia, cinema novo, sociologia...

23.4.05


Se ao ver essa foto você disse "sai daí mocréia, que eu quero ver o carro", se para você o filme Velozes e furiosos merecia o Oscar, melhor não ler essa matéria sobre os tais carros personalizados, também conhecidos como tuning.
Para os que ainda ousam reclamar do título do Fluminense:

Se o Volta Redonda fosse campeão a nova mania da garotada seria o mascote do clube.

Já pensou o seu filho pedindo de presente o boneco do Bolotaço? Pokemon perto dessa porra é obra de arte. Só faltava vir como brinde a revista que o Túlio saiu pelado.
EXPLICANDO (OU PLAGIANDO) O POST ANTERIOR

Comentários resgatados

O Kibeloco copiou o teu BB Papal... - Ombudsman

Kibeloco plagiando? Que isso, o cara não é dessas coisas! - EU

O Ombudsman se referiu a esta tosca montagem.



Após ter a idéia, tive o cuidado de checar se algum gênio dos sites de montagem, inclusive o referido, já tinha feito essa. Como não, mandei ver. E não é que duas semanas depois me aparece isso aqui?

Vamos a mais uma rodada de comentários

Vela deixa des ser baba-ovo do Manson. Isso tudo eh inveja do Kibe? Ou vai dizer que engracado eh dizer que O PAPA EH POP-UP, BASTA, BESTA, BOSTA E SANDALIA DI-JEAN. - Alexandre Luna

Olha quem fala! - Camillacom.br

porra vela, vacilo mesmo vc falar isso do SR ORIGINALIDADE, até o jô soares curte o cara. huAhuAHaHUaHUaHUAHUA... sem o kibe a gente não poderia rir. já viu a legiao de fãs toscos que ele cria? - Ivan

Mais um frustrado. - Alexandre Luna

e não é que o sujeito copiou a idéia mesmo???? É Alexandre,eu também gostava do Kibe, mas uma hora vc também vai acordar desse pesadelo...ser criativo e engraçado copiando descaradamente dos outros até eu que sou mais bobinha faço.E sem essa historinha de fristrado,vai ser pela saco assim lá no kibe, - Carol

frUstrado - Carol

Carol, o Kibe postou antes de todo mundo. Pra variar. - Alexandre Luna

você tem certeza disso, alexandre? como eu disse no meu blog, nove entre dez blogueiros fizeram essa piada, e muitos bem antes do seu ídolo. - Ivan

Gente fazendo a mesma piada ao mesmo tempo é normal. As idéias estão no ar e nem sempre é só um que pesca, como o lance do Barrichello com o papa alemão. Dá uma certa vergonha ver que um monte de gente fez a mesma piada. Porém, mais vergonha é copiar. Poderia achar mera coincidência nesse caso do Big Brother Papal se o tal site não fosse reincidente. Melhor não ter graça do que usar a dos outros.

19.4.05

FUMAÇA PRETA APARECE NOVAMENTE NO VATICANO

Eram os cardeais fazendo um churrasquinho pra comemorar a escolha do novo papa.

Rubens Barrichello se solidariza com cardeal Cláudio Hummes: "sei o que é perder para um alemão".

Realmente, depois da banda do Vaticano tocr o hino alemão, só faltou o papa Bento estourar uma champanha.

Da série, montagens sem graça que algum plagiador certamente vai fazer:
papa Bento XVI com a o chapéu do Chico Bento (pescaram a piada? não é terrivelmente engraçada?)

18.4.05


SOU TRICOLOR DE CORAÇÃO
SOU DO CLUBE TRINTA VEZES CAMPEÃO

Muito já se enalteceu, muito já se chorou, por isso, deixo aqui registrado (como diria o Sílvio Luiz) o que é que só eu vi.

Saída do jogo, após rir na cara de vários volta-redondenses (muitos certamente vascaínos e burros-negros) me deparo com a singela cena do ônibus Rodoviária-Cidade de Deus repleto de tricolores cantando a Bênção João de Deus. Genial!

Pronto, não tenho mais o que falar. Mas vocês podem deixar os parabéns para mim aí embaixo.

