28.9.04

Trote do trote do trote?

Já viram isso?? Google vai processar site brasileiro por plágio O Google vai processar o site brasileiro Cocadaboa por plágio. O maior site de buscas do mundo acusa o Cocadaboa de lançar um produto com as mesmas características, nome parecido e o mesmo layout do Orkut, seu mais recente sucesso mundial. O "Sexkut" foi lançado pelo site brasileiro como um trote e, devido ao sucesso, seus criadores resolveram implantar o serviço. Em vez dos relacionamentos, como o Orkut, no sexkut os participantes buscam apena sexo causal. "Sabemos a diferença entre paródia e plágio. Enquanto era uma brincadeira, enquadrava-se em paródia. Mas, no momento em que eles lançam o produto comercialmente, estão comentando plágio.", disse a porta-voz do Google, Eileen Rodriguez.

Fernando Ribeiro
A galera muderna da revista bala gostou do meu texto do Acústico do Roupa Nova e botou lá no site. Que estranho. Será que o Roupa Nova vai virar cult, que nem os desconfortáveis tênis All Star? Imagina, daqui a pouco vai ter nego saindo dos cinemas do Estação Botafogo e indo direto pro show do provecto conjunto. Ou então, o som da banda vai animar as festinhas da Casa da Matriz... Pelo menos é muito melhor do que esses sonolentos roquezinhos indies.

27.9.04

Depois do Telecine Pipoca, só com filmes dublados, a Globo vai lançar um canal gay erótico. Deverá se chamar Telecine Piroca.

Falando nisso, por que será que o Miguel Falabella pede no comercial do Unibanco um travesseiro cilíndrico de pena de ganso?


"O chifre atrapalhou", admitiu Júlio César a amigos mais próximos, sobre a retumbante cagada que deixou o Flamengo mais perto do REBAIXAMENTO.
O basquete nas Para-Olimpíadas é engraçado... Quando o jogador anda, o juiz não dá falta... Dá milagre! - Adaílton Persegonha

E eu não sei como a Angola não é uma potência paraolímpica.
Ontem Hoje foi dia de São Cosme e São Damião, também conhecido como dia nacional do atropelamento de crianças. Como a data caiu no domingo, ainda hoje há criancinhas correndo atrás de doces nas ruas. Aí eu fiquei pensando como este dia deve ser horrível pras criancinhas diabéticas. Poxa, isso acabou com o meu dia...

23.9.04

Porrada nos caras que não fazem nada.

Neste momento, os bancários realizam assembléias em todo o país para decidir sobre os rumos do movimento. Em São Paulo, houve conflitos hoje pela manhã entre policiais militares e sindicalistas na agência da Nossa Caixa, da rua XV de Novembro, no Centro. Segundo relatos dos sindicalistas, houve atuação de tropas de choque e teriam ocorrido agressões. Duas pessoas foram levadas o 1º Distrito Policial e depois liberadas. Os bancos estão recorrendo à justiça para obter garantia do funcionamento de suas agências, com a presença da polícia militar. A greve continua amanhã. Segundo balanço do Sindicato dos Bancários, hoje houve paralisação em 329 agências da Capital, Osasco e Região, com grandes concentrações no Itaú e no Sudameris.

Oportunidade

Um acidente de ônibus em Erechim, no Rio Grande do Sul, matou 16 crianças ao cair no rio. Catorze sobreviveram ao escapar nadando.

Ou seja, no dia seguinte, deve ter aumentado bastante o número de matriculados nas escolinhas de natação.

O Escadinha morreu. É bom lembrar que não se trata do jogador de vôlei. O Escadinha traficante estava tão fora de cartaz quanto o Roupa Nova. Agora, a pergunta é: qual cineasta vai chorar pela morte do ex-traficante? Será que o João Moreira Salles também tinha planos de filmar a saga do Escadinha?

E o cara era dono de uma cooperativa de táxi. Imagina, mais perigoso que o táxi do Gugu. Mas o que ele deveria ter sido era piloto de helicóptero.


