31.12.04

Notícia que os paulistas adorariam ouvir:

AMEAÇA DE TSUNAMI NA NOITE DE REVEILLON EM COPACABANA



Boas entradas e saídas em 2005. Inclusive pra quem for passar a virada na Avenida Paulista. Que inveja!
Getúlio acreano sai da vida para entrar na história... do Acre

Prefeito de cidade no Acre se suicida na véspera de entregar o cargo

RIO BRANCO - O prefeito de Jordão, no Acre, Francisco Turiano Farias, de 62 anos, do PP, suicidou-se com um tiro de revólver no ouvido na manhã desta sexta-feira, na cidade de Parauacá, a 390 quilômetros de Rio Branco. A morte foi às 8h (11h pelo horário de Brasília). Farias entregaria o cargo neste sábado ao sucessor, mas descobriu na quinta que não poderia pagar os salários atrasados dos funcionários e os fornecedores antes de encerrar o mandato.

A prefeitura enfrenta uma crise financeira e o juiz da cidade de Jordão, Anastácio Menezes, determinou a sustação do cheque emitido para o pagamento dessas dívidas. O prefeito estava hospedado em um hotel na cidade de Parauacá, próximo a Jordão.
Número de mortos no incêndio em casa noturna de Buenos Aires sobe para 175

Esses argentinos são realmente invejosos. Arrumaram uma tragédia só pra tirar a atenção do sudeste asiático...

28.12.04

Romário finalmente pendurou as chuteiras e anunciou um jogo de despedida no segundo semestre de 2005, no Maracanã. Em cada tempo ele vai usar as camisas do Vasco e do Flamengo. Gostei. Pelo pouco tempo que passou no Fluminense, Romário entendeu que os tricolores não se misturam com a gentalha.
Acabei de ver na tv a propaganda do show do Roberto Carlos num cruzeiro. Fiquei imaginando se o navio tomasse uma tsunami. Será que a perna-de-pau do Rei boiaria?


Bicho, são tantas ondulações, ehehe
Como uma onda


Nada do que foi será
Igual ao que a gente viu há um segundo


25.12.04



Então é Natal, e o que você fez?
O ano termina, e nasce outra vez.
Então é Natal, a festa Cristã.
Do velho e do novo, do amor como um todo.
Então bom Natal, e um ano novo também.
Que seja feliz quem, souber o que é o bem.
Então é Natal, pro enfermo e pro são.
Pro rico e pro pobre, num só coração.
Então bom Natal, pro branco e pro negro.
Amarelo e vermelho, pra paz afinal.
Então bom Natal, e um ano novo também.
Que seja feliz quem, souber o que é o bem.
Então é Natal, o que a gente fez?
O ano termina, e começa outra vez.
E Então é Natal, a festa Cristã.
Do velho e do novo, o amor como um todo.
Então bom Natal, e um ano novo também.
Que seja feliz quem, souber o que é o bem.
Harehama, Há quem ama.
Harehama, ha...
Hiroshima, Nagasaki, Mururoa...

21.12.04

Já que o Flamengo não foi rebaixado, a melhor notícia do final de ano é esta:

Globo lança em janeiro DVD com melhores momentos do humorístico 'TV Pirata', marco da televisão

E mais: No Multishow irão ao ar episódios completos. Serão dois capítulos por semana, às quartas e sextas, ao meio-dia e às 17h30, a partir de 5 de janeiro. No mesmo horário, TV Pirata se revezará com Armação Ilimitada, às terças e quintas.

E ainda acham que vídeo cassete já era. Não é, Barbosa?



"BARBOOOOOUUSA"


Não sou daqueles nostálgicos deprimentes dos anos 80, que suportam o desconforto de calçar um tênis allstar só pra fazer tipo e sonha com uma máquina do tempo pra voltar praquela década. Mas para mim, um apreciador da mais refinada cultura trash, é a década que mais material tosco produziu. Até porque o distanciamento favorece uma profunda análise política-socio-econômica. Enfim, antes que isso vire mais um livro sobre a chamada década perdida, os convido para uma noite de pura diversão.



É na Barra, mas vale a pena...

17.12.04

Assalto e morte em shopping na zona norte
RIO - Um assaltante invadiu uma joalheria dentro do NorteShopping, em Del Castilho, na zona norte, um dos mais movimentados do Rio. Um segurança, sargento da Polícia Militar, levou dois tiros e morreu. Segundo as primeiras informações da polícia, dois bandidos fugiram, levando uma jóia e uma arma, que seria do segurança.

E aí? Vai dar mole fazendo compras de Natal nos shoppings lotados e perigosos? Compre pela internet o melhor presente de amigo (e também inimigo) oculto e receba na comodidade do seu lar!


TORCIDA

As combinações para o Flamengo ser rebaixado:

Derrota para Cruzeiro, em Volta Redonda
- 51 pontos, 12 vitórias

Atlético-MG vence São Caetano, no Mineirão
- 53 pontos, 12 vitórias
Criciúma vence Coritiba, no Heriberto Hulse
- 52 pontos, 14 vitórias
Vitória vence Ponte Preta, no Barradão
- 51 pontos, 14 vitórias

Como está:

18º Flamengo - 51
19º
Botafogo - 50
20º
Atlético-MG - 50
21º Criciúma - 49
22º
Vitória - 48
23º
Guarani - 46
24º
Grêmio - 39

Como vai ficar:

18º Atlético-MG - 53
19º Criciúma - 52
20º Vitória- 51
21º Flamengo - 51
22º Botafogo - 50
23º Guarani - 47
24º Grêmio - 40

Ah, sim, o Botafogo perde pro Atlético-PR e vai cai de novo. E vai dar um melancólico empate sem gols entre Guarani x Grêmio.

16.12.04

O Globo On Line: Vencedor do Prêmio Vila Mimosa de Jornalismo

Leia atentamente a notinha das 20h00m...



O matutino dos Marinho, aliás, vem fazendo uma campanha de Natal de péssimo gosto. Para convencer seus leitores a darem assinaturas de presente de final de ano, colocaram seus colunistas dentro de caixas. Você desembrulha o presente e dá de cara com o Artur Xexéu ou com o Joaquim Ferreira dos Santos... Uma sensação absolutamente desagradável. Parece que tentaram produzir esta infâme peça publicitária com a Cora Ronaí, mas faltou papelão para produzir a caixa...

Tão duvidosa quanto, foi a promoção do Jornal do Brasil. Recortar selos e colar em cartela é coisa de jornal de pobre. Mas o JB fez uma adaptação, digamos, aceitável. Em vez de trocar por jogo de panelas ou CD´s de salmos do Cid Moreira, vão sortear bolsas de estudo de um cursinho pra estudar e passar no almejado concurso público. Ótima opção, até porque empregos em empresas privadas não têm a menor estabilidade, vide o próprio JB.

Fiquei dois anos sem emprego e durante esse tempo várias pessoas me aconselhavam a fazer prova pra concurso público. Até fiz algumas, mas não estudei direito e acabei não passando. Na verdade, eu e o burocrático trabalho público somos heterogêneos. Enfim, mas com essa promoção do JB eu resolvi dar outra chance. Juntei os selos e colei bonitinho na cartela. Mas faltava uma última coisa. Responder a pergunta "Por que o Jornal do Brasil é o melhor jornal do Brasil?". Estava com a caneta na mão, olhando paraquelas linhas em branco. Aí lembrei da coluna da Hildegard Angel, da coluna da Antônia, da coluna da Marcia Peltier, da coluna Gente, da revista Glam, do caderno H, da revista Vida...

Melhor continuar no meu empreguinho instável. Ganho mal mas me divirto.
Veja que comparação cruel.

No final da década de 70, a atriz Briggite Bardot adotou um bebê foca. Como diz uma música do Casseta & Planeta, devia ser por falta de piroca.


No final de 2004, a jornalista Cora Ronái adota uma capivara.


Os tempos mudam, mas os motivos são os mesmos.
Uma amiga me mandou esse e-mail achando que era a minha cara. Sei não, tá mais a cara desse Papai Noel...



Kerido Papai Noéu:
Eu queria ganhá um joginho espasiau de prezente de natau...
Tenho cido um boum minino neste ano.
Ti adoro, Marco.

Querido Marco:
Sua ortografia é excelente!!!
Parece um índio escrevendo...
Definitivamente terá uma brilhante carreira na vida...
Como auxiliar de pedreiro!!!
Tem certeza que você não prefere um livro de português?
Quanto ao joguinho espacial, darei ao seu irmão, pelo menos ele sabe escrever!!!
Um abraço, Papai Noel

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

Querido Papai Noel:
Não sei se você pode, mas gostaria de ver meus pais juntos outra vez este ano.
Com amor Julia.

Querida Julia:
E o que você quer garota?
Que eu arruíne a relação de seu pai com a sua secretária?
Deixe ele se divertir com uns seios de verdade!!!
Melhor te dar uma Barbie...
Papai Noel

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

Querido Papai Noel
Tenho sido uma boa menina este ano.
A única coisa que peço é paz e amor para o mundo...
Com amor, Sara.

Querida Sara:
Você anda fumando maconha?
Papai Noel

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

Querido Papai Noel:
Poxa, fazem 3 anos que venho pedindo um caminhãozinho de bombeiro e nada...
Por favor vê se desta vez você me traz um!!!
Obrigado, Luís.

Querido Luís:
Seus pedidos já me encheram o saco!!!
Outra coisa ... não é "fazem 3 anos"... cacete, não aprendeu ainda?
Use sempre "faz 1 ano"; "faz 3 anos"; "faz 2.000 anos".
O verbo fazer no sentido de tempo não vai no plural ... ah deixa prá lá ..
Mas enfim, desculpe-me por favor.
Quando você estiver dormindo, incendiarei a sua casa.
Assim terá todos os caminhões de bombeiros que sempre desejou!!!
Papai Noel

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

Querido Papai Noel:
Quero uma bike, um nintendo, um computador, uma caixa de lego, um cachorrinho, um ponei e uma guitarra.
Com carinho, Tibúrcio.

Querido "T I B Ú R C I O":
Mais alguma coisa???
Quem foi o infeliz que te deu esse nome?
Huahuahuahuahua!!!
Na verdade você não quer porra nenhuma não é mesmo?
Porém tenho uma sugestão...
Por que você não pede um nome novo?
Papai Noel.