13.4.05

O filme novo do Guerra nas Estrelas é Vingança de Sith ou Vingança dos Nerds?
A editora Abril lançou uma coleção de três volumes da história do Casseta & Planeta. Bem legal, edição de primeira, papel de primeira, tudo de primeira. Tem os melhores momentos do jornal Planeta Diário e da revista Casseta Popular. O problema é o preço. Os três saem a 60 reais. Aí fica complicado. Enquanto a Abril não lança um pacote com a coleção completa a preços menores, aconselho aos cariocas uma ida à biblioteca do CCBB para se deleitarem com a coleção completa do Planeta Diário. De graça, com ar condicionado, água gelada e um banheiro bem limpo pra cagar. O único risco é dar de cara com o Skylab.
Urologistas de todo país se encontram em Ribeirão Preto

ARARAQUARA, SP- A cidade de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, realiza, entre os dias 20 a 24 de abril, o Congresso de Urologia "1º Update Internacional em Endourologia e Cirurgia Minimamente Invasiva", juntamente com o 11º Curso Internacional Intermediário e 8º Curso de Imersão em Videolaparoscopia Urológica. O evento deverá reunir médicos urologistas de todo o país com o objetivo de atualizar os profissionais desta área.

Mais informações no site
www.urologiarp.med.br

Piadas fáceis sobre o evento:

- É um congresso do caralho!
- Deveria ser realizado em Ponta Grossa ou então, Pau Grande.
- Debatedores inflamados vão discutir como tornar o exame de próstata menos desagradável. Com a presença do deputado baiano Manoel Isidório de Santana, o mesmo que fez aquele discurso contra o exame no plenário da Câmara.
- Um dos debates: "Tenho ereção no exame de toque. E agora? Sou homossexual?" . Com Pedro de Lara, Jece Valadão e Waldick Soriano.
- Ninguém se cumprimenta com aperto de mão, no máximo tapinhas nas costas.
- Exames de próstatas grátis. Por isso, não haverá cadeiras na platéia, pois todos assistirão de pé.
- Apresentações de Eliana Dedinhos, do grupo Polegar e da orquestra de harpas Herpes Genital.

11.4.05

7.4.05

A bicharada se mobilizou, mandou milhares de e-mails e votou pro Jean ganhar o big brother. Agora, o boiola milonário diz que não vai levantar porra nenhuma de bandeira gay. Revoltado, Raymundo Pereira, presidente do grupo Atobá (também conhecido como Atoxá), ameaçou:

"Se ele não levantar a bandeira, a gente enfia ela no cu dele!"
Mais uma montagem da série "Não sei usar Fotoxope"

Em homenagem ao Movimento Basta!

OLHA SÓ, QUE CARA ESTRANHO QUE CHEGOU...

É de um tal de Adolar Gangorra o texto definitivo sobre os famigerados fãs do Los Hermanos. Leitura obrigatória. Dica da dona Rosana.

6.4.05


O que alguns tipos perguntariam na fila do Vaticano?

Um flameguista:
Essa fila é pru imgreço a um reáu?

Um fodido carioca:
Essa fila é pro hospital de campanha?

Um playboy:
Aê, essa fila aê é pra que boate?

Uma "celebridade" (já pensando em furar a fila):
Onde fica o começo?

Um aposentado:
Cadê a fila pros maiores de 65?


Tiveram a grande idéia de mandar o Caco Barcelos pra fila do papa. O cara já tava há umas 12 horas no aperto e falava ao vivo com o apresentador Márcio Gomes, no Bom Dia Brasil, que tascou a sádica pergunta:

E aí, tá confortável?

5.4.05

Meio estranho aquele comercial da Claro, com as bolinhas vermelhas caíndo. Parece mais chuva de sangue.

Acho que a Claro tá querendo dizer que a melhor cobertura na Baixada Fluminense é dela.
Título da coluna de hoje do Arnaldo Jabor: Eu não gostava do Papa João Paulo II

Com licença do Persegonha

FODA-SE

A maior prova que o papa era um doce:

Rosto de João Paulo II será coberto com véu de seda branca

Que nem fazem pra espantar mosca do pão na padaria.