Goste ou não, o Roupa Nova está no inconsciente musical de qualquer um. É só falar no nome do grupo para lembrar de uma música num instalo. E de outra, e de mais uma, até chegar a pelo menos uma dezena. Muito se deve a ajuda das novelas da Globo, é claro, o que não lhes tira o mérito. Sempre foram taxados pelos criticuzinhos como bons músicos, mas que deviam nas letras. Enquanto isso, vendiam pra burro, faziam a trilha sonora das empregadas e de gente que não tinha vergonha de escutá-los. Até a chegada das bandas de pagode, que ocuparam esse nicho. Daí a pergunta começou a ser corrente: o Roupa Nova acabou? Os sucessos escassaram, a Globo não deu mais bola e o que mais saiam eram coletâneas e releituras de hits.

Pois bem. O Roupa Nova nunca parou. Andou até tocando no Faustão nessas últimas semanas. E finalmente lança um disco acústico, projeto acalentado há alguns anos. Pra que esperar pela MTV ou por uma gravadora? Os sete coroas criaram um selo próprio, o Roupa Nova Music, armaram a tenda no Olímpia de São Paulo e mandaram ver. O resultado, se não chega a surpreender com grandes releituras, ao menos comemora com estilo os 25 anos da banda.

Aquelas músicas que foram trilha sonora dos anos 80 estão lá. Dona, Volta pra mim ("eu te amo e vou gritar pra todo mundo ouvir"), Anjo, Meu universo é você, Whisky a go go, Coração pirata e a minha favorita Sapato velho. As três inéditas - Flor da pele, Razão de viver e Já nem sei mais - não empolgam de primeira. Ainda têm as participações de Ed Motta (pra dar um pouco de sofisticação?) e Chitãozinho e Xororó. A gratidão à família sertaneja é reforçada em A lenda, composta por integrantes da banda e estourada na estridente voz de Sandy Júnior (benditos direitos autorais). Nessa, Clarear acabou ficando de fora. Outro hit que também faz falta é Tímida, que pode caracterizar a participação dos violinos. As cordas acabam perdendo espaço para os dois teclados e ficam mais como enfeite do cenário, bem no estilo da MTV.

Pode ser que o Roupa Nova se mantenha apenas com os sucessos que a sua tia adora. Mas certamente estão sendo mais dignos do que bandas como os Titãs, que hoje cantam músicas tão melosas que seriam descartadas pelo próprio Roupa Nova. E no mais, eles ainda servem simplesmente como um sapato velho. Ainda servem se você quiser. (TODO MUNDO COMIGO) Basta você escutar, que aquece o frio dos seus pés...
Sabem qual a semelhança entre eu e o Homem do Baú?


Ambos estivemos em Aruba este ano!

Nota: depois de publicar a foto dos pentelhos da Luana Piovani (poxa, ninguém comentou. Não gostaram?), tinha que compensar com alguma coisa horrível.

21.9.04

Olga foi escolhido pra tentar uma vaga no Oscar

Escroto, mas poderia ter sido pior. Poderiam ter escolhido o filme do Cazuza.

Revisão do FMI? Fala sério! Esse aqui sim, é um desafio do outro mundo pro Lula.

UFOs: LIBERDADE DE INFORMAÇÃO JÁ

Cresce o movimento dos ufólogos brasileiros que pede ao Governo Federal o reconhecimento do Fenômeno UFO como legítimo e abertura de seus arquivos secretos.

Desde abril desse ano a Revista UFO mantém uma campanha nacional de fundamental importância para a sociedade brasileira. É o movimento UFOs: Liberdade de Informação Já, que está em franco andamento e tem hoje mais de 15 mil adesões. A campanha é composta do Manifesto da Ufologia Brasileira, uma carta endereçada às nossas autoridades civis e militares, que requer informações sobre a presença de seres alienígenas no Brasil. Dela resultará um abaixo-assinado através do qual os ufólogos pretendem solicitar ao Governo Federal que libere informações oficiais sobre os UFOs, mantidas em segredo até hoje.
Para conhecer a campanha UFOs: Liberdade de Informação Já,

Greve dos bancários alcança 24 capitais

Os bancários são aquelas pessoas legais, sempre prontas a lhe atender. Quando vou ao banco, fico admirando essa gente, que trabalha duro. Mesmo com 50 pessoas na fila, invariavelmente são apenas dois caixas atendendo, enquanto os outros oito guichês estão vazios. Merecem muito mais do que os 25% que estão pedindo. Pena que os bancários, paupérrimos, só querem dar 8,5%.

Eu apóio totalmente a greve. Inclusive, acho que os bancários deveriam fazer uma manifestação de parar o trânsito. E a polícia baixar a porrada neles.