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

Querido Papai Noel:
Deixei embaixo da árvore de natal umas rabanadas para você e cenouras para as renas.
Um beijinho, Susane.

Querida Susane:
Rabanadas me dão diarréia, e cenouras fazem minhas renas peidarem em minha cara...
Quer me agradar sua puxa-saco?
Ao invés de porcarias, ponha uma garrafa de Chivas, uns Toblerones e convença a sua mãe a se pôr com aquela lingerie transparente que ela usa com o padeiro.
Um beijão, Papai Noel

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

Querido Papai Noel:
Como diz aquela canção: "Venha velhinho, de noitinha, quando durmo meu soninho..."
Espero você Noelzinho!!!
Te adoro, Jéssica.

Querida Jéssica:
Como você é ingênua!!!
Bom saber, pois este ano vou assaltar a sua casa!!!
Papai Noel

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-

Querido Papai Noel Por favor!!!
Por favor!!! Por favor!!! Por favor!!!
Dá um cachorrinho pra mim!!!
Por favor!!! Por favor!!! Por favor!!! Por favor!!!
Com imploração, Juninho.

Querido Juninho!!!
Esse tipo de imploração funciona melhor com os seus pais, já que você é adotado (ops falei!!! agora já era) e eles te toleram demais...
Já comigo não funciona...
Comigo o buraco é mais embaixo...
Pare de ser mala!!! Vou te dar mais outro pijama!!!
Papai Noel (Hehehe)

8.12.04

PREMIO BRASIL OLÍMPICO

* O tapete vermelho estendido nas escadarias do Theatro Municipal serviria para receber os astros do esporte no Prêmio Brasil Olímpico. Mas o pedaço de pano foi encharcado pela chuva que caiu no início da noite de terça-feira...

* Muita gente, como o jogador de vôlei Giba, chegou encharcado e reclamando que sua maconha havia molhado no caminho de seu carro até o Theatro. À tiracolo vinha a esposa, a romena loura Pirv, cujo rosto esquisito e corpão de jogadora de vôlei lembra a Cicciolina...


Giba recebe o Troféu Bagulho

* A maioria da mulherada estava enfiada em vestidinhos pretos. Ombros largos, pernas torneadas, corpos sarados. E ainda representam o Brasil! Não são nada daquilo que o Gabriel o Pensador chama de loura burra. Fora das piscinas, Joanna Maranhão, por incrível que pareça, estava mais insinuante que a Mariana Brochado. A ginástica rítmica parece brincadeira de criança, com menininhas inocentes jogando seus bambolês, bolas, arcos e fitas no ar. Mas os corpinhos delas nada têm de infantis...


A ex-nadadora Maria Lenk recebe o Troféu Dercy Gonçalves.
E pensar que a Mariana Brochado vai ficar assim...


* Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB, não veio por causa de uma cirurgia no coração. Em seu lugar estava a filhinha dele, que até que dá um bom caldo...


Filhinha do Nuzman. De matar o papai do coração.

* Os apresentadores da cerimônia foram os repórteres Tino Marcos e Glenda Koslowsky, a última meio insegura e que acabou sendo levada a cometer duas gafes pelo teleprompter. Primeiro, anunciou o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, mas quem apareceu foi um tiozinho que não se sabia quem era. Depois, chamou o presidente da Confederação Brasileira de Tênis, Nelson Nastás, que horas antes havia sido despejado por ordem judicial da presidência da entidade...

* Atletas de cada modalidade olímpica ganharam prêmio. Teve até troféu para a melhor do softbol. Em primeiro lugar, para muitos que não sabem, softbol é uma espécie de beisebol para mulheres. Fazendo uma comparação musical, trata-se de um esporte tão conhecido e admirado quanto o indie/college rock. Cada ganhador era chamado e subia ao palco. A maioria acenava para a dupla de apresentadores, recebia o troféu, posava para fotos e caía fora. Mas a japa melhor do softbol, além de estar trajada como se estivesse na Rua das Pedras, em Búzios, passou direto pela dupla, pegou seu troféu como se fosse um cocô e saiu em disparado...

* Patrocinadores foram premiados e a TV Globo foi ecolhida melhor veículo de mídia. É evidente que por ter mais grana, a emissora pode oferecer uma cobertura esportiva melhor, apesar do Cleber Machado. Mas apoiar o esporte também é divulgar as marcas que o apoiam. E aí fica difícil aceitar os superclose da Globo nos rostos dos atletas para que não apareçam bonés e camisetas das marcas...

* O grego Polyvios Kossivas, que desgrudou o padre irlandês do Vanderlei Cordeiro de Lima na maratona de Atenas, estava em um camarote com a família, já meio de saco cheio da festa. Lá na frente, na primeira fila, estava o Vanderlei, ao lado do Robert Scheidt, também de saco cheio da ladainha da festa e de Torben Grael e sua senhora, com as coxas expostas. Também na primeira fila estava Marcelo Ferreira, o gordo companheiro de Grael, preocupado com as manjadas dos marmanjos nas pernocas de sua senhora...


Muita gente não sabia, mas o ex-padre irlandês estava
e ainda tirou uma foto com o grego Kossivas!

* Francisco Carvalho, o Chiquinho da Mangueira, secretério estadual de esporte, foi merecidamente vaiado quando subiu ao palco para receber um prêmio...

* O encontro entre Kossivas e Vanderlei foi dos mais emocionantes. O púbico aplaudiu de pé, assim como a premiação de Clodoaldo da Silva e Ádria dos Santos como melhores atletas paraolímpicos. Clodoaldo, de terno e gravata e muletas, parecia com aquele cara do "Quem vai ficar com Mary"...


Ádria Santos e Tucker, digo, Clodoaldo

* Acabado o prêmio, o povo se debandou, deixando meia-dúzia de gatos pingados ficou para o show da Simone. Só as jogadoras da seleção feminina de futebol ficaram. E a Simone nem cantou Então é Natal...

* No sub-solo do teatro, em um salão decorado de azulejos com motivos egípcios, caixas de champagne Mumm e uísque Ballantines se amontoavam. Um batalhão de cerca de 70 garçons esperavam a hora da galera ir embora. Como deve rolar grana no COB...

* Os três pontinhos no final de casa trecho são uma homenagem à Hildegard Angel, a rainha do colunismo social...
Eu hoje acordei com vontade de ouvir o Acústico do Engenheiros do Hawaí.



Ainda bem que a vontade passou...

1.12.04

Skylab com cortes - matéria de capa do Caderno B do Jornal do Brasil - esse cara que escreveu é bom...

Para quem for ao show, aconselho se embebedar antes em outro lugar, já que o chopp do Teatro Odisséia custa 2,90.

É GUERRA!!!

É GUERRA!!!


30.11.04

Uma careta na Copa da Maconha

Nossa, isso é mil vezes pior e mais engraçado do que São Tomé das Letras.
Sra. Skylab

Depois de ceifar dois hits instantâneos do último disco por orientação de advogados - Câncer o Cu e Chico Xavier e Roberto Carlos - Rogério Skylab voltaria ao quinto disco com uma nova bomba: Fátima Bernardes. Um trecho:

Fátima Bernardes investe tudo
Fátima Bernardes com arroz la grega
Fátima Bernardes é vagabunda
Fátima Bernardes tem caderneta

GLÓRIA MARIA!!!!

Fátima Bernardes cheirando cola
Fátima Bernardes com a pica dura
Fátima Bernardes experiência
Fátima Bernardes também é cultura

Segundo o Skylab, a música é uma critica a neutralidade com que as notícias são dadas pela imprensa. Os riscos de tomar uma trolha estavam tomados, mas eis que surgiu a revista Outra Coisa para distribuir Skylab pelas bancas deste Brasil varonil. Sem Fátima Bernardes.

Fátima Bernardes ficou para o show de lançamento, nesta quarta, no Teatro Odisséia da Lapa, assim como os hits proibidos, os trejeitos tresloucados, as dancinhas escalafobéticas e os ataques a facão, enfim, o grotesco na mais pura essência.

Aliás, uma coisa que não teria preço: ver a reação da Fátima Bernardes ouvindo essa música.

P.S. - Pelo ritmo, o décimo disco de Skylab, que ele pretende que seja o último, só deverá ter as proibidonas. Então, depois de lançá-lo é mudar de identidade (ou de sexo) para não ser processado e virar um ser foragido da justiça. Ou então se matar...

29.11.04

VIVA!!!

Depois de meses fora do ar, está de volta o site da família carioca!!!

Lamentável que na comemoração do Dia das Mães só tinha filho da puta...
Notícia importante do mundinho publicitário

LN Comunicação conquista conta das Balas Juquinha
A LN Comunicação acaba de conquistar a conta das Balas Juquinha, dirigida por Giulio Sofio. A empresa será atendida pela jornalista Lúcia Nunes. Com quase 60 anos no mercado, as Balas Juquinha são líder na exportação de candies.


Fonte: Comunique-se, o portal dos jornaleiros

Líder na exportação de que? Um puto que escreve candies no lugar de doces só pode gostar de chupar um dick e dar o ass.

24.11.04

Revista F.

Será a volta dos bons tempos do Chiclete com Banana? A conferir.


Ontem tive um pesadelo dos brabos. Sonhei que era jogador do flamengo, deste mesmo flamengo que apela a Zagallo para não ser rebaixado. Como todo sonho, me lembro apenas de algumas partes. Em uma delas, estava dentro de uma espécie de jaula, com outros jogadores, protegido dos torcedores. Estávamos lá eu, Felipe, Júlio César, Zinho e cia. Em um momento bradei que Felipe era um craque, que não poderia passar por aquilo. Saímos da jaula e fui escolhido como representante dos jogadores para receber um passe de torcedores macumbeiros. Falava para eles: "benze a perna esquerda que eu sou canhoto". Eu era o ponta-esquerda do time.


O Flamengo está em 21º lugar, com 46 pontos, e segundo o site Infobola, tem 52% de chances de ser rebaixado. Os próximos jogos são contra o Palmeiras e São Paulo, fora de casa, e Coritiba e Cruzeiro, em casa. Vamos torcer.

23.11.04

SÃO, SÃO, SÃO, SÃO
SÃO, SÃO, SÃO, SÃO TOMÉ!!!