Aliás, nessa overdose de papa ficou gravado na minha memória a última aparição pública em vida do João Paulo II, na janela de seu quarto. Aquilo ali não foi uma tentativa fracassada de falar com os fiéis, e sim um belo de um arroto.

Confira a melhor cobertura da morte do papa AQUI.

4.4.05

Eles vão ficar enclausurados entre quatro paredes. Não terão o menor contato com o mundo exterior. Celulares, cartas e qualquer outro tipo de comunicação são proibidos. Só sairão quando um for escolhido.

Ou você acha que o Pedro Bial foi pra Europa à toa?
Fluminense goleia em jogo-treino

RIO - Garantido na final do Campeonato Carioca após a vitória sobre o Vasco, o Fluminense iniciou na tarde de domingo, no Maracanã, a preparação para a decisão contra o Volta Redonda. Em um jogo-treino diante do modesto time do Flamengo, do Rio, o tricolor não teve problemas para golear por 4 a 1. Após um primeiro tempo truncado, em que o principal adversário tricolor foi o calor de 40 graus que castigava o estádio, os comandados do técnico Abel Braga voltaram para a etapa final determinados. Com menos de dez minutos, o Fluminense já vencia por 2 a 0, gols de Tuta e Leandro. Para testar os reservas, o treinador colocou em campo Alex e Preto Casagrande, que ampliaram para 4 a 0. O modesto Flamengo-RJ mostrou imensa resistência ao evitar mais gols. No final da partida, o veterano Crizan marcou o gol de honra. Revoltada pelo gol levado, a torcida tricolor vaiou o time na saída de campo.

Torcida do modesto Flamengo, se exercitando após a partida
O ESPÍRITO DE PORCO CARIOCA

Resultado final da promoção "o pior defeito do carioca":

1º MARRA - 31,34%
2º FALTA DE EDUCAÇÃO - 26,87%
3º DESONESTIDADE - 19,40%
4º FEIÚRA - 12,44%
5º INCONVENIÊNCIA - 9,95%

31.3.05

Para quem não conseguiu votar na Graziele no big brother, um consolo. Hoje é o último dia para escolher "o pior defeito do carioca". A marra liderou folgada a maior parte do tempo, mas ficou tão cheia de marra que a falta de educação encostou ameaçadoramente. Decidam qual o espírito de porco do carioca!
Hoje de manhã passei pelo Maracanã e vi a confusão por causa da venda de ingressos a 1 real pro Fla-Flu.



No meio da gentalha, muitas camisas burro-negras e nenhuma do Flusão.

Tricolor que é tricolor não precisa de migalha.
E a Terri Schiavo, hein? Bem antes de abotoar o paletó de madeira, consegiu o que queria. Fazendo uma dieta a base de vegetal durante 15 anos, ficou magrinha, magrinha....


Pois nem depois de bater as botas a mulher tem paz. Se antes, o marido lutava pela eutanásia e os pais eram contra, agora as duas partes divergem sobre o que fazer com a carcaça.

Um tribunal já decidiu anteriormente que Michael Schiavo pode cremar o corpo da sua mulher e enterrar as cinzas na Pensilvânia, seu Estado natal. Os pais dela, católicos, queriam enterrar o corpo.

Nos próximos capítulos da novela, viúvo e pais vão divergir quanto ao lugar da missa de sétimo dia, aonde será fincada uma estátua e para qual estúdio cinematográfico serão vendidos os direitos para filmar a história da moça.


O Vaticano não gostou da história da eutanásia e prepara o Papa João Paulo II para ter uma conversinha pessoal com a dita cuja.

29.3.05


E não é que pela primeira vez um homem não ganha o big brother?
O menguinho venceu o Voltaço e vai disputar a final da Taça Rio com o Flusão.

Realmente, ser campeão sem vencer o menguinho não ia ter graça...

14.3.05

No dia seguinte da suspensão do Felipe, o zagueiro Scheidt, do Botafogo, se meteu a falar que a pena de 180 dias foi pequena. Foi provocar, e olha o que aconteceu:


Scheidt (à esquerda), foi o pior em campo, falhando nos quatro gols do Fluminense: "Entrei todo borrado", confessou depois da partida.