Como diria aquela ex-banda em atividade, bonificações para os bancários, congratulações para os banqueiros. Porrada! Nos caras que não fazem nada.

20.9.04

Uma semana depois de atropelar os flavelados e dois dias após o triunfo sobre o Criciúma, nada melhor do que saborear a crônica de Cláudio Lampert, no Epinion. Abaixo, o melhor trecho.

(...) Para tudo nessa vida deve haver exceção. Aposentei deus por completo. Há anos não faço o sinal da cruz. Não gosto de padre. Não gosto de madre. Não digo amem à porra nenhuma. Nada, nada, nadinha. Sou um buraco, um laje, um descrente.

Mas a exceção permaneceu viva. Existe um segmento onde sinto cheiro, onde pressinto, onde me ajoelho. Onde peço e prometo. Onde pago e cumpro e arrisco e me destruo. Onde acredito num Deus perverso, que dá as cartas e decide sempre em favor daquele que fez o dever de casa correto, que cumpriu à risca sua missão, sua rotina. Aquele que levou a sério. Que não foi lá se divertir, rir, bater papo e dar gargalhada.

A Young Flu não é lugar de galhofa. O Maracanã não é lugar de divertimento. É lugar de trabalho. E o Fluminense Futebol Clube é, ao lado do curumim, a minha grande razão de viver. As únicas coisas que amo nessa vida por escolha e não por imposição. Não escolhi meus pais, minhas irmãs, avós, pátria. Até amigo você não escolhe.

Eu escolhi o Fluminense. E vivo um calvário desde 1973, quando me encantei e me viciei nesse esporte.

Nada é mais bonito que o futebol. Nada supera a visão da rede estufada.

Nada, nada, nada é mais dignificante do que estar atrás do gol, sempre no mesmo lugar, vendo o seu time atacar contra a meta que você guarda.


Tirando a Young Flu, perfeito. Não simpatizo com quaisquer torcidas organizadas, inclusive as do meu time. Fica difícil aceitar a existência de uma torcida chamada "falange rubro-negra". Falange, para quem não assiste o Passa e Repassa, é o coletivo de anjos. No mais, Lampert, a bênção João de Deus. A crônica completa está aqui.

Roubadas

* Então a pessoa, que já tem mau gosto musical, vai assistir ao show da Ivete Sangalo no Claro Hall e ainda fica sem o celular. Seria interessante fazer um levantamento das operadoras dos celulares roubados. De repente, quem não é cliente da Claro deve correr mais perigo. Os clientes da digníssima operadora deveriam ganhar em shows desse tipo abadás do "Bloco da Claro sem assalto" e ficarem "protegidos" por cordas e "seguranças", no pior estilo trio elético. E O Globo ainda tascou a foto de uma mulher na reportagem dizendo que ela era a assaltante, quando na verdade era uma das 20 vítimas. Um creme de alisamento de cabelo para quem acertar a cor da mulher.

* Casal se diz vítima de cárcere privado por mais de 1h em boate no Leblon
Um casal de estudantes registrou queixa contra a direção da boate Bombar, no Leblon. Os dois acusam a boate de tê-los mantido em cárcere privado durante uma hora e meia na madrugada de ontem. Segundo o estudante de ciências contábeis Rodrigo Távora, de 23 anos, e sua namorada, Anne Caroline Souza, de 19 anos, os seguranças da casa impediram que os dois saíssem da boate enquanto não pagassem R$ 70, apesar de eles só terem consumido R$ 21,50. Mais aqui.

Francamente, um lugar com esse nome constrangedor só pode ser roubada.

* Assaltantes de bicicletas, preparem-se. O metrô vai permitir o transporte de bicicletas aos domingos.

* A coluna do Ancelmo Góis diz que o Motel Alicante, na Rua do Riachuelo, no Centro do Rio, colocou na porta uma faixa com a seguinte promoção: Apartamento: R$ 20,00. E embaixo, em letras pequenas: por pessoa. O que fazer sozinho num motel? Bater uma bronha? Levar a boneca inflável? Que eu saiba, a única criatura que vai a motel sozinha é o suspeitíssimo pagodeiro Waguinho, que até hoje não explicou como foi parar sozinho num motel da Barra.

17.9.04

Luana Piovani sem calcinha.



Como diria o Wando, "eu quero me enrolar, nos seus pentelhos..."

Boa punheta.