São Tomé das Letras é a típica cidade na qual eu nunca iria por vontade própria. A tríade maconha-misticismo-cachoeira não me atrai nem um pouco. Até gosto de cachoeira, mas a impossibilidade de ver o fundo do rio e dar de cara com um pedregulho me incomoda. Demorei a responder o convite de um grupo de amigos. Decidi ir, depois voltei atrás, até finalmente me render. Já havia passado por isso quando fui a Búzios pela primeira e única vez, há três anos. Cidade legalzinha, com boas praias. E até que playboys e argentinos não incomodam tanto. Mas nunca tive vontade de voltar.


A camisa ideal para ir a São Tomé

A primeira impressão ao chegar em São Tomé é dúbia. De um lado, o tremendo visual da serra. Do outro, um pedaço da cidade que parece uma favela, além de um clarão onde as pedras são extraídas. Com a exploração da cidade, o volume de água das cachoeiras diminuiu. Fala-se em aparição de ET´s, duendes, mas isso depende do que você tomar. Dizem que um grupo do exército (ou dos bombeiros) percorreu a gruta do Carimbado durante três dias sem achar o fim. Ela daria Matchu Pichu, no Peru. Lorota, já que na altura dos 200 metros ela fica estreita e nenhum ser humano passa.

A trilha sonora de São Tomé é Raul Seixas. Em qualquer lugar que se vá ecoa a música do Maluco Beleza. Um saco. Muitas pessoas acham que estão nos alucinógenos anos 70 ou vivendo em uma Sociedade Alternativa. Podem apelar para a Fundação Harmonia, um lugar de bitolados que junta tudo quanto é religião numa seita. Tem disco voador, incas, caboclos, índio, presépio, buda... Como tudo nesse mundo é lucro, a parada final da visita guiada é um quiosque com produtos esotéricos, com direito a vendedora contando a história da criação do mundo através de uma mandala - destaque para a parte em que a mandala vira um disco voador, momento em que apelei para as forças astrais para não explodir de rir. O lugar tem até pousada, mas acho que acabaria sendo expulso de lá (apesar de achar que entre a galera da comunidade role a maior fudelança).

Mas foi à noite, num frio acachapante e em volta de muita fumaça, que presenciei o momento mais tosco da viagem: Ventania, o astro da cidade. Barba e capuz de hobbit, este Raul Seixas de quinta categoria canta músicas que falam de cogumelos, maconha, viagens sem rumo. A galera lota o precário Bar do 2 para entoar junto coisas como "Louco louco loucumelo, Louco louco loucumelo, cogumelo de zebu / Zebu morreu, ele se fudeu, o cogumelo é meu". Em outro hit, "O diabo é careta", Ventania morre e vai para o inferno (é claro), onde oferece um fumo para o capeta, que surpreendentemente recusa.

Ventania

No pé do Bar do 2 está a subida para a pirâmide, uma casa de pedra abandonada, ponto ideal para ver o nascer e o por do sol. As nuvens passam perto - a cidade está a 1440 metros de altitude, a terceira mais alta do país - quase dá para tocá-las (mais uma vez, depende do que você tomar). Se você ainda acredita que pode alcançar uma dimensão sobrenatural, vá logo a São Tomé antes que ela seja toda fumada.

12.11.04

Pra que servem articulistas de política internacional, doutores em relações internacionais da PUC, pensadores da causa israelense, defensores da Palestina, se temos ela!


"Arafat lutou pela criação do Estado de Israel..."

Certo mesmo foi a escolha dela para a campanha contra o câncer na próstata. Só faltou chamar o Rogério Skylab para cantar "Qual a diferença entre eu, Ana Maria Braga e Mário Covas? Câncer no cu, câncer no cu"

8.11.04



Não durou nem um mês em cartaz O Âncora - A Lenda de Ron Burgundy.O filme do Will Ferrell, do Saturday Night Live, começa bem bobão, com piadas que só americanos acham graça. Mas, lembrando Quem vai ficar com Mary?, tem cenas geniais com o cachorro, como as do diálogo dele com o urso. Vale o preço do aluguel na locadora.

E deixo aqui o meu agradecimento ao jornal da família Marinho, que me permite ir ao cinema pela metade do preço graças ao cartão de assinante deste tão prestigioso diário. Tem suas limitações, é claro. Como só poder usufruir deste direito às segundas-feiras no Cinemark. Nos filmes do circuito Estação o desconto rola todos os dias, mas normalmente só os mais filmes chatos entram na lista. Mas é uma mão na roda pra mim que não sou mais vagab..., digo, estudante, e não sou criticuzinho de cinema.

E falando em Cinemark, hoje tem promoção de 2 reais pra ver filme brasileiro. Xuxa Abracadabra, Sexo, amor e traição, Olga, Sonho de verão. Só coisa boa... Pra aguentar tanto tempo sentado, só sendo fã do Cazuza.

7.11.04

Se o Jornal do Brasil fosse um time de futebol ele seria o América. Já foi um grande clube, hoje está falido e abriga em seu limitado elenco jogadores em fim de carreira que não têm espaço em outros clubes (como a Hildegard Angel). Mas às vezes revela um grande jogador, que não demora muito, é contratado por um grande clube. A revelação da vez é a coluna do Ulisses Mattos. 1001 Polegadas, sobre televisão, já está no ar faz algum tempo na revista Domingo. Só falta vir algum time grande para contratá-lo.

Aprendiz de milionário

Em uma parceria com o canal People + Arts, a Record está levando ao ar uma versão brasileira do reality-show O aprendiz. Para quem não conhece, o programa original mostra jovens executivos disputando a chance de trabalhar durante um ano nas empresas do milionário americano Donald Trump, que aparece a cada episódio, cheio de pose, para eliminar um dos candidatos e mostrar um pouco de sua vida luxuosa. A participação do folclórico magnata foi a chave do sucesso da atração. Trump adora aparecer, e se vangloria de ser dono de cassinos e até de uma torre em Nova York que leva seu nome. A tarefa de escolher um equivalente a Trump para o programa brasileiro foi sem dúvida um grande desafio. Infelizmente, um desafio perdido.

O apresentador convidado para a versão nacional de O aprendiz foi o empresário Roberto Justus, que nem de longe tem o carisma ou a grana de Trump. Presidente do grupo NewComm, o publicitário se tornou conhecido do público não por ser podre de rico, mas por ter vivido romances com as apresentadoras Adriane Galisteu e Eliana. Justus tem um cabelão vistoso, é verdade, mas só se tornou famoso por associação, não por esforço próprio. E nunca se testou a popularidade do sujeito pra valer. Assim, o programa corre o risco de se estabacar no ibope. A não ser que Justus fale um pouquinho de seus relacionamentos antigos com as apresentadoras no meio do programa.

Mas quem seria a pessoa ideal para ocupar o lugar de Donald Trump em O aprendiz brasileiro? Silvio Santos, é claro. Milionário, famoso e carismático, o Homem do Baú não deixaria nada a dever a Trump. E, pelo histórico de Silvio, que pegou a fórmula do Big Brother e a transformou no estranho e popular Casa dos artistas, sua versão de O aprendiz poderia ser ainda mais interessante. Em vez de uma vaga no SBT, poderia ser posto em jogo seu próprio cargo de dono da emissora e principal apresentador. Entre os candidatos estariam se digladiando Gugu Liberato, Celso Portioli, a filha Silvia Abravanel e até seu imitador da trupe do Pânico na TV, o humorista Ceará. Com o sucesso estrondoso de O aprendiz do Baú, a TV brasileira criaria outras versões.

A Record poderia contra-atacar com O aprendiz da Universal, no qual o bispo Edir Macedo escolheria um novo pastor para chegar à cúpula de sua igreja. A exemplo do programa original, a cada episódio o bispo daria tarefas aos pastores da disputa, como angariar novos fiéis, expulsar demônios das pessoas etc. Com a disputa pela audiência cada vez mais acirrada, não ia demorar para alguma emissora inventar um O aprendiz do tráfico, no qual o líder de alguma facção criminosa da cidade escolheria seu novo braço-direito entre figuras promissoras do mundo do crime, que teriam que passar por provas como batizar bandidos emergentes com nomes originais, tomar morros vizinhos, organizar uma falsa blitz, corromper autoridades e fugir de presídios pela porta da frente. Você perderia algum capítulo?

4.11.04

A mineirada de Belo Horizonte tem um programa imperdível hoje à noite: chopp com MrManson. Pra quem acha as paradas que ele escreve engraçadas, é porque ainda não o viram bêbado.

Aproveitem para comprar das mãos do próprio autor Transpiauí, uma peregrinação proctológica, da minha Churros Editora. O livro foi apontado pela Academia Brasileira de Letras (a mesma que apontou Luana Piovani e Eri Johnson como melhores atores do teatro) como revelação de humor de 2004.

Os detalhes lá no blog do Cocadaboa.

3.11.04

Nem precisa esperar sexta-feira pela Revista Programa do JB pra saber das boas do fim de semana, principalmente no sábado:

Superbrazooka, com DJ Janot, no Teatro Odisséia;

Roupa Nova, lançando o CD acústico, no Claro Hall;

E DJ Wella no Garden Hall, com abertura do Perdidos na Selva.




Pela segunda vez, Bush faz americanos de pato.
Se eu trabalhasse de garçon pro Garotinho arriscaria meu emprego dando uma sacaneada nele. Depois do almoço, daria as opções de sobremesa

Governador, de sobremesa temos goiabada de Campos. Tinha pudim, mas estragou.
Vai Serginho

Hoje à noite São Caetano e São Paulo completam o jogo de quarta-feira passada. Não teria sido mais conveniente se a partida fosse disputada ontem, no dia dos mortos?

Pra homenagear o Serginho, o São Paulo deveria colocar na linha de fundo do gramado do Morumbi uma cruz com o nome do zagueiro. Tipo as que ficam na beira das estradas.

Outra coisa: podiam fazer aquela marcação do corpo do jogador - aquela comum em crimes - no exato local da grande área onde ele tombou.

29.10.04

Trocadilho infame, do tipo do Beto Santos

Banda Celebrare faz show para médicos no Morro da Urca

Banda Cerebelo faz show para neurocirurgiões no Morro da Urca



Aprendiz de Clinton piromaníaco e pedófilo

28.10.04

Piada fácil de humor negro

Partida eletrizante entre São Paulo e São Caetano. Momentos antes do zagueiro Serginho cair no chão, Galvão Bueno dava o seu aval sobre o jogo:

"Haaaaja coração!!!"