Como diria o Nélson Rodrigues, estava escrito há 40 mil anos que o Fluminense iria vencer o Botafogo. Até o Papa recebeu alta no hospital. A benção João de Deus!

Agora, o Fluminense decide o que vai fazer com o Felipe. Sou contra rescindir o seu contrato. A pena o impede de jogar no Brasil, mas acho que como castigo ele deveria ser emprestado pros times da Paraíba. Ele não teria clube fixo. A cada rodada, defenderia o adversário do Campinense, time do Marcos Mendes, o cara que o chamou de corno e fez 400 faltas até levar um murro. Desafio mais complicado do que o teste de fidelidade.


O revival dos anos 80, que chegou ao auge (também conhecido como começo do fim) nas festas e nas livrarias, também aportou na publicidade, mais precisamente com Sidney Magal. O cantor-cigano estrela duas campanhas. Na de uma loja de materias de contrução, pessoas cantam O meu sangue ferve por você entre espelhos de banheiro e pias. Noutro, da Fiat, Magal sai de dentro de uma caminhonete todo saltitante (apesar do peso), cantando uma musiquinha sobre paixão. E mais. Nas chamadas do programa do João Kléber, rola Se te agarro com outro te mato, bem adequada ao teste de fidelidade se o quadro não fosse picareta.

Só falta o grande hit, Sandra Rosa Madalena, ser usado - Quero vê-la sorrir, quero vê-la cantar, quero ver o seu corpo, dançar sem parar. Se fosse permitida propaganda de remédio, teria tudo a ver com Prozac, ou anti-depressivos genéricos. Mas, por uma causa nobre, Sandra Rosa seria a trilha sonora ideal para uma campanha a favor do uso de células tronco.
Severino Cavalcanti avisou que a Câmara dos Deputados não é supositório do Executivo.

É verdade. Quem toma no rabo é o povo.


Falando no Severino, quem acha o sujeito tosco deveria conhecer o senador Mão Santa. Seria perfeito se o piauiense fosse presidente da casa, no lugar do eterno collorido Renan Calheiros. Em termos de falar merda, Mão Santa é mil vezes pior do que o Severino. A última foi sobre o aumento dos deputados. Para o senador, os picaretas precisam ganhar mais porque a maioria tem duas, três mulheres para sustentar.

Há outros exemplos citados no livro Transpiauí: uma peregrinação proctológica, do MrManson, editado por mim e que está quase esgotado. Corram para comprar.

10.3.05

Toda semana de aniversário do Rio a carioquice rola desenfreada nos meios de comunicação. Por todo lado é aquela exaltação ao Rio e ao carioca. Este ano, por exemplo, alguns jornais impressos não se seguraram e estamparam como manchete que "O Rio continua lindo". Isso por causa de uma enquete em seu site entre 2 mil e poucos leitores. Melhor foi um leitor deste mesmo site que elegeu a Rua Ceará, perto da Vila Mimosa, como a rua que simboliza a cidade: uma zona.

Pois coube mais uma vez ao telejornal global RJTV ser o ponta-de-lança da cariocada, promovendo uma enquete para apontar o melhor do espírito carioca. A beleza, uma característica externa do ser humano, venceu as concorrentes hospitalidade, irreverência, honestidade, solidariedade e simpatia. Até aí eu concordo, principalmente pelas cariocas.

Mas não se pode encobrir os defeitos. Por isso, a partir de hoje está aberta a enquete "O espírito de porco do carioca", para apontar a pior qualidade do habitante do Rio de Janeiro, seja ele nascido aqui ou "adotado" pela cidade. É só clicar aí no canto de cima e votar até o final do mês.

Os candidatos:

1) MARRA - Carioca tem fama de marrento no país inteiro. A marra já começa pelo sotaque arraxxxtado, que tenta evidenciar anos de praia e de malandragem. Por motivos que vêm do berço, o carioca é abusado. Acha que pode fazer o que quiser, passando por cima do outro. Um dos símbolos mais fortes (à custa de muita bomba) é o pitboy, com os indispensáveis utensílios: o carro violento e o cachorro envenenado. Característica confundida com a Lei de Gérson - o importante é levar vantagem em tudo.