Ainda não deu pra entender a esse tal Prêmio Austregésilo de Athayde, oferecido pela Academia Brasileira de Letras. A caveira do velho Austregésilo deve estar dando duplo twist carpado no túmulo. Tudo bem que entre os imortais da ABL estão José Sarney e Marco Maciel, e os Robertos Marinho e Campos já vestiram o fardão. Mas sente só alguns dos premiados:

Programa revelação - Cor de Rosa (o da filha do Sílvio Santos)
Melhor programa educativo - Passe ou Repasse
Programa de entretenimento - TV Fama
Apresentador - Clodovil, de A Casa é Sua
Apresentador esportivo - Jorge Kajuru
Apresentador jornalístico - Wagner Montes
Melhor Ator - Eri Johson
Melhor atriz - Luana Piovani
Melhor cantor - Oswaldo Montenegro
Cantora revelação - Preta Gil
Grupo de rock - Titãs

Para ver o tipo de interesse dessa premiação, a relação completa dos vencedores só poderia ser publicada em um site de fofocas. Será que as escolhas foram feitas pelos provectos gagás (acho que não, caso contrário o programa de humor escolhido seria o Zorra Total) Se o negócio tá assim, periga o Transpiauí: uma peregrinação proctológica, receber o prêmio de revelação humorística na literatura.

Falando em cu, pra que dar bola pra prêmio, se a noite teve isso:


Maldita tarja preta!!! Faz algum tempo que a Luana disse que não posaria pelada porque a sua "xoxota não tem preço". Que que tá acontecendo? Desvalorizou? Eu acho que não. Sobre o fato, a própria Luana comenta em seu blog.

Ai que saco! Lá vêm os sites de fofoca contar uma grande notícia para toda a população do Brasil, que eu estava sem calcinha... Grande coisa! Vocês deviam era cuidar da genitália de vocês! E saiba, Cleomir Tavares (autor da foto) , que eu e meu tapa-sexo vamos botar seu nome na boca do sapo!
AS BOAS (?) DO FIM DE SEMANA

Garantia de boas risadas é a Jedicon, congresso de fãs do filme "Guerra nas estrelas", que vai rolar neste sábado e no próximo, no teatro Baden Powell, em Copacabana. Trata-se de um desfile de gente pancada da cabeça, que produz filmes caseiros toscos sobre o tema, promove o insuperável concurso de fantasias e debate sobre temas super pertinentes como as semelhanças entre Star Wars e a Turma da Mônica. E provando mais uma vez que o combalido exército está na merda, a banda de soldados vai abrir o evento tocando trilhas do filme.

Mas cuidado! Não vá lá para rir descaradamente. Você pode ser exterminado por um golpe de sabre de luz.


Bem que os soltados poderiam se vestir assim pra tocar na Jedicon.

A galera que for participar do concursos de fantasias da Jedicon pode ir direto pra Terê fantasy, amanhã à noite. Ali todo mundo se dá bem, até mesmo os fãs lesados de Guerra nas Estrelas. Agora, imagina o débil mental que malhou durante o ano todo só pra chegar sarado na Terê (mesmo que tenha tomado umas bombas, não importa). O cara pega, no baixo, umas 20 vagabundas durante a noite. Imagine também que cada uma dessas 20 vagabundas ficou com, pelo menos, 15 caras. Ou seja, Terê Fantasy é o mesmo que beijar na boca de homem por tabela... E isso pagando 190 reais (mulher paga 130) com comida e bebida liberadas, mas que devem acabar em meia hora. Uma prova de que a Terê Fantasy é realmente fraquinha e que ela chega à 19ª edição sem ter rolado nenhum cafofo no esquema da festa da FGV.

16.9.04

Prestem atenção nessa reforma que a Rosinha vai fazer no Maracanã. No lugar da geral serão colocadas 18 mil cadeiras. O lugar já tem até preço - 5 reais. Só não se sabe se o ingresso dará direito a um capacete. Fico imaginando o monte de saco de mijo que vai "cair" das arquibancadas para as confortabilíssimas cadeiras da geral. Como a visão dos geraldinos é ruim mesmo de pé, o campo será rebaixado 1,20 metro... Rebaixado? Bem, essa obra é pra deixar o Maraca menos pior pro Pan e a pra Copa do Mundo de 2014. Mas acho que, na verdade, ele tá sendo é preparado pra Segunda Divisão do ano que vem, que poderá ter as ilustres presenças de Botafogo, Flamengo e Vasco (sorry, meu Flu briga agora é pela vaga na Libertadores).