E eu não duvido que no domingo que vem, na tosca Mesa Redonda da CNT, o imbecil do Gílson Ricardo faça uma piadinha com o mortinho em campo da Sinaf.

(E o cara tinha que morrer logo quando o Flusão mete 7 a 1 no Juventude? Só pra deixar o massacre tricolor em segundo plano...)

Ei, Papai Smurf, sabe pra onde a gente vai te levar?

Pra ver o Gargamel de Israel!



Arafat tem baixo nível de plaquetas, dizem os médicos

Papai Smurf tá com DENGUE!


26.10.04


Não sei o porquê, mas toda vez que vejo o Roger e a Adriane Galisteu na televisão eu acho que o cara está representando o Fluminense e, naturalmente, a mim.

Daí eu fico prestando atenção no que o cara fala, se vai continuar no Flu ou se vai mudar pra São Paulo, pra ficar mais perto da Galisteu. Daí eu fico notando a coxa e o peitinho dela naquele corpão esguio. Então, eu não sei por qual motivo, eu me imagino comendo a Galisteu...
Os donos mercenários do Jornal do Brasil querem levá-lo para Brasília. Do jeito que a coisa tá, o destino mais apropriado para o cadavérico diário é o Piauí. Acompanhe este agonizante episódio aqui.

22.10.04

VALEU, BAIXINHO!



Quando o Fluminense anunciou em agosto de 2002 a contratação do Romário, fiquei com o pé atrás. Fui conferir ao vivo a sua estréia, no dia 11 de agosto. Eu e mais 70 mil tricolores fomos quase que inebriados ao Maracanã. Lembro bem dos anúncios da Unimed fazendo a irresistível convocação. Dizia aqui no blog o quanto era estranho ver o Baixinho com a camisa tricolor. Mas bastaram dois gols nos 5 a 1 sobre o Cruzeiro, na estréia do Campeonato Brasileiro, pra que eu gritasse pela primeira vez "Romário sinistro!".

Seguiram-se situações bizarras, como a porrada no zagueiro Andrei durante a sova levada pelo São Paulo e o pênalti batido na trave no primeiro Fla-Flu pelo lado bom da força. Aquele era o último campeonato disputado no saudoso sistema de mata-mata - os oito primeiros se cruzavam para decidir o título. No último jogo da primeira fase, o Fluminense precisava vencer a Ponte Preta para se classificar. Final de 1º tempo, 2 x 0 Macaca. A reação veio na etapa final. O Flu empatou e eis que num lance malandro, genial, Romário rouba a bola do zagueiro Marinho e faz o gol da classificação. No dia anterior ao primeiro jogo das quartas, contra o São Caetano, uma bandinha de rock progressivo, se não me engano o The Rush, tentou estragar o gramado do Maraca. Em vão. Quem deu show foi Romário. Marcadíssimo, serviu para Roni e Magno Alves (que saudades!) fazeram 3 a 0. Nunca fui de fazer previsão sobre resultados, mas quando chegava ao Maracanã senti que esse seria o placar do jogo. Semifnal contra o Corinthians, jogo apertado, calor sufocante. Yan lança do meio para Roni, que ajeita de calcanhar para Romário marcar. Quase desmaiei com o bafo quente levantado nas cadeiras. O Flu, com um time horroroso, chegou num improvável quarto lugar.

No ano passado, Romário foi passar um tempo no Catar. Sem fazer gol, embolsou 1,5 milhão de dólares em três meses. O babaca aqui estava na arquibancada, na goleada sobre o Botafogo por 5 a 0, gritando "Fica por favor, Romário é a alegria tricolor!". Quando ele voltou, o Flu começou a descer a ladeira e perigou ser rebaixado. Achava que o Baixinho não resolveria. Mas não. Sua última missão foi livrar o Flu da degola. Cumpriu com gols decisivos, principalmente contra o Coritiba (vitória com ajuda preciosa do Odvan, que estava no Coxa). Pra não sair da rotina, pagou mico ao dar porrada num torcedor que jogou galinhas no gramado das Laranjeiras.

Esse ano, naufragou no Campeonato Carioca ao lado de Edmundo, Roger e Ramon. Passou uma tarde na delegacia por não ter pago pensão, chegou a fazer gol de bicicleta contra o Guarani, mas até eu, romarista convicto, já achava que não rolava mais. Nem a diretoria frouxa aguentou, até um técnico, um ex-jogador do próprio Fluminense que eu nunca tinha ouvido falar, conseguiu peitá-lo. Uma pena ele ter saído assim, mas de qualquer forma, sem título, foi bom pra caralho ter o Romário no time.

Agora entendo porque um colega meu, vascaíno, ia de vez em quando aos jogos do Flu. Uma autêntica "Viúva do Romário". Agora ele deve estar feliz, o Romário vai encerrar a carreira lá. Eu, até segunda ordem, não vou a São Januário...

P.S. - Há umas duas semanas, perambulava pelo shopping Nova América quando dei de cara com uma loja outlet da Adidas. Esbarrei com a camisa 11 da foto acima, o melhor momento do Romário nas Laranjeiras. Ainda não tinha e comprei baratinho, por 20 reais. Relíquia. Ainda restavam duas.

21.10.04


Eu bebo sim!

Hay que a cara encher, mas perder a ternura jamais!
Anticoncepcional será doping a partir de 2005

Piada fácil

Poxa, as mulheres não vão poder tomar pílula nem pro salto com vara?

19.10.04

TV, A MÍDIA MAIS TRASH

* Sensacional o teste de fidelidade do João Kléber de ontem. Pela primeira vez, pelo menos que eu tenha visto, o teste foi entre duas mulheres. Muito melhor do que bitoquinha de novela das 8. O mais hilário foi o marido, dando a maior pinta de boiola.

* Li no jornal que o programa Barros de Alencar está de volta, na Rede TV. Barros é um cantor brega, mais podre que Reginaldo Rossi. Não lembro desse programa, do começo dos anos 80, mas não esqueço uma frase do Arnaldo Antunes, quando os Titãs começavam a carreira: "Íamos no programa do Barros de Alencar e adorávamos ser tratados como lixo".

* O que aconteceria se o Repórter Vesgo - ex-Corvo do programa do Marcos Mion na Band, esbarrasse com o próprio?

* O que é mais apelativo. Um homem armado invadindo o programa da Márcia Goldschit ou a casa a 1 real da Rosinha em Campos, faltando duas semanas pro segundo turno das eleições? O que essa gente não faz pro Pudim não azedar...
Pra que adianta capacete?
COMENTÁRIOS RESGATADOS

Uma correção: esta música do Nico Rezende foi sucesso na voz de ZIZI POSSI. Verônica Sabino cantava uma versão de "Yes, it is", dos Beatles: "Foi um vento que passou/Que te trouxe e te levou..." Em seguida, gravou com Emílio Senta-Em-Algo a versão da canção principal de "O fantasma da ópera", feita por Nélson Motta (sempre ele). Começava assim: "OLha nos meus olhos/Esquece o que passou" e aindacontinha uma heresia: um verso onde Emílio cantava: "Sou teu homem (?)"...
Persegonha

Eu achava que Verônica Sabino cantava aquela música "Perigo é ter você perto dos olhos, mas longe do coração". Realmente, a mulher foi um 0 à esquerda.

Falando em Sabino, não ouvi nenhuma declaração da ex-ministra Zélia Cardoso de Melo, uma paixão, sobre a morte do Fernando. Será que ninguém da imprensa tem o telefone dela em Nova York? Será que ela continua trabalhando como babá? Será que ela confisca a mamadeira dos bebês?

18.10.04

Demorou, mas a Vila Mimosa finalmente virou point dos mudernus.

A Revista do Globo de ontem fez uma matéria sobre uma boate que virou point da galera da Zona Sul, que todas as quintas pinta por lá pra assistir a shows de funk do Mr.Catra.

Pena que as putas não frequentam o Estação Botafogo, o cine Odeon...

COMENTÁRIOS RESGATADOS

Tem certeza disso, Wela ? :-)
rodrigo


Esqueci de especificar que as putas que frequentam estes cinemas não são as da Vila Mimosa, Rodrigo.

15.10.04

Foi só o técnico do Flu, Alexandre Gama, dizer que o Ronaldo Cirarelli superaria Romário na Seleção que...

Acaba a paz no Flu: Romário detona Gama

Ele está falando muita merda, tem que ficar no lugar dele e cuidar do Fluminense. Acho que ele tem que falar em relação ao Fluminense, respeito a opinião dele, mas não ganhou porra nenhuma ainda, então em alguns momentos tem que falar menos e agir mais. Entrou no ônibus agora, não está nem em pé e quer ficar na janela.

É por isso que nessa sexta, na Brazooka trash, vai rolar...


RAP DOS BAD BOYS - Romário e Edmundo




LELELEÔ LELELEÁ
Com bad boys no seu time já pode comemorar

Somos bad boys isso não tem nada a ver
Cante com a gente esse rap que você vai aprender

Esse é o recado dessa dupla bad boy
Eu saí do Jacarezinho
Eu saí lá de Niterói
Romário e Edmundo pede a paz para a nação
Pare com a violência e não arrume confusão

Ah Emundo, sou tetracampeão
Sou Romário bad boy sou artilheiro do Mengão
Sou Edmundo bad boy de Niterói
Fiz a festa lá no Vasco e no Palmeiras sou herói

Jogo bola porque gosto, jogo bola por amor
Meu amigo Edmundo eu vou ser seu professor

Romário meu amigo sou Edmundo Animal
Posso aprender contigo tu é o mestre ideal

Fazer gols é a nossa diversão
E o point preferido quiosque Viajandão
Onde encontro a rapaziada
Tem muito futevôlei e o pagode é da pesada

(é evidente que essa obra prima foi feita quando eles formavam no Flamengo o "pior ataque do mundo, pior ataque do mundo, pára um pouquinho, descansa um pouquinho, Sávio-Romário-Edmundo)

14.10.04

* Fazia tempo que não ouvia o Rock Bola, programa de rádio anárquico-futebolístico da Rádio Cidade. Ontem, o tricolor da mesa Toni Platão, também conhecido como Cássia Eller, vaticinou que o Brasil empataria com a Colômbia em 0 a 0. O motivo: o oba-oba entre os jogadores, que apostavam quantos gols fariam no jogo. Eu nem me preocupei em fazer um prognóstico. Eliminatórias só vale quando é contra a Argentina. Mas quem escala Magrão já entra em campo derrotado.