2) FALTA DE EDUCAÇÃO - Cariocas não gostam de sinal fechado, como diz a modorrenta Adriana Calcanhoto. Por isso, quando não avançam o semáforo, buzinam logo quando a luz verde acende. Também constumam cortar o cruzamento, atravancando ainda mais o trânsito. A lista é grande: jogam lixo na rua, sujam as praias, levam o cachorro pra cagar na calçada e não limpam, mijam fora da privada. Regras de civilidade são difíceis de serem cumpridas pelo carioca.

3) DESONESTIDADE - ela veste a farda da PM e o terno e gravata dos advogados. Também inventa defeitos e cobra preços absurdos para consertar o carro e os eletrodomésticos. Costuma usar flanelinhas e vender ingressos de jogos de futebol com a cumplicidade oficial. O carioca acabou sofrendo com a desonestidade vinda de Campos, que se alojou na política e no futebol.

4) INCONVENIÊNCIA - o carioca faz piadinha a toda hora e nos momentos mais inoportunos. Falta de noção que chamam de irreverência. Também conhecido como mala, o sujeito pode estar mais perto do que você imagina: no trabalho, entre os amigos e na família. Dá em cima da mulher sem ela dar a menor condição, pede dinheiro emprestado, toma o chope dos outros. Pode ser o desconhecido que puxa aquele papo desinteressante na fila do banco, no ônibus ou no elevado, e é o dono da verdade. A inconveniência é ainda mais aguda em casos de estado etílico elevado.

5) FEIÚRA - Assim como para o RJTV apelou ao dizer que a beleza é a síntese das outras características do carioca, pode-se forçar uma barra também no caso da feiúra. É feio quebrar o orelhão, furar a fila, se achar o bom só porque tem barriguinha de tanque (e uma torneirinha...). É muito feio dar um murro em jogador do time adversário e pior ainda, construir prédios que desabam. Sem falar naquela vizinha que te dá o maior mole. Feia demais, sai pra lá capeta!

TV, A MÍDIA MAIS TRASH

O programa trash do momento é o Fala Baixada, de segunda à sexta, à 1 da tarde, na Bandeirantes-Rio. Durante 15 minutos, as mazelas da Baixada Fluminense são escancaradas. A produção é tosca como a região. A apresentação do repórter não lembra em nada a assepsia da Globo. Outro dia, denunciaram as péssimas condições de uma parada de ônibus. Crateras no chão, lâmpadas queimadas e banheiros imundos. As trocadoras falavam que para se aliviar têm que pagar 50 centavos para usar o banheiro do bar ao lado. O administrador da parada, um coroa, dizia que estava tudo em ordem e o repórter insistiu para que ele acompanhasse a equipe. O velhaco ficou puto e expulsou a equipe pateticamente. No final do tour, o indignado repórter mostrou o banheiro (ainda bem que televisão não transmite cheiro) fechando com chave de ouro na lata de lixo com camisinhas em volta. Sensacional!

Allan Sieber deveria escrever mais críticas de filmes. A publicada no Jornal do Brasil sobre Eterno amor é definitiva. Vale a pena se cadastrar no site do jornal só para ler a íntegra. Aqui vai um trecho:

A trama acompanha as investigações de uma jovem em busca do paradeiro de seu noivo, dado como morto na Primeira Guerra Mundial. A escolha da protagonista não poderia ser mais adequada para o tipo de cinema assexuado do diretor, a francesa Audrey Tautou, que já havia trabalhado com ele em O fabuloso destino de Amélie Poulain e que, a rigor, desempenha o mesmo papel de garota chata, meio mongolóide e tão sexy quanto um porco espinho. Ah, mas nesse filme ela é manca! Ok, então tudo bem!

Não consegui ver Amelia Polam até o fim. É muita fofura prum filme só. A cena símbolo do filme é a da trepada em que ela fica com cara de retardada enquanto o cara senta a vara. Não sei como ele não broxou.
testes

1.3.05

O RIO DE JANEIRO CONTINUA HORRÍVEL

Meus pêsames para a cidade do Rio de Janeiro pelos 440 anos de (a)fundação. A gratidão a Estácio de Sá é tão grande que ele virou nome de uma deplorável universidade. Estou preparando uma homenagem aos cariocas, que contará com a participação de vocês, meus ínfimos leitores.