15.9.04

Ronaldozinho e Cicaralho só vão se "casar" em janeiro. Seria bom que fosse logo nesse fim de semana. Até lá, haja "notícias" interessantes sobre a cerimônia. Que os dois se "casarão" no castelo de Grayscow, com narração do Galvão Bueno e comentários do Casagrande, que tudo será pago por patrocinadores, que o terno e a chuteira serão feitos pela Nike. Que no altar ele receberá pelo celular da Tim uma mensagem dizendo que a noiva está chegando. (tentei fazer uma analogia com a Cicaralho, mas agora não lembro que produtos ela vendeu). Legal mesmo foi saber que o João Gordo perguntou para Cicaralho o que ela achou de ter pagado mico no Fantástico. A donzela ficou puta e se mandou.

Outro "casório" que poderia ter rolado ontem é o de Angélica e Luciano Hulk, que periga virar uma edição especial de seu programa de tevê. Entre as atrações, vai rolar show do Jota Quest. Gostaria de saber se a Sandrinha e a Dani Bananinha serão as damas de honra e se virão à caráter - biquininho e um discreto véu na cabeça.

13.9.04

Para quem quer ter uma idéia da ilha da fantasia que é Aruba:

Mochilão MTV

Domingo, às 21h e às 06h30
Segunda, às 10h
Quarta, às 21h30
Sábado, às 10h

Nem o apresentador meio sequelado (parece que tá fumado) consegue estragar o programa. Ontem à noite passou a primeira parte. O mergulho de snorkel no navio afundado, as boates, o podrão onde eu comi, a árvore torta que deixaria o Serguei apaixonado, maluco atravessando a rua e os carros parando (sério, isso acontece lá), o folclórico guia turístico Francis Jacobs, um tanto comedido. Os programas originais passam às 21 horas de domingo. O resto é reprise. Imperdível.
Lamentável

Depois da histórica apresentação da originalíssima banda Linquim Parque em São Paulo, o Rio de Janeiro fica fora mais uma vez da rota dos grandes shows internacionais...




Turnê do Village People no Brasil:

7 de outubro: Brasília - Americell Hall
8 de outubro: Belém - Assembléia Paraense
14 de outubro: Porto Alegre - Auditório Araujo Viana
15 e 16 de outubro: São Paulo - Tom Brasil Nações Unidas

Cadê os militantes gays que não fazem nada? Porque em vez de ficarem gastando dinheiro em lobby na Câmara, não se mobilizam e fazem um abaixo-assinado pra esse bizarro e antológico show rolar também no Rio?

Lembrei de um comercial recente que compara três grandes cidades dos Estados Unidos com três do Brasil. As cidades trabalhadoras - São Paulo e Nova York; as cidades do poder - Brasília e Washington; e as cidades alegres - Rio de Janeiro e São Francisco. Isso só pode ser coisa de publicitário paulista querendo sacanear carioca. Não porque o Rio não tenha viado. Mas não foi esta cidade que reuniu 1 milhão 2 milhões de pessoas (valeu, rodrigo) na parada gay...

12.9.04

AH!!! É EDMUNDO!!!



Pois é. O assassino voltou. E a vítima de hoje foi o menguinho.


Desde ontem que eu sabia que o Flu venceria. Fui comprar um celular, obviamente de cartão. Como a operadora sempre tem que ganhar um a mais, fui obrigado a levar 50 reais de créditos. Quando a vendedora da loja foi puxar os 2 cartões de 25 da gaveta, adivinhem que escudo ele ostentava? Claro que o do tricolor!

O mais interessante é que eu estava todo mulambo: chinelo, camisa, bermuda tosca e despenteado. Um aspecto bem próximo ao de um rubro-negro. Mas o sexto sentido das fêmeas novamente funcionou.

10.9.04

A BOA DO FIM DE SEMANA



I Debate aberto sobre a ação extraterrestre em nosso planeta

11 e 12 de setembro de 2004
Hotel Fazenda Rochedo ? Conservatória (RJ)

Apresentação de farta documentação visual (vídeos e slides). Durante o evento, na noite do dia 11 (sábado), ocorrerá uma vigília ufológica na Serra da Beleza, uma das áreas mais ricas em manifestações ufológicas do país, com a participação de todos os conferencistas e contatados. Na oportunidade serão realizadas também observações astronômicas.