* Foi uma das raras vezes em que concordei com o Arnaldo Jabor. Kill Bill 2 é bem melhor do que o primeiro. Sem presepadas como pescoços esguichando sangue, nego com as pernas cortadas sobrevivendo. Se o desenho japonês fosse no segundo, daria pra colocar Kill Bill 2 entre os 10 melhores filmes de todos os tempos.

* Amanhã, na canja brega na Matriz, vou fazer uma homenagem ao grande Fernando Sabino tocando o hit de sua filhinha, Verônica: "Perigo é ter você perto dos olhos, mas longe do coração...". PROMOÇÃO! Quem passar na cabine e falar que é leitor do meu blog ganha uma cerveja, por conta do Dj Janot. Encontro marcado?

13.10.04

Vá por sua conta e risco.

BRAZOOKA TRASH/BREGA - 15/10

Nesta sexta, dia 15/10, o DJ JANOT volta a receber o DJ WELLA para uma divertida canja com o melhor (ou pior) da música trash/brega. No resto da noite, muita MPB, sambalanço e rock nacional. Na pista 2, DJ LUCIO K comanda a sua Sambalounge, com raridades 60/70´s.

BRAZOOKA - Hora temática da semana: TRASH/BREGA
Sexta, dia 15/10, a partir das 23h.

CASA DA MATRIZ - Rua Henrique de Novais 107 - Botafogo
(atrás de Furnas, entre as ruas S.J.Batista e Real Grandeza)
Tel: (21) 2266-1014

6.10.04

Vela e Criwella



O último domingo amanheceu chuvoso. Tempo ruim, como a eleição pra prefeito do Rio. Fui designado pelo meu ofício para acompanhar o Bispo Crivella em seu dia eleitoral. Pensei em ir fantasiado de diabo, mas era um risco. Ele poderia gostar. Não lembrava da última vez que havia acordado às 8 da manhã de um domingo. Se eu não nasci pra acordar cedo, imagina num domingo chuvoso.

Às 10 da manhã estava num clube em frente à praia de Copacabana, onde o candidato vota. Lamentei que uma ressaca não avançasse sobre a zona eleitoral. A espera pelo Bispo foi tortuosa. Os coleguinhas se mostravam super preparados. A repórter do SBT me perguntou se o Crivella era senador pela primeira vez e se já havia tentado uma vaga no governo. Vi uma mulher com a marca do candidato costurada no blazer. Pensei que fosse a repórter da Record, mas era assessora dele. Mas a repórter televisiva da Arca Universal estava lá. Constrangida, mas estava.

Uma hora depois, o Bispo e a família chegam andando pela ciclovia, como se tivessem surgido das trevas. Lamentei que naquela hora não estivesse passando uma bicicleta desgovernada. O neto do candidato, um guri louro de dois anos, sensibilizou as repórteres. Um eleitor reclamou que o Bispo havia furado a fila pra votar - explicaram para ele que por lei isso é permitido. Depois de votar, o batalhão de repórteres e cinegrafistas cercou o candidato. Apesar de ter gravado alguns discos, Crivella não fala, sussurra. E como disse o Artur Xexéo, ele não olha pro seu interlocutor, mas talvez pro Espírito Santo. Fui lá eu para trás do candidato pra tentar ouvir alguma coisa. Disseram, inclusive, que eu apareci no Fantásico com cara de bunda. Então, lá vieram as pertinentes perguntas das jornalistas.

"Candidato, confiante na vitória?"
"Sim. E não se surpreendam se eu vencer já no 1º turno".

Na véspera, o Botafogo havia goleado o Fluminense por 4 a 1. Crivella comentou:

"Mesmo com o juiz atrapalhando, o meu Botafogo fez dois gois em cada tempo. Mandou 22!".

Só faltava essa. Ainda tive que aturar o cara sacaneando o meu time. Finalmente um coleguinha pergunta o que eu queria saber.

"O que o senhor achou da decisão do juiz de tirar a Record do ar?"

Crivella acaba de responder outra pergunta. O coleguinha pergunta de novo.

"O que o senhor achou da decisão do juiz?"
"O juiz do jogo?"
"Não, do TRE"

Crivella desconversou e foi deixando o clube. Felizmente, por problemas operacionais, não tive que passar o resto da tarde com o Bispo.

5.10.04

Oportunidade de emprego

Aviso para os jornalistas que não viram o Jornal Nacional de ontem. William Bonner anunciou a morte de Vivian Leigh, d' E o vento levou, em vez de Janet Leigh, de Psicose. O jornalista se retratou, explicando que Vivan foi levada pelo vento faz tempo. E no final do jornal, Bonner fez com o responsável pelo erro o mesmo que Norman Bates fez com Janet, no filme do Alfredo Ritcóc. Vaga aberta no minguado mercado jornaleiro.

1.10.04

Léo Jaime faz show de graça no Rio
RIO - O cantor e compositor Léo Jaime apresenta sucessos da carreira como "As sete vampiras", "A fórmula do amor", "O pobre", "Gatinha manhosa" e "Nada mudou" - hits nos anos 80 - e novas canções na próxima terça-feira, às 19h, no Shopping Nova América, em Del Castilho. A entrada é franca.


Fiquei de falar sobre uma curiosa exposição que já saiu do Centro Cultural Banco do Brasil, Geração 80. Raramente vou numa exposição de artes prásticas, até porque essas porras pouco me dizem. Como o nome sugere, eram obras feitas por artistas da década de 80. Algumas coisas chamavam realmente a atenção, como um fusca de latéx capotado e um cavalo de metal com uma lâmpada cumprida no lugar da cabeça. Fiquei pensando como o sujeito pode pensar em fazer uma porra daquela. Mas só agora, uma semana depois da morte do Escadinha é que me dei conta. As drogas que ele fornecia pra essa galera das artes eram realmente das melhores!

Ontem, em frente ao prédio Avenida Central na Rio Branco, um coroa e uma mulher passavam do lado de uma moto kawasaki, estacionada na calçada.O coroa comentou, com um ar de quem conta história de terror:

- Essa moto é igual à do bicheiro que morreu!

Ele se referia ao Maninho, morto quando saía de moto da academia.

Os dois apressaram o passo, provavelmente temendo que surgisse alguém atirando na moto.

28.9.04

Trote do trote do trote?

Já viram isso?? Google vai processar site brasileiro por plágio O Google vai processar o site brasileiro Cocadaboa por plágio. O maior site de buscas do mundo acusa o Cocadaboa de lançar um produto com as mesmas características, nome parecido e o mesmo layout do Orkut, seu mais recente sucesso mundial. O "Sexkut" foi lançado pelo site brasileiro como um trote e, devido ao sucesso, seus criadores resolveram implantar o serviço. Em vez dos relacionamentos, como o Orkut, no sexkut os participantes buscam apena sexo causal. "Sabemos a diferença entre paródia e plágio. Enquanto era uma brincadeira, enquadrava-se em paródia. Mas, no momento em que eles lançam o produto comercialmente, estão comentando plágio.", disse a porta-voz do Google, Eileen Rodriguez.

Fernando Ribeiro
A galera muderna da revista bala gostou do meu texto do Acústico do Roupa Nova e botou lá no site. Que estranho. Será que o Roupa Nova vai virar cult, que nem os desconfortáveis tênis All Star? Imagina, daqui a pouco vai ter nego saindo dos cinemas do Estação Botafogo e indo direto pro show do provecto conjunto. Ou então, o som da banda vai animar as festinhas da Casa da Matriz... Pelo menos é muito melhor do que esses sonolentos roquezinhos indies.

27.9.04

Depois do Telecine Pipoca, só com filmes dublados, a Globo vai lançar um canal gay erótico. Deverá se chamar Telecine Piroca.

Falando nisso, por que será que o Miguel Falabella pede no comercial do Unibanco um travesseiro cilíndrico de pena de ganso?


"O chifre atrapalhou", admitiu Júlio César a amigos mais próximos, sobre a retumbante cagada que deixou o Flamengo mais perto do REBAIXAMENTO.
O basquete nas Para-Olimpíadas é engraçado... Quando o jogador anda, o juiz não dá falta... Dá milagre! - Adaílton Persegonha

E eu não sei como a Angola não é uma potência paraolímpica.
Ontem Hoje foi dia de São Cosme e São Damião, também conhecido como dia nacional do atropelamento de crianças. Como a data caiu no domingo, ainda hoje há criancinhas correndo atrás de doces nas ruas. Aí eu fiquei pensando como este dia deve ser horrível pras criancinhas diabéticas. Poxa, isso acabou com o meu dia...

23.9.04

Porrada nos caras que não fazem nada.

Neste momento, os bancários realizam assembléias em todo o país para decidir sobre os rumos do movimento. Em São Paulo, houve conflitos hoje pela manhã entre policiais militares e sindicalistas na agência da Nossa Caixa, da rua XV de Novembro, no Centro. Segundo relatos dos sindicalistas, houve atuação de tropas de choque e teriam ocorrido agressões. Duas pessoas foram levadas o 1º Distrito Policial e depois liberadas. Os bancos estão recorrendo à justiça para obter garantia do funcionamento de suas agências, com a presença da polícia militar. A greve continua amanhã. Segundo balanço do Sindicato dos Bancários, hoje houve paralisação em 329 agências da Capital, Osasco e Região, com grandes concentrações no Itaú e no Sudameris.

Oportunidade

Um acidente de ônibus em Erechim, no Rio Grande do Sul, matou 16 crianças ao cair no rio. Catorze sobreviveram ao escapar nadando.

Ou seja, no dia seguinte, deve ter aumentado bastante o número de matriculados nas escolinhas de natação.

O Escadinha morreu. É bom lembrar que não se trata do jogador de vôlei. O Escadinha traficante estava tão fora de cartaz quanto o Roupa Nova. Agora, a pergunta é: qual cineasta vai chorar pela morte do ex-traficante? Será que o João Moreira Salles também tinha planos de filmar a saga do Escadinha?

E o cara era dono de uma cooperativa de táxi. Imagina, mais perigoso que o táxi do Gugu. Mas o que ele deveria ter sido era piloto de helicóptero.