Aguardem...
MAR AFORA

A carteira pra pagar meia entrada é das poucas coisas que sinto falta dos tempos de estudante. Pagar 15 reais em cinema, por exemplo, é uma tremenda facada. Por isso, valorizo cada vez mais os cinemas Odeon e Palácio, cujos ingressos não passam de 8 reais. Ambos ficam no Centro, distantes poucos passos um do outro, mas com programações e público distintos. No primeiro, filmes cults vistos por cinéfilos de carteirinha, intelectualóides, alguns "delicados" até demais. O Palácio é dos filmes pipoca, freqüentado pelo povão.

Essa diferença de público também gera comportamentos distintos. Enquanto no Odeon a platéia é totalmente blasé, no Palácio a interação com o filme geralmente é grande. Foi lá que vi a última parte do Senhor dos Anéis, com neguinho urrando nas cenas de batalha como se estivesse torcendo no Maracanã e implicando com a relação homossexual implícita entre os hobbits. Genial.

Assistindo o sorumbático Mar adentro no Odeon, fiquei imaginando como seria a reação da platéia do Palácio. Para quem não viu, um resumo. Ramon fica tetraplégico ao bater a cabeça no fundo do mar. Sem movimentos abaixo do pescoço, luta na justiça para morrer. Julia, uma advogada com uma doença degenerativa, tenta ajudá-lo. No final, o cara consegue se matar. Típico filme que, além da pipoca, deve ser acompanhado de um lenço, snif, snif...

Pois bem. O sobrinho de Ramon é uma tremenda toupeira. Entre as várias burradas, custa a entender um poema em que Ramon o considera um filho. BURRO, BURRO, BURRO!!! gritariam no Palácio. Rola um clima entre Ramon e Julia e eles acabam se beijando. Nesta cena sublime, um engraçadinho no Palácio gritaria AÊÊÊ, SE DEU BEM HEIN! VAI COMER!!! Nas poucas vezes em que aparece o marido de Julia, alguém mandaria um FALA CORNO!!! Um bispo, também tetraplégico, tenta demover Ramon da eutanásia e acaba levando um baile. AÊ PADRE, SE FODEU!!! VAI COMER CRIANCINHA!!!


Ramon e Julia fumando depois da trepadinha

21.2.05


Parabéns ao Volta Redonda pelo título da Taça Guanabara!

Conquista merecida, ainda mais depois do juiz e do bandeirinha terem invalidado um gol legítimo do Voltaço. Só mesmo o título do VR pra produzir declarações estapafúrdias como a do Túlio (ex-Maravilha):

"O rei do Rio está de volta!"

Além do mais, a derrota do Americano deve ter sido uma pedra do rim do Caixa D'Água.

Mas bem que o Volta Redonda podia ter feito um mascote menos escroto. Imagina quantas crianças ele não deve assustar? Imagina um puto vestido assim na beira do gramado do Raulino Oliveira? Deveria ter um item no Estatuto do Torcedor proibindo a existência do Bolotaço, um nome que mais parece doença no saco.

E pro segundo turno, em quem vocês apostam? Cabofriense? Friburguense? Voltaço de novo? Americano?
TV, A MÍDIA MAIS TRASH

* "Deles e Delas", da Band do Rio, é um dos programas de entrevistas mais constrangedores que eu conheço. Qualquer político que vai lá, por mais sujo que pau de galinheiro que seja, é tratado com afagos. Há uma dupla de apresentadores, normalmente um desconfortável casal da alta sociedade, além de quatro convidados para fazer perguntas ao entrevistado. Para se ter uma idéia, se o entrevistado for um secretário de saúde fraudulento, por exemplo, um dos convidados é o diretor do hospital que mais recebeu verba.