Entre os debatedores está uma sujeito que foi abduzido por ET´s, um médium que realiza cirurgias espirituais com ajuda de entidades extraterrestres e pessoas que tiveram experiências com seres de outros planetas na Serra da Beleza.

Mais informações aqui




A revista Programa do JB fez uma tremenda prestação de serviços para frenquentadores de restaurantes chiques afim de dar uma sommelier sem passar vergonha diante de suas acompanhantes. Aqui estão as questões originais. Para você, que lê este blog (e portanto é de baixo nível, a única etiqueta que tem é da camisa), dou abaixo minhas dicas para as mesmas dúvidas, caso você caia de pára-quedas numa roubada dessas.

1. Toda vez que peço um vinho em restaurante, o sommelier ou garçom põe a rolha num pratinho, do meu lado. O que faço com aquilo?

Dê uma de engraçadinho e pergunte ao garçom, em tom irônico, o que fazer com a rolha. Se você estiver numa suruba e não quiser ser comido, enfie a rolha no cu. Caso queira dar uma ré no quibe, fique com a rolha sem H.

2. Às vezes tenho vontade de pedir para dividir o prato com a minha namorada. Pega mal?

Porra nenhuma. Se a sua namorada come pouco, pegue o garfão e raspe um pouco do rango do seu prato pro dela. Caso a gatinha ache feio, esqueça programas chiques e leve-a num restaurante à quilo.

3. Pedi um vinho, provei e não gostei. Posso trocá-lo?

Cuspa no chão e grite "QUE VINHO DE MERDA!!! SANGUE DE BOI É MUITO MELHOR QUE ESSA PORRA!!!" Depois, diga que não quer mais vinho e peça cachaça.

4. Como faço para que o garçom pare de ficar repondo a água mineral no meu copo?

Explique para ele que a água no mundo está escassa e que num futuro próximo haverá guerras por ela. Para sensibilizá-lo, diga que viu isso no filme da Sandy Jr.

5. Posso levar o vinho que sobra da garrafa para casa?

Que porra de beberrão é você que deixa o vinho sobrar?

6. Às vezes a mesa está cheia de talheres, nunca sei qual devo usar.

Dê uma de Jack Nicholson naquele filme em que ele faz um maluco e traga os talheres de casa.

7. Qual o limite para se fazer trocas de ingredientes no prato?

Se você encontrar um pentelho (ou uma linha do saco do Feijão, o cozinheiro), troque o prato inteiro.

8. Dependendo do prato, o garçom põe, ao meu lado, um pirex de lavanda. Para que serve?

Pra você dar uma de Hermeto Pascoal e tirar sons esquisitos.

9. Pizza se come com as mãos?

Só se come com a boca.

10. Espaguete deve ser comido com o auxílio da colher?

Comer espaguete com colher é o mesmo que tomar sopa com garfo.

11. É um mico usar o guardanapo como babador?

Não, é uma necessidade. Principalmente se você tiver algum problema mental ou de coordenação motora.

12. Um sujeito acendeu charuto e impregnou o ambiente. Posso pedir que ele apague?

Se o sujeito for parente de delegado, deixe pra lá. Se você for parente de delegado, chame a polícia.

13. Nunca sei que vinho pedir, ainda mais com as cartas cada vez maiores e elaboradas. Como posso beber bem sem desembolsar muito?

Passe no supermercado Extra e compre Sangue de Boi, Chapinha ou Dom Bosco. Não custam mais que 5 reais.

14. O couvert chegou com pãezinhos, patês e antepastos. Posso fazer um sanduíche?

É claro que sim. E se não comer tudo, faça sanduíches com o que sobrar, embrulhe no guardanapo e leve para casa.

15. Avistei um amigo num restaurante. Devo me levantar e ir apertar sua mão?

Se você achar que ele vai te pagar um vinho, é claro que sim.
E aí, já malhou hoje? Não??? Vambora, você tem que ficar sarado! E rápido! Senão a mulherada não te dá mole!