Goste ou não, o Roupa Nova está no inconsciente musical de qualquer um. É só falar no nome do grupo para lembrar de uma música num instalo. E de outra, e de mais uma, até chegar a pelo menos uma dezena. Muito se deve a ajuda das novelas da Globo, é claro, o que não lhes tira o mérito. Sempre foram taxados pelos criticuzinhos como bons músicos, mas que deviam nas letras. Enquanto isso, vendiam pra burro, faziam a trilha sonora das empregadas e de gente que não tinha vergonha de escutá-los. Até a chegada das bandas de pagode, que ocuparam esse nicho. Daí a pergunta começou a ser corrente: o Roupa Nova acabou? Os sucessos escassaram, a Globo não deu mais bola e o que mais saiam eram coletâneas e releituras de hits.

Pois bem. O Roupa Nova nunca parou. Andou até tocando no Faustão nessas últimas semanas. E finalmente lança um disco acústico, projeto acalentado há alguns anos. Pra que esperar pela MTV ou por uma gravadora? Os sete coroas criaram um selo próprio, o Roupa Nova Music, armaram a tenda no Olímpia de São Paulo e mandaram ver. O resultado, se não chega a surpreender com grandes releituras, ao menos comemora com estilo os 25 anos da banda.

Aquelas músicas que foram trilha sonora dos anos 80 estão lá. Dona, Volta pra mim ("eu te amo e vou gritar pra todo mundo ouvir"), Anjo, Meu universo é você, Whisky a go go, Coração pirata e a minha favorita Sapato velho. As três inéditas - Flor da pele, Razão de viver e Já nem sei mais - não empolgam de primeira. Ainda têm as participações de Ed Motta (pra dar um pouco de sofisticação?) e Chitãozinho e Xororó. A gratidão à família sertaneja é reforçada em A lenda, composta por integrantes da banda e estourada na estridente voz de Sandy Júnior (benditos direitos autorais). Nessa, Clarear acabou ficando de fora. Outro hit que também faz falta é Tímida, que pode caracterizar a participação dos violinos. As cordas acabam perdendo espaço para os dois teclados e ficam mais como enfeite do cenário, bem no estilo da MTV.

Pode ser que o Roupa Nova se mantenha apenas com os sucessos que a sua tia adora. Mas certamente estão sendo mais dignos do que bandas como os Titãs, que hoje cantam músicas tão melosas que seriam descartadas pelo próprio Roupa Nova. E no mais, eles ainda servem simplesmente como um sapato velho. Ainda servem se você quiser. (TODO MUNDO COMIGO) Basta você escutar, que aquece o frio dos seus pés...
Sabem qual a semelhança entre eu e o Homem do Baú?


Ambos estivemos em Aruba este ano!

Nota: depois de publicar a foto dos pentelhos da Luana Piovani (poxa, ninguém comentou. Não gostaram?), tinha que compensar com alguma coisa horrível.

21.9.04

Olga foi escolhido pra tentar uma vaga no Oscar

Escroto, mas poderia ter sido pior. Poderiam ter escolhido o filme do Cazuza.

Revisão do FMI? Fala sério! Esse aqui sim, é um desafio do outro mundo pro Lula.

UFOs: LIBERDADE DE INFORMAÇÃO JÁ

Cresce o movimento dos ufólogos brasileiros que pede ao Governo Federal o reconhecimento do Fenômeno UFO como legítimo e abertura de seus arquivos secretos.

Desde abril desse ano a Revista UFO mantém uma campanha nacional de fundamental importância para a sociedade brasileira. É o movimento UFOs: Liberdade de Informação Já, que está em franco andamento e tem hoje mais de 15 mil adesões. A campanha é composta do Manifesto da Ufologia Brasileira, uma carta endereçada às nossas autoridades civis e militares, que requer informações sobre a presença de seres alienígenas no Brasil. Dela resultará um abaixo-assinado através do qual os ufólogos pretendem solicitar ao Governo Federal que libere informações oficiais sobre os UFOs, mantidas em segredo até hoje.
Para conhecer a campanha UFOs: Liberdade de Informação Já,

Greve dos bancários alcança 24 capitais

Os bancários são aquelas pessoas legais, sempre prontas a lhe atender. Quando vou ao banco, fico admirando essa gente, que trabalha duro. Mesmo com 50 pessoas na fila, invariavelmente são apenas dois caixas atendendo, enquanto os outros oito guichês estão vazios. Merecem muito mais do que os 25% que estão pedindo. Pena que os bancários, paupérrimos, só querem dar 8,5%.

Eu apóio totalmente a greve. Inclusive, acho que os bancários deveriam fazer uma manifestação de parar o trânsito. E a polícia baixar a porrada neles.

Como diria aquela ex-banda em atividade, bonificações para os bancários, congratulações para os banqueiros. Porrada! Nos caras que não fazem nada.

20.9.04

Uma semana depois de atropelar os flavelados e dois dias após o triunfo sobre o Criciúma, nada melhor do que saborear a crônica de Cláudio Lampert, no Epinion. Abaixo, o melhor trecho.

(...) Para tudo nessa vida deve haver exceção. Aposentei deus por completo. Há anos não faço o sinal da cruz. Não gosto de padre. Não gosto de madre. Não digo amem à porra nenhuma. Nada, nada, nadinha. Sou um buraco, um laje, um descrente.

Mas a exceção permaneceu viva. Existe um segmento onde sinto cheiro, onde pressinto, onde me ajoelho. Onde peço e prometo. Onde pago e cumpro e arrisco e me destruo. Onde acredito num Deus perverso, que dá as cartas e decide sempre em favor daquele que fez o dever de casa correto, que cumpriu à risca sua missão, sua rotina. Aquele que levou a sério. Que não foi lá se divertir, rir, bater papo e dar gargalhada.

A Young Flu não é lugar de galhofa. O Maracanã não é lugar de divertimento. É lugar de trabalho. E o Fluminense Futebol Clube é, ao lado do curumim, a minha grande razão de viver. As únicas coisas que amo nessa vida por escolha e não por imposição. Não escolhi meus pais, minhas irmãs, avós, pátria. Até amigo você não escolhe.

Eu escolhi o Fluminense. E vivo um calvário desde 1973, quando me encantei e me viciei nesse esporte.

Nada é mais bonito que o futebol. Nada supera a visão da rede estufada.

Nada, nada, nada é mais dignificante do que estar atrás do gol, sempre no mesmo lugar, vendo o seu time atacar contra a meta que você guarda.


Tirando a Young Flu, perfeito. Não simpatizo com quaisquer torcidas organizadas, inclusive as do meu time. Fica difícil aceitar a existência de uma torcida chamada "falange rubro-negra". Falange, para quem não assiste o Passa e Repassa, é o coletivo de anjos. No mais, Lampert, a bênção João de Deus. A crônica completa está aqui.

Roubadas

* Então a pessoa, que já tem mau gosto musical, vai assistir ao show da Ivete Sangalo no Claro Hall e ainda fica sem o celular. Seria interessante fazer um levantamento das operadoras dos celulares roubados. De repente, quem não é cliente da Claro deve correr mais perigo. Os clientes da digníssima operadora deveriam ganhar em shows desse tipo abadás do "Bloco da Claro sem assalto" e ficarem "protegidos" por cordas e "seguranças", no pior estilo trio elético. E O Globo ainda tascou a foto de uma mulher na reportagem dizendo que ela era a assaltante, quando na verdade era uma das 20 vítimas. Um creme de alisamento de cabelo para quem acertar a cor da mulher.

* Casal se diz vítima de cárcere privado por mais de 1h em boate no Leblon
Um casal de estudantes registrou queixa contra a direção da boate Bombar, no Leblon. Os dois acusam a boate de tê-los mantido em cárcere privado durante uma hora e meia na madrugada de ontem. Segundo o estudante de ciências contábeis Rodrigo Távora, de 23 anos, e sua namorada, Anne Caroline Souza, de 19 anos, os seguranças da casa impediram que os dois saíssem da boate enquanto não pagassem R$ 70, apesar de eles só terem consumido R$ 21,50. Mais aqui.

Francamente, um lugar com esse nome constrangedor só pode ser roubada.

* Assaltantes de bicicletas, preparem-se. O metrô vai permitir o transporte de bicicletas aos domingos.

* A coluna do Ancelmo Góis diz que o Motel Alicante, na Rua do Riachuelo, no Centro do Rio, colocou na porta uma faixa com a seguinte promoção: Apartamento: R$ 20,00. E embaixo, em letras pequenas: por pessoa. O que fazer sozinho num motel? Bater uma bronha? Levar a boneca inflável? Que eu saiba, a única criatura que vai a motel sozinha é o suspeitíssimo pagodeiro Waguinho, que até hoje não explicou como foi parar sozinho num motel da Barra.

17.9.04

Luana Piovani sem calcinha.



Como diria o Wando, "eu quero me enrolar, nos seus pentelhos..."

Boa punheta.


Ainda não deu pra entender a esse tal Prêmio Austregésilo de Athayde, oferecido pela Academia Brasileira de Letras. A caveira do velho Austregésilo deve estar dando duplo twist carpado no túmulo. Tudo bem que entre os imortais da ABL estão José Sarney e Marco Maciel, e os Robertos Marinho e Campos já vestiram o fardão. Mas sente só alguns dos premiados:

Programa revelação - Cor de Rosa (o da filha do Sílvio Santos)
Melhor programa educativo - Passe ou Repasse
Programa de entretenimento - TV Fama
Apresentador - Clodovil, de A Casa é Sua
Apresentador esportivo - Jorge Kajuru
Apresentador jornalístico - Wagner Montes
Melhor Ator - Eri Johson
Melhor atriz - Luana Piovani
Melhor cantor - Oswaldo Montenegro
Cantora revelação - Preta Gil
Grupo de rock - Titãs

Para ver o tipo de interesse dessa premiação, a relação completa dos vencedores só poderia ser publicada em um site de fofocas. Será que as escolhas foram feitas pelos provectos gagás (acho que não, caso contrário o programa de humor escolhido seria o Zorra Total) Se o negócio tá assim, periga o Transpiauí: uma peregrinação proctológica, receber o prêmio de revelação humorística na literatura.

Falando em cu, pra que dar bola pra prêmio, se a noite teve isso:


Maldita tarja preta!!! Faz algum tempo que a Luana disse que não posaria pelada porque a sua "xoxota não tem preço". Que que tá acontecendo? Desvalorizou? Eu acho que não. Sobre o fato, a própria Luana comenta em seu blog.