No último domingo, porém, o programa dirigido pelo Leleco Barbosa, filho do Chacrinha, se redimiu (ao menos por um dia). Desenterrou trechos preciosos dos programas do Velho Guerreiro. Tinha Roupa Nova e Sidney Magal magros, Cazuza gordo, Raul Seixas cantando Pluct Plact Zum meio sem vontade (chapado?). Impagável o Pepeu Gomes cantando "ser um homem feminino não fere o meu lado masculino" totalmente glitter, com takes da Roberta Close aparentemente constrangida. Podia ser assim toda madrugada de domingo.

* Faz tempo que o pior da MTV são os clips. É só conferir a parada da emissora. Será culpa da própria MTV, que tem pouco a oferecer, ou a molecada é que não anda bem orientada? Ainda bem que existe o Vídeo Bactéria, programa bem bolado onde basicamente um clip se funde no outro. Hilário, por exemplo, ver o N´Sync cantando e dançando Florentina, do Tiririca. Ou o doente depressivo do Radiohead com a cabeça num pote de vidro enchendo e esvaziando de água cantando Água mineral, da Timbalada. Na tradução também vale constatar algumas letras ridículas, como Yellow, do Couldplay e Californication, do Red Hot.

16.2.05

O carnaval passou, mas se as colunas sociais cheias de assunto falam até hoje da festa momesca, porque eu não posso?

Nada como trabalhar pelo segundo ano seguido no sambódromo, no desfile das escolas de samba que eu tanto aprecio. Tirando a mulherada, para mim o desfile é tão empolgante quanto uma era partida entre Volta Redonda e Cabofriense.

Diferente do ano passado, quando fiquei no oba-oba dos camarotes, enquanto meus coleguinhas de trabalho pegavam chuva na avenida (coitados!), este ano minha missão foi transmitir notícias direto da dispersão das escolas. Menos mal que não choveu.

A partir do momento em que você não é da Globo, as dificuldades são maiores. No final do desfile, uma equipe imensa captura entrevistáveis e os leva para debaixo daquele M da Apoteose, que o Niemeyer se inspirou no McDonalds. Quem não é da Globo tem que ficar esperando ou pegar a migalha que resta. Pra mim, o pior nem foi isso. Entendo que eles botam muita grana ali, investem pesado e fazem um trabalho satisfatório, apesar da narração do Cléber Machado. Uma das repórteres, inclusive, até me salvou de ser atropelado por um carro alegórico, me puxando em direção aos seus acolchoados air-bags. O brabo foi ter que desviar dos olhares suspeitos de "outra" repórter.

Vi muitas rainhas de bateria, louras, mulatas e negras estonteantes, praticamente nuas. Nana Gouveia se apoiou em mim para tirar a sandália enquanto conversávamos. Fiquei hipnotizado com a pele sedosa da Naomi Campbell. Quase perdi a compostura diante da Quitéria Chagas. Mas a mulher mais gostosa com quem eu falei foi...



Vovó Lucíola, 104 anos! A velhinha da comissão de frente da Mangueira era um tesão! Seus seios de maracujá quase explodiam em seu sutiã de tanta sensualidade. Seu rebolado, seu samba na roda, enfim, uma maravilha! A musa do carnaval!

Em segundo lugar, a rainha de bateria da Grande Rio, Suzana Vieira!

Pouco samba no pé, mas muita estria nas pernas...

Não ser leitor da revista Caras ou da Contigo faz falta. Não sabia quem era o fulano da Malhação, o tal mister universo, chamei a modelo Mariana Weickert de Werneck, nunca tinha ouvido falar no estilista Tufi Duek, não sabia o nome da repaginada atriz que fez a Dona Jura. Em compensação, só eu falei o goleiro Kléber, do Fluminense, e com o VJ da MTV Gabriel Moojen, que faz o Mochilão, e com quem troquei umas idéias sobre a bocada que foi viajar para Aruba.

Com algumas pessoas fazia questão de não falar, como o boiola da high society Bruno Chateubriant, Gilberto Barros, o ex-Big Brother não-sei-quem-era. Quase perguntei pra Angela Bismarck se a fantasia dela tinha incomodado a xota, já que antes do carnaval ela havia feito uma cirurgia para tirar uma pele vaginal que a incomodava quando usava a fantasia. Depois do desfile ela foi solenemente ignorada pelos jornalistas.