9.9.04

Consegui parar pra ver o programa do Clodovil. Pra tornar tudo ainda mais tosco, arrumaram uma anã da empregada dele, a Eufrásia. Algumas tiradas do apresentador mais sutil da televisão brasileira:

"Estão querendo alguém que faça sexo oral em pé" (falando ao telefone com um suposto diretor de filme pornô à procura de uma anã)
"Eu só não participo de filme pornô porque logo na primeira eu morro"
"É verdade que a mestruação é uma gotinha de sangue?"
"Isso é um guarda-sol de xavasca" (ao colocar uma flor no colo da anã)

Ao ler um livro de pensamentos profundos, Clô observou a data de nascimento e morte do autor - mil seiscentos e alguma coisa até mil seiscentos e muita coisa. E se saiu com essa:

"Aí essas coisas profundas, século 16..."

Fiquei na expectativa da entrevista com um garoto que perdeu as duas pernas e pratica triatlo. Na escalada, a bicha velha fez uma cara de "que merda" quando anunciou a atração. Mas foi tudo bem, nenhuma grosseria, nenhum sensacionalismo.

Falando em sem perna e programas toscos, um minuto de sabedoria com Wagner Montes:

"Quando eu tinha 14 anos, com muito custo meu pobre pai me deu um dicionário. Era preto e grosso. A primeira coisa que eu fiz quando ganhei o dicionário foi abrir na letra M. Localizei três palavras: medo, medroso e medrar e risquei as três!"
Químico playboy

Devo estar impressionado com o caso do Bezerra da Silva. Ontem acordei com dores nas costas e dificuldade de respirar. Fui ao veterinário me tratar. Tomei um plin na veia e melhorei. Aí, quando levantei do leito, a mulher que tirou a agulha da minha veia, tentando ser simpática, disse que eu tinha cara de químico - por causa dos óculos e da barba por fazer?

"Num tô achando que você tem cara de maluco não!" - se defendeu, achando que eu tinha ficado ofendido.
"É porque tenho cara de CDF?" - perguntei. "Se ainda fosse químico eu me auto-medicava e nem precisava vir até aqui" - devolvi simpaticamente.

Voltando para casa, de buzão, percebi que quando levantei pra saltar, o meu celular tinha ficado no banco. Numa manobra de tremanda astúcia, voltei rápido e resgatei o aparelho pra enfim, deixar o coletivo. Foi quando ouvi um "Ah, playboy...", mais ou menos como "Dá mole, dá". Não ando com roupa nem tênis de marca e tenho cara de químico. Ser chamado de playboy pra mim é ofensa pior do que dizer que eu sou viado - minha heterossexualidade me garante. Quase que automaticamente soltei um sonoro "Playboy é o caralho!!!"

Falando nisso, pegaram muito engarrafamento na volta do feriadão?
Carioca é o caralho

Disse tudo a bicha louca do João Ximenes Braga em sua última coluna no Globo:

Cariocas são...Dia desses recebi e-mail sobre um evento cuja proposta era elevar a auto-estima do carioca. Levei um susto. Elevar? mais? Afinal, o problema do carioca é justamente excesso de auto-estima. Carioca que sou de nascença e criação, preciso desabafar: estamos no limite do narcisismo auto-centrado e egoísta.

(...) E acho, sim, que isso é excesso de auto-estima. Toda a mítica que os cariocas criamos para nós mesmos - somos relaxados, gente boa, cordiais, malandros, ixpertos, irreverentes - se voltou contra nós. Instaurou-se um clima generalizado de falta de respeito com o outro. O que é sempre desculpável, afinal, no fundo somos muito bacanas.

A íntegra está aqui.

4.9.04

Não tem nada que me faça sentir mais merda do que ser cagado por um pombo em um sábado de manhã, à caminho do trabalho.

Pelo menos o tempo tá feio e quem viajou querendo pegar sol está se fodendo...

3.9.04

Resquícios olímpícos

Outro dia, o iatista Marcelo Ferreira, disse que "vendem a imagem de que a Olimpíada é uma orgia, é uma festa, e nem percebem que a gente sai da Vila Olímpica às oito da manhã, e só volta às oito da noite." O cara é o bicampeão olímpico mais insólito (pra não dizer escroto) do Brasil. Ganhou duas medalha de ouro fazendo peso no barco do Torben Grael. Marcelo fala isso porque ele é um gordo cheio de marra e nenhuma mulher dá mole pra ele nas Olimpíadas.