Ai que saco! Lá vêm os sites de fofoca contar uma grande notícia para toda a população do Brasil, que eu estava sem calcinha... Grande coisa! Vocês deviam era cuidar da genitália de vocês! E saiba, Cleomir Tavares (autor da foto) , que eu e meu tapa-sexo vamos botar seu nome na boca do sapo!
AS BOAS (?) DO FIM DE SEMANA

Garantia de boas risadas é a Jedicon, congresso de fãs do filme "Guerra nas estrelas", que vai rolar neste sábado e no próximo, no teatro Baden Powell, em Copacabana. Trata-se de um desfile de gente pancada da cabeça, que produz filmes caseiros toscos sobre o tema, promove o insuperável concurso de fantasias e debate sobre temas super pertinentes como as semelhanças entre Star Wars e a Turma da Mônica. E provando mais uma vez que o combalido exército está na merda, a banda de soldados vai abrir o evento tocando trilhas do filme.

Mas cuidado! Não vá lá para rir descaradamente. Você pode ser exterminado por um golpe de sabre de luz.


Bem que os soltados poderiam se vestir assim pra tocar na Jedicon.

A galera que for participar do concursos de fantasias da Jedicon pode ir direto pra Terê fantasy, amanhã à noite. Ali todo mundo se dá bem, até mesmo os fãs lesados de Guerra nas Estrelas. Agora, imagina o débil mental que malhou durante o ano todo só pra chegar sarado na Terê (mesmo que tenha tomado umas bombas, não importa). O cara pega, no baixo, umas 20 vagabundas durante a noite. Imagine também que cada uma dessas 20 vagabundas ficou com, pelo menos, 15 caras. Ou seja, Terê Fantasy é o mesmo que beijar na boca de homem por tabela... E isso pagando 190 reais (mulher paga 130) com comida e bebida liberadas, mas que devem acabar em meia hora. Uma prova de que a Terê Fantasy é realmente fraquinha e que ela chega à 19ª edição sem ter rolado nenhum cafofo no esquema da festa da FGV.

16.9.04

Prestem atenção nessa reforma que a Rosinha vai fazer no Maracanã. No lugar da geral serão colocadas 18 mil cadeiras. O lugar já tem até preço - 5 reais. Só não se sabe se o ingresso dará direito a um capacete. Fico imaginando o monte de saco de mijo que vai "cair" das arquibancadas para as confortabilíssimas cadeiras da geral. Como a visão dos geraldinos é ruim mesmo de pé, o campo será rebaixado 1,20 metro... Rebaixado? Bem, essa obra é pra deixar o Maraca menos pior pro Pan e a pra Copa do Mundo de 2014. Mas acho que, na verdade, ele tá sendo é preparado pra Segunda Divisão do ano que vem, que poderá ter as ilustres presenças de Botafogo, Flamengo e Vasco (sorry, meu Flu briga agora é pela vaga na Libertadores).

15.9.04

Ronaldozinho e Cicaralho só vão se "casar" em janeiro. Seria bom que fosse logo nesse fim de semana. Até lá, haja "notícias" interessantes sobre a cerimônia. Que os dois se "casarão" no castelo de Grayscow, com narração do Galvão Bueno e comentários do Casagrande, que tudo será pago por patrocinadores, que o terno e a chuteira serão feitos pela Nike. Que no altar ele receberá pelo celular da Tim uma mensagem dizendo que a noiva está chegando. (tentei fazer uma analogia com a Cicaralho, mas agora não lembro que produtos ela vendeu). Legal mesmo foi saber que o João Gordo perguntou para Cicaralho o que ela achou de ter pagado mico no Fantástico. A donzela ficou puta e se mandou.

Outro "casório" que poderia ter rolado ontem é o de Angélica e Luciano Hulk, que periga virar uma edição especial de seu programa de tevê. Entre as atrações, vai rolar show do Jota Quest. Gostaria de saber se a Sandrinha e a Dani Bananinha serão as damas de honra e se virão à caráter - biquininho e um discreto véu na cabeça.

13.9.04

Para quem quer ter uma idéia da ilha da fantasia que é Aruba:

Mochilão MTV

Domingo, às 21h e às 06h30
Segunda, às 10h
Quarta, às 21h30
Sábado, às 10h

Nem o apresentador meio sequelado (parece que tá fumado) consegue estragar o programa. Ontem à noite passou a primeira parte. O mergulho de snorkel no navio afundado, as boates, o podrão onde eu comi, a árvore torta que deixaria o Serguei apaixonado, maluco atravessando a rua e os carros parando (sério, isso acontece lá), o folclórico guia turístico Francis Jacobs, um tanto comedido. Os programas originais passam às 21 horas de domingo. O resto é reprise. Imperdível.
Lamentável

Depois da histórica apresentação da originalíssima banda Linquim Parque em São Paulo, o Rio de Janeiro fica fora mais uma vez da rota dos grandes shows internacionais...




Turnê do Village People no Brasil:

7 de outubro: Brasília - Americell Hall
8 de outubro: Belém - Assembléia Paraense
14 de outubro: Porto Alegre - Auditório Araujo Viana
15 e 16 de outubro: São Paulo - Tom Brasil Nações Unidas

Cadê os militantes gays que não fazem nada? Porque em vez de ficarem gastando dinheiro em lobby na Câmara, não se mobilizam e fazem um abaixo-assinado pra esse bizarro e antológico show rolar também no Rio?

Lembrei de um comercial recente que compara três grandes cidades dos Estados Unidos com três do Brasil. As cidades trabalhadoras - São Paulo e Nova York; as cidades do poder - Brasília e Washington; e as cidades alegres - Rio de Janeiro e São Francisco. Isso só pode ser coisa de publicitário paulista querendo sacanear carioca. Não porque o Rio não tenha viado. Mas não foi esta cidade que reuniu 1 milhão 2 milhões de pessoas (valeu, rodrigo) na parada gay...

12.9.04

AH!!! É EDMUNDO!!!



Pois é. O assassino voltou. E a vítima de hoje foi o menguinho.


Desde ontem que eu sabia que o Flu venceria. Fui comprar um celular, obviamente de cartão. Como a operadora sempre tem que ganhar um a mais, fui obrigado a levar 50 reais de créditos. Quando a vendedora da loja foi puxar os 2 cartões de 25 da gaveta, adivinhem que escudo ele ostentava? Claro que o do tricolor!

O mais interessante é que eu estava todo mulambo: chinelo, camisa, bermuda tosca e despenteado. Um aspecto bem próximo ao de um rubro-negro. Mas o sexto sentido das fêmeas novamente funcionou.

10.9.04

A BOA DO FIM DE SEMANA



I Debate aberto sobre a ação extraterrestre em nosso planeta

11 e 12 de setembro de 2004
Hotel Fazenda Rochedo ? Conservatória (RJ)

Apresentação de farta documentação visual (vídeos e slides). Durante o evento, na noite do dia 11 (sábado), ocorrerá uma vigília ufológica na Serra da Beleza, uma das áreas mais ricas em manifestações ufológicas do país, com a participação de todos os conferencistas e contatados. Na oportunidade serão realizadas também observações astronômicas.

Entre os debatedores está uma sujeito que foi abduzido por ET´s, um médium que realiza cirurgias espirituais com ajuda de entidades extraterrestres e pessoas que tiveram experiências com seres de outros planetas na Serra da Beleza.

Mais informações aqui




A revista Programa do JB fez uma tremenda prestação de serviços para frenquentadores de restaurantes chiques afim de dar uma sommelier sem passar vergonha diante de suas acompanhantes. Aqui estão as questões originais. Para você, que lê este blog (e portanto é de baixo nível, a única etiqueta que tem é da camisa), dou abaixo minhas dicas para as mesmas dúvidas, caso você caia de pára-quedas numa roubada dessas.

1. Toda vez que peço um vinho em restaurante, o sommelier ou garçom põe a rolha num pratinho, do meu lado. O que faço com aquilo?

Dê uma de engraçadinho e pergunte ao garçom, em tom irônico, o que fazer com a rolha. Se você estiver numa suruba e não quiser ser comido, enfie a rolha no cu. Caso queira dar uma ré no quibe, fique com a rolha sem H.

2. Às vezes tenho vontade de pedir para dividir o prato com a minha namorada. Pega mal?

Porra nenhuma. Se a sua namorada come pouco, pegue o garfão e raspe um pouco do rango do seu prato pro dela. Caso a gatinha ache feio, esqueça programas chiques e leve-a num restaurante à quilo.

3. Pedi um vinho, provei e não gostei. Posso trocá-lo?

Cuspa no chão e grite "QUE VINHO DE MERDA!!! SANGUE DE BOI É MUITO MELHOR QUE ESSA PORRA!!!" Depois, diga que não quer mais vinho e peça cachaça.

4. Como faço para que o garçom pare de ficar repondo a água mineral no meu copo?

Explique para ele que a água no mundo está escassa e que num futuro próximo haverá guerras por ela. Para sensibilizá-lo, diga que viu isso no filme da Sandy Jr.

5. Posso levar o vinho que sobra da garrafa para casa?

Que porra de beberrão é você que deixa o vinho sobrar?

6. Às vezes a mesa está cheia de talheres, nunca sei qual devo usar.

Dê uma de Jack Nicholson naquele filme em que ele faz um maluco e traga os talheres de casa.

7. Qual o limite para se fazer trocas de ingredientes no prato?

Se você encontrar um pentelho (ou uma linha do saco do Feijão, o cozinheiro), troque o prato inteiro.

8. Dependendo do prato, o garçom põe, ao meu lado, um pirex de lavanda. Para que serve?

Pra você dar uma de Hermeto Pascoal e tirar sons esquisitos.

9. Pizza se come com as mãos?

Só se come com a boca.

10. Espaguete deve ser comido com o auxílio da colher?

Comer espaguete com colher é o mesmo que tomar sopa com garfo.

11. É um mico usar o guardanapo como babador?

Não, é uma necessidade. Principalmente se você tiver algum problema mental ou de coordenação motora.

12. Um sujeito acendeu charuto e impregnou o ambiente. Posso pedir que ele apague?

Se o sujeito for parente de delegado, deixe pra lá. Se você for parente de delegado, chame a polícia.