Presenciei o lamentável episódio da Velha Guarda da Portela. Deu um tremendo aperto no coração ver as lágrimas escorrendo nos rostos provectos. Tinha que fazer alguma coisa, não apenas colher suas tristes impressões. Havia recebido uma porção de vales para gastar no Bob´s. Só de milk shake eram 6! Imagina tomar isso tudo em duas noites! Enfim, quando vi Tia Surita (ou Sukita, sei lá) chorando em bicas, sendo consolada pelo presidente da escola, pela Marisa Monte e pelo Paulinho da Viola, não tive dúvidas. Saquei uns vales do bolso e ofereci: "Toma aí tia Sukita. Vai tomar um milk shake e comer um sanduíche pra esquecer essa tragédia. Só toma cuidado com a dentadura".

A cena mais bizarra, porém, presenciei na apuração. Acompanhava as notas da Unidos da Tijuca, bocejando a casa vez que seus integrantes comemoravam uma nota 10, quando me deparei com um anão. Mas não era um simples anão. Além de ser anão, é fotógrafo! Dá para imaginar as fotos dele? Todas de baixo para cima. Deve ser craque em tirar fotos de genitálias femininas. Soube depois que ele é veterano em coberturas carnavalescas e que acabou se envolvendo em uma confusão, quando um segurança quis dar porrada nele e um outro chegou dizendo "vamo brigar lá fora, tu não vai bater em anão". Taí uma exposição de fotos que eu pagaria pra ver.

FELIZ ANO NOVO!

1.2.05

Fátima Bernardes foi assaltada

GLÓRIA MARIAAAAA!!!!!!

P.S. - fico imaginando se o Rogério Skylab ficou arrependido em não ter lançado a anti-ode à Fátima Bernardes...
Ontem, pela primeira vez o Teste de Fidelidade do João Kléber não deu em traição. Além do cara não ter caído na conversa da atriz-piranha, ainda ficou puto com a namorada. O careca chegou a ameaçar terminar com o relacionamento de três anos, mas no final disse que amava a mulher e tudo terminou em beijos. Comovente!

Não sei se esse teste foi armado para tentar dar alguma credibilidade ao quadro, se é que existe alguma intenção para isso. Motivos não faltam para perceber a armação: ambiente super iluminado, câmera "escondida" que acompanha a putaria, traidor e traída que aceitam ir ao programa pagar mico (e que, apesar do suposto constrangimento da situação, não esquecem de aproximar o microfone da boca para falar).

Para mim o que torna tudo aquilo uma mentira deslavada é o fato do cara não arrancar a calcinha da atriz-piranha e nem ele ficar peladão e partir para a fodelança. Outro dia, um maluco ficou horas se esfregando de calça na fulana e beijando seus peitos ... de sutiã!

Ainda sim, o Teste de Fidelidade é a melhor opção da TV aberta para a molecada punheteira. Bem melhor que aquelas gringas tirando a roupa lentamente no Multishow, de dar sono.

E depois do carnaval, vem o novo Teste. E viva a Rede TV, a rede que mais cresce no país!


Campeonato Carioca, quinta-feira passada. No estádio Godofredo Cruz, em Campos, o Americano vence o Fluminense por 2 a 0. Eu relatava justamente a fatídica partida. Pelo menos, tentava, já que a profusão de rubro-negros ligando para o meu celular (posteriormente desligado) e para todos os telefones fixos à minha volta não permitia.

Tinha viagem marcada no fim de semana para a Região dos Largos com os referidos rubro-negros, justamente quando o mengão jogaria contra a Cabofriense, em Cabo Frio. Além de torcedores do mengão, os referidos rubro-negros têm outra semelhança: ostentam vastas barrigas. Por isso, fundaram a torcida desorganizada Fla-Barriga.

Cabofriense 2 a 1. Nada como ver a cara de bunda de um, o desânimo de outro, sem falar do mané que não quis me encarar depois do jogo e deixou o estádio por outra saída. Só não foi melhor porque o resultado era esperado.

E ainda tem gente que quer ver o fim dos campeonatos estaduais...