Marcelo Ferreira peida na cara de Torben Grael

Durante os jogos, envolto no desfile de beldades, não há quem não tenha vontade de ir pruma Olimpíada. Nem que seja como jogador de badminton (aquele jogo em que se dá raquetadas numa peteca, muito parecido com o que os velhinhos fazem na praia de Copacabana). Estar diante das jogadoras de vôlei da Itália, da Virna, das basqueteiras da Austrália, das Leonas argentinas do hóquei, das gostosas do handebol dinamarquês, das esculturas da natação... Mas pode ter um lado ruim também. Você treina, treina, treina, consegue a vaga, chega lá, é eliminado na primeira partida (afinal, badiminton não tem apoio) e na hora do vamos ver quem te dá mole é a Daniele Hypólito...

Mariana Brochado de frente...



... e de costas!



Senhores, com vocês, Lauren Jackson, da Austrália!



Bezerra da Silva continua internado em estado grave no Rio

Neste momento difícil, vamos todos entrar em uma igreja universal e fazer uma oração.

2.9.04

Lixo do lixo

Acabo de assistir ao inacreditável Momento do Sport, na CNT. Me parece que os apresentadores toscos estão em campanha política e deixaram o programa nas mãos de duas louras vagabas que lêem muito mal o teleprompter. A "repórter" Paola (será que é nome de guerra?) diz que o Roger dá patadas nela desde que entrevistou a Adriane Galisteu. Eurico Miranda é repreendido - deve estar apavorado - e a apresentadora recomenda que ele procure a Igreja Viva 24 horas, do reverendo José Santana - não era Assembléia de Deus de Gramacho? Tudo é muito deprimente. Se eu fosse jogador de futebol, só dava entrevista se a Paola falasse primeiro no meu microfone.
Ontem, no programa da Ana Maria Braga (câncer no cu!), o Emanuel do vôlei de praia ofereceu a sua medalha de ouro pro Vanderlei Cordeiro. Em momento de grande emoção, o maratonista de bronze recusou. Grandes merdas. Queria ver o cara oferecer a Leila. Duvido que o Vanderlei fosse recusar...

Verdadeira homenagem ao Vanderlei seria tocar essa música pra ele



TERCEIRO - ULTRAJE A RIGOR

Todo equipado, preparado na linha de partida
Daqui a pouco vai ser dada a saida
Todo mundo nervoso e eu não tó nem aí
O importante é competir
Então tá, vamo lá, nem vou me preocupar
Já tá tudo armado pr'eu me conformar
Eu vou tentar só pra não falar que eu nem sou atleta
Ia ser legal chegar junto na frente
Mas iam falar que quero ser diferente
Tá bom demais, pelo menos eu não saio da reta
Por isso eu sempre sou
Terceiro! Ôba-Ôba!
Terceiro!
Pra mim tá louco de bom!
Marcando passo vou seguindo sem ser muito ligeiro
Com cuidado pra não ser o primeiro
É bonito, eu imito mas o pódium não é pra mim
Eu não sou a fim!
Se eu me esforço demais vou ficar cansado
Já dá pra enganar eu ficando suado
Se reclamarem eu boto a culpa no patrocinador
Não botaram fé porque não ia dar pé
Não ia dar pé porque não botaram fé
De qualquer forma eu pego um bronze porque eu gosto da cor
Por isso eu sempre sou
Terceiro! Ôba-Ôba! Terceiro!
Para rir e refletir:

* Sete caras mais uma gostosa para decorar fazem o melhor programa de humor da atualidade. Casseta & Planeta? Não. Pânico na TV. Clodovil ficou puto com a imitação. O "Clodovil do Pânico", o sensacional Ceará, apareceu para "tirar satisfações". Saiu puto do estúdio pedalando uma bicicleta sem selim. Antológico. Ceará de Sílvio Santos é ainda melhor. Zapeada pelo SBT. Dois sujeitos fazem perguntas tolinhas para famosos no programa no Gugu. De volta ao Pânico. Festa de aniversário do Clodovil Ceará. "Gugu" elogia o Repórter Vesgo, que devolve: "gostou tanto que até imitou". No "Dia de tristeza", sacanagem com o "Dia de princesa" do Netinho, Chiquinho Scarpa morde um queijo coalho com boca de boqueteiro. No SBT, o mesmo Scarpa troca de lugar com uma família pobretona. Gugu não se cansa. O Brasil será um grande país no dia em que o Pânico - na Rede TV e não na Globo ou no SBT - for a maior audiência do domingo.

* A comovente história do Mamute (pega no Picolinos).

* Chico Barney, o rei, está de volta!!! Com a definitiva crítica do filme pornô da Rita Cadillac.