13. Nunca sei que vinho pedir, ainda mais com as cartas cada vez maiores e elaboradas. Como posso beber bem sem desembolsar muito?

Passe no supermercado Extra e compre Sangue de Boi, Chapinha ou Dom Bosco. Não custam mais que 5 reais.

14. O couvert chegou com pãezinhos, patês e antepastos. Posso fazer um sanduíche?

É claro que sim. E se não comer tudo, faça sanduíches com o que sobrar, embrulhe no guardanapo e leve para casa.

15. Avistei um amigo num restaurante. Devo me levantar e ir apertar sua mão?

Se você achar que ele vai te pagar um vinho, é claro que sim.
E aí, já malhou hoje? Não??? Vambora, você tem que ficar sarado! E rápido! Senão a mulherada não te dá mole!

9.9.04

Consegui parar pra ver o programa do Clodovil. Pra tornar tudo ainda mais tosco, arrumaram uma anã da empregada dele, a Eufrásia. Algumas tiradas do apresentador mais sutil da televisão brasileira:

"Estão querendo alguém que faça sexo oral em pé" (falando ao telefone com um suposto diretor de filme pornô à procura de uma anã)
"Eu só não participo de filme pornô porque logo na primeira eu morro"
"É verdade que a mestruação é uma gotinha de sangue?"
"Isso é um guarda-sol de xavasca" (ao colocar uma flor no colo da anã)

Ao ler um livro de pensamentos profundos, Clô observou a data de nascimento e morte do autor - mil seiscentos e alguma coisa até mil seiscentos e muita coisa. E se saiu com essa:

"Aí essas coisas profundas, século 16..."

Fiquei na expectativa da entrevista com um garoto que perdeu as duas pernas e pratica triatlo. Na escalada, a bicha velha fez uma cara de "que merda" quando anunciou a atração. Mas foi tudo bem, nenhuma grosseria, nenhum sensacionalismo.

Falando em sem perna e programas toscos, um minuto de sabedoria com Wagner Montes:

"Quando eu tinha 14 anos, com muito custo meu pobre pai me deu um dicionário. Era preto e grosso. A primeira coisa que eu fiz quando ganhei o dicionário foi abrir na letra M. Localizei três palavras: medo, medroso e medrar e risquei as três!"
Químico playboy

Devo estar impressionado com o caso do Bezerra da Silva. Ontem acordei com dores nas costas e dificuldade de respirar. Fui ao veterinário me tratar. Tomei um plin na veia e melhorei. Aí, quando levantei do leito, a mulher que tirou a agulha da minha veia, tentando ser simpática, disse que eu tinha cara de químico - por causa dos óculos e da barba por fazer?

"Num tô achando que você tem cara de maluco não!" - se defendeu, achando que eu tinha ficado ofendido.
"É porque tenho cara de CDF?" - perguntei. "Se ainda fosse químico eu me auto-medicava e nem precisava vir até aqui" - devolvi simpaticamente.

Voltando para casa, de buzão, percebi que quando levantei pra saltar, o meu celular tinha ficado no banco. Numa manobra de tremanda astúcia, voltei rápido e resgatei o aparelho pra enfim, deixar o coletivo. Foi quando ouvi um "Ah, playboy...", mais ou menos como "Dá mole, dá". Não ando com roupa nem tênis de marca e tenho cara de químico. Ser chamado de playboy pra mim é ofensa pior do que dizer que eu sou viado - minha heterossexualidade me garante. Quase que automaticamente soltei um sonoro "Playboy é o caralho!!!"

Falando nisso, pegaram muito engarrafamento na volta do feriadão?
Carioca é o caralho

Disse tudo a bicha louca do João Ximenes Braga em sua última coluna no Globo:

Cariocas são...Dia desses recebi e-mail sobre um evento cuja proposta era elevar a auto-estima do carioca. Levei um susto. Elevar? mais? Afinal, o problema do carioca é justamente excesso de auto-estima. Carioca que sou de nascença e criação, preciso desabafar: estamos no limite do narcisismo auto-centrado e egoísta.

(...) E acho, sim, que isso é excesso de auto-estima. Toda a mítica que os cariocas criamos para nós mesmos - somos relaxados, gente boa, cordiais, malandros, ixpertos, irreverentes - se voltou contra nós. Instaurou-se um clima generalizado de falta de respeito com o outro. O que é sempre desculpável, afinal, no fundo somos muito bacanas.

A íntegra está aqui.

4.9.04

Não tem nada que me faça sentir mais merda do que ser cagado por um pombo em um sábado de manhã, à caminho do trabalho.

Pelo menos o tempo tá feio e quem viajou querendo pegar sol está se fodendo...

3.9.04

Resquícios olímpícos

Outro dia, o iatista Marcelo Ferreira, disse que "vendem a imagem de que a Olimpíada é uma orgia, é uma festa, e nem percebem que a gente sai da Vila Olímpica às oito da manhã, e só volta às oito da noite." O cara é o bicampeão olímpico mais insólito (pra não dizer escroto) do Brasil. Ganhou duas medalha de ouro fazendo peso no barco do Torben Grael. Marcelo fala isso porque ele é um gordo cheio de marra e nenhuma mulher dá mole pra ele nas Olimpíadas.


Marcelo Ferreira peida na cara de Torben Grael

Durante os jogos, envolto no desfile de beldades, não há quem não tenha vontade de ir pruma Olimpíada. Nem que seja como jogador de badminton (aquele jogo em que se dá raquetadas numa peteca, muito parecido com o que os velhinhos fazem na praia de Copacabana). Estar diante das jogadoras de vôlei da Itália, da Virna, das basqueteiras da Austrália, das Leonas argentinas do hóquei, das gostosas do handebol dinamarquês, das esculturas da natação... Mas pode ter um lado ruim também. Você treina, treina, treina, consegue a vaga, chega lá, é eliminado na primeira partida (afinal, badiminton não tem apoio) e na hora do vamos ver quem te dá mole é a Daniele Hypólito...

Mariana Brochado de frente...



... e de costas!



Senhores, com vocês, Lauren Jackson, da Austrália!



Bezerra da Silva continua internado em estado grave no Rio

Neste momento difícil, vamos todos entrar em uma igreja universal e fazer uma oração.

2.9.04

Lixo do lixo

Acabo de assistir ao inacreditável Momento do Sport, na CNT. Me parece que os apresentadores toscos estão em campanha política e deixaram o programa nas mãos de duas louras vagabas que lêem muito mal o teleprompter. A "repórter" Paola (será que é nome de guerra?) diz que o Roger dá patadas nela desde que entrevistou a Adriane Galisteu. Eurico Miranda é repreendido - deve estar apavorado - e a apresentadora recomenda que ele procure a Igreja Viva 24 horas, do reverendo José Santana - não era Assembléia de Deus de Gramacho? Tudo é muito deprimente. Se eu fosse jogador de futebol, só dava entrevista se a Paola falasse primeiro no meu microfone.
Ontem, no programa da Ana Maria Braga (câncer no cu!), o Emanuel do vôlei de praia ofereceu a sua medalha de ouro pro Vanderlei Cordeiro. Em momento de grande emoção, o maratonista de bronze recusou. Grandes merdas. Queria ver o cara oferecer a Leila. Duvido que o Vanderlei fosse recusar...

Verdadeira homenagem ao Vanderlei seria tocar essa música pra ele



TERCEIRO - ULTRAJE A RIGOR

Todo equipado, preparado na linha de partida
Daqui a pouco vai ser dada a saida
Todo mundo nervoso e eu não tó nem aí
O importante é competir
Então tá, vamo lá, nem vou me preocupar
Já tá tudo armado pr'eu me conformar
Eu vou tentar só pra não falar que eu nem sou atleta
Ia ser legal chegar junto na frente
Mas iam falar que quero ser diferente
Tá bom demais, pelo menos eu não saio da reta
Por isso eu sempre sou
Terceiro! Ôba-Ôba!
Terceiro!
Pra mim tá louco de bom!
Marcando passo vou seguindo sem ser muito ligeiro
Com cuidado pra não ser o primeiro
É bonito, eu imito mas o pódium não é pra mim
Eu não sou a fim!
Se eu me esforço demais vou ficar cansado
Já dá pra enganar eu ficando suado
Se reclamarem eu boto a culpa no patrocinador
Não botaram fé porque não ia dar pé
Não ia dar pé porque não botaram fé
De qualquer forma eu pego um bronze porque eu gosto da cor
Por isso eu sempre sou
Terceiro! Ôba-Ôba! Terceiro!
Para rir e refletir:

* Sete caras mais uma gostosa para decorar fazem o melhor programa de humor da atualidade. Casseta & Planeta? Não. Pânico na TV. Clodovil ficou puto com a imitação. O "Clodovil do Pânico", o sensacional Ceará, apareceu para "tirar satisfações". Saiu puto do estúdio pedalando uma bicicleta sem selim. Antológico. Ceará de Sílvio Santos é ainda melhor. Zapeada pelo SBT. Dois sujeitos fazem perguntas tolinhas para famosos no programa no Gugu. De volta ao Pânico. Festa de aniversário do Clodovil Ceará. "Gugu" elogia o Repórter Vesgo, que devolve: "gostou tanto que até imitou". No "Dia de tristeza", sacanagem com o "Dia de princesa" do Netinho, Chiquinho Scarpa morde um queijo coalho com boca de boqueteiro. No SBT, o mesmo Scarpa troca de lugar com uma família pobretona. Gugu não se cansa. O Brasil será um grande país no dia em que o Pânico - na Rede TV e não na Globo ou no SBT - for a maior audiência do domingo.

* A comovente história do Mamute (pega no Picolinos).

* Chico Barney, o rei, está de volta!!! Com a definitiva crítica do filme pornô da Rita Cadillac.

19.8.04

Vi esse jornal "religioso" pendurado na banca e quase desembolsei 1 real para comprar. Mas aí, descobri que ele tem site. Jornal da Palavra. Esse sim é indispensável. Para rir...
Reparem no comercial dos Correios. Um locutor narra uma hipotética partida de futebol entre atletas brasileiros de vários esportes. Um certo trecho diz: "...Giba dá um tapinha para Thiago Pereira...". Seria uma ironia com o atacante doidão? Para quem não se lembra, no ano passado ele foi flagrado no exame antidoping por ter fumado maconha.


PLANET HEMPÁ!!!